Notícias - Esportes

Guarani enfrenta o Esportivo nas semifinais da Divisão de Acesso de 2019

Publicado em 29/04/2019 às 08h26

O Guarani venceu o Igrejinha na partida de volta das quartas de finais da Divisão de Acesso de 2019 na tarde deste domingo, dia 28. No Edmundo Feix, perante cerca de dois mil torcedores, o rubro-negro bateu o visitante por 2 a 1. Com o empate na partida de ida somada a vitória de hoje, o time de Venâncio avança para as semifinais da competição.

Agora, na próxima fase enfrenta o Esportivo, de Bento Gonçalves, que eliminou o Lajeadense. O jogo de ida deve ser já no próximo domingo, dia 5, em Venâncio. Já a partida de volta, que decide a vaga para as finais do campeonato será na Serra Gaúcha no fim de semana seguinte.
Na outra semifinal se enfrentam Glória de Vacaria e Ypiranga de Erechim. As datas devem ser confirmadas pela Federação Gaúcha no início da semana.

No Edmundo Feix, na tarde deste domingo, o Guarani saiu na frente com gol de Saulo, aos 28 minutos do primeiro tempo. O zagueiro subiu mais alto, no meio da área, após cobrança de escanteio.

O segundo gol saiu de pênalti, aos 31 minutos, cobrado por André.
Depois, já na etapa final, o Igrejinha esboçou uma reação enquanto o Guarani passou por algumas dificuldades e não se encontrava mais no jogo. Desta forma, os visitantes chegaram ao seu único gol, aos 32 minutos. Num momento de ‘bobeira’ da defesa do time Índio, Tiago ingressou livremente na área e deu uma cavadinha mandando a bola para o fundo da rede.

A partida ainda foi marcada pelas inúmeras faltas e grande número de cartões distribuídos. O Igrejinha ainda teve seu técnico, Éverton Fabro, expulso nos minutos finais.
Ao apito final, muita festa por parte dos atletas e torcida rubro-negra, que segue viva na competição que garante o time campeão no Gauchão Série A de 2020.

O técnico Leocir Dall’Astra mandou a campo a equipe com duas alterações. Diego Negreti entrou na vaga do zagueiro Leozão, que cumpriu suspensão. E ainda promoveu a entrada de Felipe Tchelé, na vaga de Negueba, que sentiu o posterior da coxa direita no jogo passado.
Assim, atuaram pelo Guarani nesta tarde: Alexandre Villa, Peixoto, Negreti, Saulo, Bruno Bera, Augusto, Felipe Tchelé (Cristiano), Sampson, André (Oscar), Yuri Souza (Salib) e Juninho.

Pela equipe do Igrejinha jogaram: Régis, Amaral, José, Rafael, Jair, Puyol, Thiago, Silas (Elenílson), Gege (Lucas Schultz), Pepê (Alex) e Fábio.

 

Fonte: Olá Jornal
Créditos: Guilherme Siebeneichler

Compartilhar

Conduzindo o Guarani à elite

Publicado em 26/04/2019 às 07h42

.Alguns vão dizer que são fatos que só ocorrem nas competições de várzea ou na Divisão de Acesso, considerado um campeonato que reúne atletas e torcedores "raízes". Sábado passado, em Igrejinha, quando Guarani x Igrejinha trocavam os primeiros passes para decidir vaga nas semifinais do Acessão, o motorista responsável pela delegação rubro-negra aproveitou para assistir ao jogo no teto do próprio ônibus da empresa.

Claudinei Bittencourt conduziu a delegação até Igrejinha no primeiro jogo das quartas de final. Ao chegar no estádio disse que não queria ficar na torcida do time local e o espaço destinado ao torcedor rubro-negro não era um bom local, segundo ele, para ver bem o jogo. O local sugerido pelo preparador de goleiros Gilson Dias foi aceito e Claudinei foi parar em cima do ônibus com cadeira e chimarrão. Bittencourt já levou o Guarani a Rio Grande, mas não conseguiu deixar o veículo próximo ao Estádio, segundo ele, porque a torcida local é hostil.

'Em Igrejinha falei com a comissão técnica que ia ficar aqui pois teria uma boa visão do campo', disse Claudinei, que é filho do seu Gabriel Bitencourt, que por muitos anos trabalhou no Guarani e hoje é falecido. Desde 2007 ele também faz outro trabalho que considera importante e de muita responsabilidade. Leva e traz as crianças que estudam na APAE.

Ele lembra que na década de 1990 chegou a participar de treinamentos com as equipes que disputavam o Gauchão de 1992 a 1994. Como trabalhava em padaria à noite, sobrava tempo durante o dia para treinar com o atletas profissionais. 'Lembro muito daquele tempo quando jogavam Lúvio, Alvinho, Jorjão, Sandro, Jorge Antônio. Os treinadores eram Vacaria e Celso Freitas. Como era muito conhecido do Arthur Ruschel, ele me convidava para ajudar nos treinamentos para preencher o time reserva quando faltava atletas. Bom tempo aquele', comenta.

O "motora rubro-negro" aposta que o Guarani vai passar pelo Igrejinha neste domingo e enfrentar o Esportivo nas semifinais. Ele arrisca o caminho para facilitar a vida do técnico Leocir Dall"Astra para domingo: 'Para o Guarani ganhar o jogo precisa jogar pelo lado direito do time do Igrejinha. É o lado mais fraco deles. Se estiver por aí e não for viajar vou assistir no domingo'

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Rui Borgmann 

Compartilhar

Juniores do Guarani perdem para o Novo Hamburgo por 1 x 0

Publicado em 25/04/2019 às 13h17

Guarani perdeu para Nóia por 1 x 0 no s junioresNo seu terceiro compromisso pelo Estadual de Juniores, o Guarani recebeu o Novo Hamburgo na tarde de ontem, no Edmundo Feix. O resultado foi de 1 x 0 para os visitantes que marcaram com o lateral-esquerdo Edmilson, aos 4 minutos da etapa final, após boa troca de passes na entrada da grande área. O atacante Ivanaldo deixou de igualar para o Guarani aos 15 minutos após chutar fraco para defesa do goleiro. O Índio soma três pontos em três jogos e no próximo sábado enfrenta o Brasil, em Farroupilha.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Rui Borgmann

Compartilhar

Bulldogs e Ximangos jogam domingo em Mato leitão

Publicado em 25/04/2019 às 13h16

Neste domingo, dia 28, jogam em Mato Leitão, a partir das 10h, jogam Bulldogs e Carlos Barbosa Ximangos. A partida será realizada no Estádio da Montanha, no centro de Mato Leitão. A partida é válida pela terceira rodada. 
Acompanhe no áudio detalhes do confronto. 

O jornalista Cristiano Wildner conversou com o técnico do Bulldogs, Miguel Greiner. Ele destaca particularidades da equipe local e a formas de preparação do Bulldogs para o novo desafio. 

 

Fonte: Rádio Terra FM

Compartilhar

Promoção de ingressos para Guarani x Igrejinha

Publicado em 25/04/2019 às 13h15

O Guarani decide seu futuro na Divisão de Acesso no domingo, 28. No Estádio Edmundo Feix, a equipe de Leocir Dall’Astra precisa vencer o Igrejinha para avançar para às semifinais da competição. Após o empate sem gols, em Igrejinha no jogo de ida, ao time de Venâncio somente a vitória interessa. Persistindo um novo empate, a decisão será nos pênaltis. A bola rola a partir das 15h30min.

Na equipe, o técnico Leocir não poderá contar com o zagueiro Leozão, que foi expulso em Igrejinha, aos 37 minutos de jogo.

Com o objetivo de contar com o apoio do torcedor nas arquibancadas, o clube está realizando uma promoção de ingressos, que já estão à venda. A partir desta quarta-feira até domingo, as entradas custarão R$ 15,00 para o setor arquibancada, R$ 20,00 para a área geral e R$ 30,00 para as cadeiras.

As vendas antecipadas estão sendo realizadas nas rádios RVA e Terra FM, na Oca Índia e também na Tenda no Calçadão. Na bilheteria, a partir de uma hora antes, para o setor arquibancadas será R$ 20,00, para o social R$ 25,00 e para as cadeiras R$ 30,00.

 

JUNIORES

Pelo Estadual de Juniores, o Guarani volta a campo na tarde desta quarta-feira, dia 24. O jogo será no Edmundo Feix, a partir das 15h, contra o Novo Hamburgo.

O jogo é válido pela quinta rodada da competição. No entanto, será a terceira partida do rubro-negro, que teve dois jogos adiados. Um deles é contra o Nacional, que foi remarcado para sábado, 20, no estádio Jacy Porto, em São Leopoldo. Já o confronto com o Novo Horizonte ainda não tem data definida.

 

Fonte: Olá Jornal 

Compartilhar

Assoeva fica no 2 a 2 na ida pela Copa do Brasil

Publicado em 23/04/2019 às 07h38

Assoeva agora tem compromisso no dia 1º de maio pelo Estadual, contra a UFSM, na CoopevaNa noite desta segunda-feira, no Poliesportivo, a Assoeva/Unisc/ALM disputou os primeiros 40min da Copa do Brasil 2019. Equipe empatou em 2 a 2 diante do Marreco.

A Assoeva saiu na frente na etapa inicial com Igor Carioca. O Marreco igualou com Max.

Na etapa final, o clube paranaense virou para 2 a 1 com Sinoê, isso antes do 5min. A Assoeva criou várias oportunidades até que o capitão Boni, num lance dentro da área, recebeu de costas, virou para cima do adversário e mandou ver, 2 a 2.

Pelo que as duas apresentaram, o resultado de igualdade para muitos foi justo. "Não era o resultado que a gente queria dentro de casa mas a disputa pela classificação está em aberto. Quem vencer lá se classifica", destaca o técnico Fernando Malafaia.

Na Assoeva o destaque foi o goleiro Vini Melo que defendeu o que foi possível. Em certos momentos de agigantou quando ficou de frente com o exíminio goleador Sinoê que quando vem à Venâncio Aires não passa em branco. "É minha função marcar gols. Aqui já foram alguns contra a Assoeva desde a época de ACBF. Feliz pelo empate porque agora a gente decide a vaga dentro de casa", disse o artilheiro e camisa 10 do Marreco.

Pela Assoeva jogara, Vinícius, Boni, Vini Scola, Torres e Igor Carioca. Entraram Giba, Dill, Marcílio, Vagner e Axel.

O jogo de volta agora será no dia 20 de maio, em Francisco Beltrão, no Paraná. 

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Roni Müller

Compartilhar

Venâncio-airense Lívia Heinen é campeã sul-americana da Patinação

Publicado em 22/04/2019 às 10h56

A venâncio-airense Lívia Heinen conquistou o título de campeã sul-americana de Patinação Artística no final de semana, em Joinville, Santa Catarina. 

Representante do Grupo Pattins Sul, ela conquistou o título na categoria juvenil no centreventos Cau Hansen. A competição segue até a quarta, dia 24. 

 

Fonte: Portal RVA

Compartilhar

Guarani segura empate em Igrejinha

Publicado em 22/04/2019 às 07h39

Na tarde deste sábado, 20, em Igrejinha, as duas equipes fizeram o jogo de ida do primeiro mata-mata do Acesso. O placar ficou zerado, apesar do rubro-negro jogar com um jogador a menos desde os 30min do primeiro tempo. O zagueiro Leozão recebeu dois amarelos e deixou a partida mais cedo.

Com a igualdade no jogo de ida, quem vencer no jogo da volta estará classificado. O confronto entre Guarani e Igrejinha será domingo, dia 28, no Estádio Edmundo Feix, às 15h30.

 

Jogos de ida dos mata-matas da Divisão de Acesso

Sábado

Igrejinha 0 x 0 Guarani

Ypiranga 1 x 1 São Paulo-RG

 

Domingo - 16h

Lajeadense x Esportivo

Bagé x Glória

 

Fonte: Portal RVA

Compartilhar

Concorrência acirrada no setor de ataque

Publicado em 20/04/2019 às 09h58

.Um dos reforços contratados pelo Guarani para a disputa da Divisão de Acesso é o atacante Felipe Tchelé. Ele chegou há cerca de 35 dias no Edmundo Feix e recebeu esporádicas oportunidades do técnico Leocir Dall"Astra, com quem já trabalhou no Ypiranga de Erechim. Sem suas melhores condições físicas após cumprir passagem pelo campeonato paraibano, atuando pela Campinense, o atacante está praticamente 100% com a forma física e espera ajudar o Guarani nesta fase do mata-mata.

Tchelé entrou no decorrer do segundo tempo no lugar do centroavante Índio e contribuiu para a vitória por 3 x 0 sobre o Farroupilha, que garantiu a vaga para enfrentar o Igrejinha. Os 24 minutos foram suficientes para empolgar o técnico Leocir, que ganha mais um reforço no concorrido setor de ataque. 'O Tchelé entrou bem no último jogo, certamente vai nos ajudar nesta reta final', avaliou Leocir.

Jogador veloz e que joga pelo setor esquerdo de ataque, Tchéle tem 28 anos e já passou por Avenida, São Gabriel e Ypiranga, clubes que disputaram a mesma competição em busca do acesso. O atacante tem por objetivo trabalhar para receber mais oportunidades. 'Temos um grupo de qualidade onde a concorrência é sadia. Quem escolhe é o Leocir, mas espero estar em campo, seja como titular ou entrando no decorrer da partida', enfatiza.

O atleta diz que sempre marcou gols em todos os clubes que atuou e espera balançar as redes também com a camisa do Guarani. 'Nosso grupo é muito bom, nosso ambiente é muito bom. Que a gente consiga nosso objetivo que é o acesso', completa. O Guarani viaja hoje à tarde para Igrejinha, onde enfrenta o adversário de mesmo nome pela fase de quartas de final, neste sábado, às 16h.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Rui Borgmann

Compartilhar

Guarani: responsabilidade dobrada

Publicado em 18/04/2019 às 11h18

Guarani enfrentou Igrejinha em dois amistosos durante a pré-temporada com uma vitória para cada equipeDos oito finalistas da Divisão de Acesso, o Igrejinha tem menor tradição, mas nem por isso deixa de ser respeitado pelo Guarani, que entra em campo no sábado, às 16h, no Estádio Alberto Carlos Schwingel para o primeiro jogo das quartas de final. Para os especialistas que acompanham a competição, pela tradição e pelo histórico, o Rubro-Negro de Venâncio leva vantagem contra um adversário que chega pela primeira vez à fase de mata-mata. 

O técnico rubro-negro Leocir Dall"Astra diz que a equipe adversária está motivada e desperta uma certa ansiedade e curiosidade por parte do torcedor do Vale do Paranhana. Com todos estes ingredientes, o Guarani vai precisar impor seu melhor futebol para voltar de Igrejinha com um bom resultado. 'O Igrejinha perdeu uma partida a menos do que a gente, mas empatou mais. Nós já estivemos na Primeira Divisão então a responsabilidade maior é do Guarani. A responsabilidade é toda nossa', enfatizou o técnico Leocir.

 

Há 30 anos

O narrador e jornalista Carlos Roberto de Oliveira, o Carlão, esteve no estádio Alberto Carlos Schwingel, em 1989, quando o Guarani enfrentou o Igrejinha pela primeira fase da Segundona Gaúcha daquele ano. Foram três jogos e o último valeu passagem para o hexagonal final. O resultado foi de 3 x 1 para o Guarani, com gols de Bira, Passarela e Jorjão. Trinta anos depois as duas equipes voltam a se enfrentar em jogos oficiais. 

'O Igrejinha tem um time forte e um fator ainda mais importante: tem torcida que vai no estádio. Está motivado, está empolgado, e vai fazer do jogo com o Guarani uma verdadeira guerra neste primeiro jogo', diz. Carlão complementa que, em 1989, o Guarani levou três ônibus de torcedores para Igrejinha torcer pelo Rubro-Negro. 'Está mais do que na hora de resgatar aquela mobilização de outrora. O Guarani está a quatro jogos de voltar à elite', reforça Carlão.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Rui Borgmann

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||