Batista: 'O Guarani tem muita credibilidade'

Publicado em 23/05/2019 às 07h41

VvvCom o segundo mandato a cumprir até outubro de 2019, o presidente do Guarani, Sérgio Batista, pensou em entregar o cargo após a disputa da Divisão de Acesso, ou seja, ainda este mês. Porém, os acontecimentos como o rompimento da parceria com o empresário Fernando Otto e as rescisões de contrato com os atletas fizeram Batista desistir da ideia e permanecer à frente do Executivo do clube.

Em entrevista ao programa Terra Esportes, na Rádio Terra FM, Batista deixou claro que não irá renunciar e espera quitar os compromissos com atletas, comissão técnica e funcionários ainda esta semana. 'Não sei qual tempo ainda permanecerei. Talvez um mês ou até o fim do mandato, mas permanecermos até colocar a casa em ordem. Saldaremos todas as contas atrasadas com fornecedores, atletas e funcionários', diz.

Sobre o rompimento com o investidor Fernando Otto, Batista foi enfático: 'A desistência do Fernando Otto não tem nada a ver com a diretoria, com alguma atitude da diretoria, que fez muito mais do que poderia ser feito. Não tenho nada a reclamar. Foi um negócio'. Sérgio confirmou o repasse de valores por parte do então presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, na semana que antecedeu o jogo de volta diante do Igrejinha, no Estádio Edmundo Feix, pelas quartas de final da Divisão de Acesso. O recurso, cerca de R$ 70 mil, foi usado para pagar os salários dos atletas antes do jogo decisivo. 'Me reservei no direito de não dizer onde veio o dinheiro para pagar os atletas. O Guarani tem muita credibilidade e por isso conseguiu esse apoio', revela.

Batista explica que o Guarani não terá equipe profissional no segundo semestre devido ao alto custo para formar ou manter uma equipe 'Não tem possibilidade de deslumbrar uma receita capaz de sustentar um time na Copinha. Vamos manter ativa as categorias de base que também têm um custo relevante', completa. Ontem, o meia Yuri Souza foi mais um jogador a rescindir contrato com o clube. Para esta quarta-feira, outros atletas devem deixar o Edmundo Feix para acertar com outras equipes.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Rui Borgmann

voltar para Notícias - Esportes

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||