Notícias - Geral

Duas oportunidades para assistir ao 'O Pequeno Príncipe'

Publicado em 22/05/2019 às 13h27

Apresentação teatral tem como objetivo também trazer uma reflexão sobre a atualidade O grupo Sol Brasileiro, formado por estudantes do Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) de Venâncio Aires, irá realizar nos dias 25 e 26, uma nova apresentação do espetáculo 'O Pequeno Príncipe'. As sessões serão realizadas em dois horários, às 15h e às 17h, na Sociedade de Leituras. Os ingressos terão custo de R$ 20 para o público em geral e R$ 10 para estudante.

Baseado na obra literária do francês Antoine de Saint-Exupéry, que atravessa gerações, a apresentação irá destacar a história do princepezinho do asteróide 325 que viaja pelo universo e deixa lições como a de que 'Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas'.

O espetáculo tem orientação cênica do professor Marcio Rodrigues e no elenco estão os estudantes Elvis Epstein, Theo de Lima Goes, Gabriel Gusson, Jefesron Ribeiro dos Santos e Samuel Teixeira. O objetivo é fazer com que o público reflita sobre algumas situações. 'Vamos parar em algumas cenas e explicar a situação', comenta o professor.

 

ARRECADAÇÃO 

A peça, adaptada para a atualidade, tem um papel ainda mais especial nessas apresentações, já que o grupo está promovendo a atividade com o intuito de auxiliar na arrecadação de R$ 32 mil para participar do congresso internacional realizado pela Sociedade Internacional de Educação Através da Arte (InSEA), que ocorre em Valletta, na Ilha de Malta, na Europa. Os artigos científicos selecionados, escritos em inglês, tratam sobre o teatro como forma de abordagem de temas como suicídio e outras questões sociais e psicológicas, e são fruto de um esforço realizado ao longo de quatro anos dentro do instituto.

 

Vakinha 'IFSul em Malta'

O grupo que está com a viagem prevista para outubro precisa arrecadar R$ 32 mil. Por isso, está realizando também uma vakinha virtual no www.vakinha.com.br. Os interessados em contribuir podem acessar o site e localizar 'IFSul em Malta' e contribuir com o grupo com qualquer quantia.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker 

Compartilhar

Venâncio tem primeiro caso de dengue confirmado no ano

Publicado em 22/05/2019 às 13h26

.Foi confirmado na manhã de hoje o primeiro caso de dengue do ano em Venâncio Aire após resultado da análise feita pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). 

De acordo com informações repassadas pelo Centro de Atendimento de Doenças Infecto-contagiosas (Cadi), a doença transmitada pelo mosquito Aedes Aegypti é considerada importada., já que o morador contraiu enquanto passava um período na casa de familiares em Santa Cruz do Sul. A vítima já passou por tratamento e segue com a rotina normalmente. 

O outro caso enviado para análise, de um morador de Mato Leitão, deu negativo. 

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker 

Compartilhar

Bandeiras tarifárias vão ficar mais caras

Publicado em 22/05/2019 às 13h24

,A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste, ontem, elevando os custos extras gerados pelo acionamento das bandeiras tarifárias na conta de luz. A medida, que tem como objetivo sinalizar o consumidor sobre as condições de geração de energia, aumentando custos quando há menor oferta, agora poderá resultar em cobrança adicional de R$ 6 a cada 100 kilowatts-hora quando no patamar vermelho nível 2, que sinaliza um nível mais crítico de oferta. Antes, a bandeira vermelha nível 2 gerava apenas um acréscimo de R$ 5 a cada 100 kwh. A bandeira verde nível 1 passará a representar adicional de R$ 4 a cada 100 kwh. Antes o valor era de R$ 3. A bandeira amarela será reajustada de R$ 1 para R$ 1,5 a cada 100 kwh. A justificativa da Aneel sobre a mudança é referente ao déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores nas bandeiras.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker 

Compartilhar

Caminhada da Paz é remarcada em função da instabilidade do tempo

Publicado em 22/05/2019 às 13h23

.A Caminhada da Paz que estava prevista para ocorrer na manhã de hoje, precisou ser cancelada em função do mau tempo. De acordo com o assessor da Secretaria de Educação, André Henckes, inicialmente a atividade estava confirmada, mas quando as escolas, principalmente, do interior estavam se deslocando para a área central, começou a chover e optou-se por cancelar a caminhada e remarcar para o dia 5 de junho. "Não vamos nem tentar programar para amanhã por causa da previsão de chuva que já existe", reforça. 

Na nova data, a programação segue a mesma, segundo Henckes. A saída será às 8h15min da Praça Henrique Bender, conhecida como Evangélica, e segue pela rua Osvaldo Aranha até em frente a Igreja Matriz São Sebastião Mártir, onde será realizado um ato de encerramento.

A ação é uma iniciativa das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e da Violência Escolar (Cipaves), da rede municipal de educação, com o apoio da 6 ª Coordenadoria Regional de Educação (6ª CRE) e União dos Estudantes de Venâncio Aires (Uesva).

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker 
Foto: Luana Andrade

Compartilhar

Aplicativo quer integrar professores, pais e os estudantes da rede estadual

Publicado em 22/05/2019 às 13h21

Ferramenta permite o acompanhamento, em tempo real, do desempenho das turmasNa Escola Wolfram Metzler, no bairro Bela Vista, o professor puxa o celular dentro da sala de aula, seleciona um aplicativo e acessa a lista de chamada. A presença dos estudantes é registrada diretamente no aparelho e pode ser consultada, em tempo real, pelos pais, direção do educandário, pelo coordenador regional, em Santa Cruz do Sul, ou mesmo pelo secretário estadual da Educação, em Porto Alegre. Em caso de atrasos ou faltas de alunos, a família recebe um alerta no telefone, por mensagem SMS.

A escola é a única, da rede estadual, em Venâncio Aires, que participa do projeto-piloto na utilização da plataforma desde o início do ano letivo. Ao todo, são mais de sete mil alunos que têm a gestão de sua vida escolar realizada por via digital, em uma iniciativa que a Secretaria Estadual da Educação. A intenção é estender o recurso ainda neste ano para toda a rede.

'Todos os professores, tanto do Ensino Fundamental quanto do Ensino Médio, estão utilizando o aplicativo diariamente. É tudo muito rápido. Ganha-se tempo, agilidade e praticidade. Contudo, neste trimestre ainda se utiliza de forma concomitante o caderno de chamada físico, para também registrar presenças e ausências. Porém, a meta é já no próximo trimestre fazer com que os registros passem a ser apenas pelo aplicativo', destacou a diretora Deise Hickmann.

Segundo o Governo do Estado, a plataforma de gestão escolar foi desenvolvida ao longo dos últimos quatro anos por uma empresa e foi cedida de forma gratuita para a secretaria. A supervisora pedagógica da Escola Wolfram Metzler, Daiane Soda, diz que a ferramenta dá agilidade aos processos que ocorrem dentro das escolas.

Já o professor de História, Diego Engel, lembra que o sistema permite um diagnóstico com medidas corretivas em tempo real. Além de permitir economia com o uso do papel e colaborar com o meio ambiente. Enquanto isso, alunos do 9º ano, quando perguntados pela reportagem, ontem à tarde, sobre o que mudava para eles com o aplicativo, de forma descontraída responderam em grupo 'que precisariam se puxar mais a partir de agora' e assim evitarem as 'broncas' dos pais.

 

Trabalho poupado 

O sistema pode ser acessado por um site ou pelo aplicativo para smartphones, mantendo toda a comunidade escolar conectada e informada. No lugar dos diários de classe, onde anotam o conteúdo das aulas, as notas e a frequência dos 502 alunos, os 48 professores da Escola Wolfram Metzler passaram a ter a funcionalidade na palma da mão. Agora, ao inserirem os dados no aplicativo de celular, todo conteúdo passa a constar em tempo real no sistema oficial, o que poupa trabalho, ao fim de cada trimestre, para calcular e somar as avaliações e trabalhos.

 

Senha e login para acesso ao sistema

Cada professor, ao baixar o aplicativo em seu celular, recebe uma senha e login para ter acesso ao sistema. Pais interessados, mediante cadastro prévio, também recebem as informações no smartphone. Os números de celulares dos pais serão coletados, possivelmente, já a partir do próximo trimestre, durante a entrega dos boletins ou a partir das matrículas e rematrículas dos alunos, por exemplo. 'Os pais terão como acompanhar o desempenho do filho e saber se ele está ou não na escola, isso é muito bom. Para nós, é bom também por termos o acompanhamento diário e não é preciso esperar nem um dia para saber como está a situação de cada aluno', informou a diretora Deise Hickmann.

A plataforma também dá acesso ao desempenho da turma, como notas médias. Para a direção da escola, o sistema fornece indicadores por disciplina ou por turma. Já a Secretaria Estadual de Educação passa a ter uma visão geral e pode fazer cruzamentos por turmas e escolas para identificar problemas e estudar intervenções pedagógicas imediatas.

 

Tua escola

O 'Tua Escola' é integrado ao ISE (sistema de controle e gestão da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul que opera nas escolas). O Governo do Estado informa que todas as regras do regimento da escola - como procedimentos e formas de avaliações, bases curriculares e calendários letivos - são refletidas automaticamente para o APP, bem como os dados inseridos no 'Tua Escola - Professor' poderão ser persistidos no ISE.

 

O que é?

O APP 'Tua Escola' aos professores permite realizar as seguintes ações:

1 Realizar chamadas (offline - mesmo sem internet será possível fazer a chamada).
2 Planejar avaliações nos períodos.
3 Visualizar uma timeline (histórico) das aulas e avaliações.
4 Inserir resultados dos períodos de avaliações.
5 Emitir relatórios de frequência, registros das aulas e aproveitamentos dos alunos nas turmas.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Cristiano Wildner 
Foto: Alvaro Peporaro

Compartilhar

Kappel ameaça exonerar assessores de Sandra Wagner

Publicado em 22/05/2019 às 13h19

Sessão desta segunda-feira, 20, foi tumultuada, em razão de debates acalorados sobre o Projeto de Lei número 066/2019A votação do Projeto de Lei número 066/2019, na sessão da Câmara desta segunda-feira, 20, surtiu reflexos inesperados. Quando a reunião se encaminhava para o fim e parecia que todas as farpas já haviam sido trocadas, o presidente Eduardo Kappel (Progressistas) direcionou sua 'artilharia' contra a líder de governo, Sandra Wagner (PSB). 'A maneira como o governo conduziu o PL 066, hoje, eu não fiquei satisfeito. Foi uma falta de competência da vereadora Sandra, a falta de tato político foi absurda. Chegou ameaçando os vereadores nesta Casa, chegou a ameaçar o vereador Zé de ter uma indicação dele demitida na Saúde', disparou.

Kappel foi ainda mais longe: 'Enquanto eu for presidente nesta Casa, vereadora Sandra, a senhora não ameaça ninguém. A tua petulância e arrogância foi tanta, que chegou a ameaçar o vereador via WhatsApp'. Para o presidente, Sandra agiu por determinação do prefeito Giovane Wickert (PSB), que mais cedo, segundo informações que circularam nos bastidores da Câmara, teria informado aos integrantes da base governista que, em caso de reprovação do projeto, cargos poderiam ser revistos no Executivo. Sandra permaneceu em silêncio durante os ataques e, por fim, ouviu de Kappel que ela será levada à Comissão de Ética. 'Já vou lhe alertar que a senhora vai sofrer advertência ou uma suspensão nesta Casa e, se o prefeito atacar ou quiser retaliar, não se esqueça que a senhora tem três assessores aqui. Vou atacar os três', ameaçou.

 

 

ALVOROÇO

Após o fim da sessão, Sandra seguiu por cerca de 20 minutos no Plenário Vicente Schuch. Enquanto conversava com outros vereadores e assessores parlamentares, por muito pouco não foi às lágrimas. 'Eu não consigo entender porque ele (Kappel) faz isso. Eu mandei mensagem para o Zé, mas foi na boa, pedindo para ele votar a favor do projeto. Sou líder de governo e este é meu papel', desabafou. Em seguida, afirmou que não entende porque o colega do PSD mantém fidelidade ao presidente, já que na semana passada Kappel exonerou dois assessores, indicados por Zé da Rosa, sem quaisquer explicações. Os cargos em comissão (CCs) indicados por Sandra no Legislativo também deixaram a sessão demonstrando preocupação.

'Toda ação gera uma reação', diz Wickert

Na manhã de ontem, o prefeito Giovane Wickert (PSB) se manifestou em relação às polêmicas da noite de segunda-feira, 20. Ele disse que 'quando uma eleição se avizinha, é natural que os agentes políticos tenham comportamento 'menos técnico e responsável'. De acordo com Wickert, nos dois primeiros anos da Administração, os vereadores da base governista costumam ser mais fidelizados, 'mas no terceiro e quarto anos, é quase uma regra a questão dos debates acalorados, que faz parte da democracia'.

Embora entenda que o processo é natural, o chefe do Executivo mandou um recado ao presidente da Câmara: 'Toda ação gera uma reação'. Wickert não escondeu sua insatisfação com o fato de Kappel ter protagonizado, em menos de dez dias, dois episódios polêmicos: a exoneração de dois assessores de Zé da Rosa (PSD) e a ameaça de demissão de três indicados de Sandra Wagner (PSB) na Câmara de Vereadores.

 

DIRETO AO PONTO

O prefeito Giovane Wickert falou sobre uma série de assuntos, ontem, à Folha do Mate.

1 Ameaças e exonerações: 'Até agora, ninguém na Prefeitura foi dispensado. Quem tem que se explicar é o presidente da Câmara, que demitiu dois assessores do vereador Zé da Rosa e não deu satisfação a ninguém. Quem está retaliando e ameaçando o governo é ele'.

2 Pedido de aprovação do PL 066: 'Só falei a respeito do projeto com dois vereadores, a líder de governo Sandra Wagner e o Ezequiel Stahl, que participaram da reunião dos secretários, na segunda-feira, e comentaram sobre outras questões legislativas, o que nos levou a falar também sobre esta proposta. No mais, não pedi nem ameacei ninguém para que aprovassem o projeto'.

3 Governo bancou Kappel: 'Não é verdade. O governo nunca interferiu no Legislativo. Ficamos isentos. Basta ver que as composições de votação são diferentes a cada análise de projeto. Quem bancou a candidatura e fez movimentos pela eleição do Eduardo na Câmara foi o Celso (Krämer), mas como presidente do PTB.

4 Relação com Krämer e Kappel: 'Da minha parte, não tem nada de anormal. Diretamente, não temos nenhuma aresta para aparar. Podemos divergir em uma ou outra situação, mas não vejo interesse de confronto ou conflito com nenhum dos dois. Tudo faz parte da democracia'.

5 Enfraquecimento da base: 'Não vejo as derrotas como enfraquecimento. Isso é uma amostra muito clara de que não há interferência do Executivo no Legislativo. Os vereadores podem se posicionar como quiserem. Mas é claro que existem os riscos, e a perda de espaço no governo é um deles'.

 

'Nenhuma turbulência faz uma Administração ser inviabilizada. É normal que um ou outro projeto tenha um debate mais aprofundado, que gera momentos de tensão, mas as coisas se ajeitam. Isso não é um toma lá, dá cá. São situações que fazem parte da política. O Eduardo que cuide da Câmara e eu tomo conta da Prefeitura.'
GIOVANE WICKERT - Prefeito de Venâncio Aires

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Carlos Dickow

Compartilhar

Ospa faz apresentação em Venâncio no final do ano

Publicado em 22/05/2019 às 13h17

Apresentação ocorre dentro da programação de Natal do município A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) estará em Venâncio Aires no dia 18 de dezembro, quando realiza uma apresentação dentro da programação natalina do município. A intenção é que a apresentação ocorra na Travessa São Sebastião Mártir. O espetáculo é gratuito e integra a Série Interior que vem sendo realizada pelo grupo ao longo deste ano.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker 
Foto: Antonieta Pinheiro

Compartilhar

Registrada primeira suspeita de gripe A em Venâncio

Publicado em 22/05/2019 às 13h16

.O Centro de Atendimento de Doenças Infecto-Contagiosas (Cadi) de Venâncio Aires informou, hoje, que existe uma suspeita de Gripe A no município. O paciente é um idoso, morador da Capital do Chimarrão e que está internado em uma ala isolada da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM). Após apresentar sintomas de dispneia, tosse e baixa taxa de saturação, foi feita uma coleta da secreção e enviada para o Laboratório Central do Estado (Lacen). O resultado, que comprova ou não a suspeita, deve ser divulgado até a próxima semana.

No Rio Grande do Sul, já foram registradas três mortes por Gripe A. Uma delas foi um bebê de 11 meses em Sapiranga e outros dois idosos em São Gabriel e Barra do Ribeiro. Em Venâncio Aires, a preocupação é pela baixa adesão de crianças e idosos na Campanha Nacional de Vacinação que encerra no dia 31.

Segundo informado pela enfermeira da Vigilância Epidemiológica e coordenadora da campanha, Carla Lili Müller, até o momento foram vacinados 71,3% do público prioritário na vacinação, o que corresponde a 14.437 mil pessoas.'Estamos a 40 dias vacinando e não chegamos nem perto do estimado. É preciso que os pais se conscientizem e levem seus filhos aos postos', declara.

O secretário da Saúde, Ramon Schwengber, alerta toda a população, principalmente as pessoas que integram os grupos prioritários, para que aproveitem os últimos dias de vacinação. 'Estamos iniciando um período crítico de temperaturas baixas. Temos mais alguns dias de campanha e a vacina é a única forma de prevenção contra os vírus da gripe', conclui.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker 
Foto: Luana Andrade

Compartilhar

Empréstimo de R$ 2,3 milhões reprovado na Câmara

Publicado em 22/05/2019 às 13h15

Após empate em 7 a 7 na votação entre os vereadores, presidente Eduardo Kappel (Progressistas) deu o voto de minerva e derrubou o projeto por 8 a 7A Câmara de Vereadores de Venâncio Aires reprovou, por 8 a 7, com voto de minerva do presidente Eduardo Kappel (Progressistas), o Projeto de Lei número 066/2019, do Poder Executivo e que tinha como objetivo a autorização para contratação de financiamento, no valor de R$ 2,3 milhões, junto à Caixa Econômica Federal (CEF). A votação ocorreu na sessão desta segunda-feira, 20, e derrubou a intenção da Prefeitura de buscar recursos para 'modernização e reestruturação da gestão tributária', conforme justificativa da proposta.

O debate em torno da iniciativa foi polêmico do início ao fim. Primeiro, a vereadora Izaura Landim (MDB) - citando informações repassadas pela contadora do Município, Janice Antoni -, disse que o projeto, se aprovado, permitiria uma 'justiça tributária', já que os serviços de georreferenciamento (levantamento aerofotogramétrico e ortofotos, perfilometria laser e modelos topográficos, além do levantamento fotográfico multidirecional de 360 graus) embasariam a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de forma adequada. 'Quem tem casa com piscina e não paga IPTU por ela, passaria a pagar', exemplificou.

Na sequência, quem fez o contraponto foi o vereador Ciro Fernandes (PSC). Ele defendeu que antes de contratar um financiamento, sob justificativa de elevar a arrecadação, a Prefeitura deveria propor ações concretas para a redução das despesas. 'Quando vocês têm as contas desajustadas em casa, o que fazem? Pegam um empréstimo ou tentam economizar?', questionou. Segundo ele, melhor seria investir em uma frota movida a gás natural ou prédios públicos com energia fotovoltaica. 'Com um financiamento, o retorno vem a longo prazo. Penso que deveríamos, a curto prazo, fechar torneiras e não aumentar impostos', completou.

 

VISTAS E SUSPENSÃO

Nelsoir Battisti (PSD) seguiu o raciocínio de Fernandes, afirmando que 'contratar financiamento só vai piorar a situação, porque vamos ter a conta para pagar e nossos contribuintes serão cobrados até pela casinha do cachorro no fundo do pátio'. Já a líder de governo na Casa, Sandra Wagner (PSB), declarou que 'o ex-prefeito Glauco Scherer, já falecido, pensava em fazer este levantamento no seu governo'. Conforme ela, 'o estudo seria um facilitador no sentido da justiça tributária e beneficiaria quem paga seus impostos direitinho'. Em seguida, Battisti pediu vistas do projeto - o que faria com que a votação fosse adiada -, mas a solicitação foi negada, após consulta ao jurídico, pois a proposta já tramitava havia mais de 30 dias.

Com a polêmica instalada, Kappel suspendeu a sessão por dez minutos e informou que queria fazer parte da votação, por isso passaria a presidência para o vice, Adelânio Ruppenthal (PSB). Mais uma vez o jurídico entrou em cena, alertando que a transmissão do cargo não era prevista no Regimento Interno do Legislativo. Foi quando Tiago Quintana (PDT) se manifestou: 'Cumpre o Regimento. Se tu quer votar, renuncia à presidência. Só conduz a sessão, não tem que ser líder de governo'. Kappel rebateu dizendo que o pedetista estava de 'palhaçada' e queria fazer 'um cirquinho'. Também disse que Quintana era 'fraco e cagão' e que 'se quiser, também podemos resolver isso lá na rua'. Após o bate-boca, a proposta foi colocada em votação e derrubada por 8 a 7, impedindo que o Município leve adiante o financiamento.

 

VOTAÇÃO

Contrários (8): Tiago Quintana, Ana Cláudia do Amaral Teixeira e Sid Ferreira, todos do PDT; Zé da Rosa e Nelsoir Battisti, ambos do PSD; Ciro Fernandes (PSC), Gilberto dos Santos (PTB); e voto de minerva do presidente Eduardo Kappel (Progressistas).

Favoráveis (7): Helena da Rosa, André Puthin e Izaura Landim, todos do MDB; Ezequiel Sthal e Ademar Gisch, ambos do PTB; e Sandra Wagner e Adelânio Ruppenthal, ambos do PSB.

 

FARPAS

1 No momento da discussão com Eduardo Kappel, ao ser chamado de 'fraco e cagão', Tiago Quintana chegou a perguntar: 'Alguém ouviu o que ele disse? Pode ir à Comissão de Ética'.

2 Quando a sessão encerrou, perguntado se levaria a situação adiante, disse que 'ele (Kappel) não vale as duas laudas que serão gastas numa representação, não vou me rebaixar ao nível dele'.

3 O pedetista afirmou ainda que entende que 'a Comissão de Ética tem coisas mais importantes para analisar, como por exemplo a denúncia contra o presidente, que já foi aceita pelo Judiciário e nunca chega aqui'.

4 A afirmação é em referência ao caso dos áudios em que Kappel negocia uma sentença com um condenado por tráfico de drogas e insinua que o irmão, o desembargador Rinez da Trindade, poderia influenciar na decisão do Tribunal de Justiça. Kappel é réu no processo.

 

ATUALIZAÇÃO

? Ao comentar sobre a reprovação do PL 066/2019, o prefeito Giovane Wickert (PSB) afirmou que a intenção do Município era realizar a atualização cadastral dos contribuintes, 'o que nos permitiria ver se há pessoas sendo tributadas a mais ou a menos, nos dois sentidos'.

? Ele disse que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) orienta que a revisão seja feita por todos os prefeitos, 'para evitar que o impacto seja muito grande, por conta da demora para a atualização das informações'.

? 'É questão de legalidade e justiça tributária. Quem votou contra está dizendo que aceita que de duas lojas, uma ao lado da outra, vendendo a mesma coisa, uma dê nota fiscal e outra não. Eu tentei fazer a coisa certa e não fui omisso. Se houver apontamento, vou apresentar ao Tribunal o resultado da votação lá na Câmara', argumentou.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Carlos Dickow

Compartilhar

Começa hoje votação popular que escolherá a 10ª debutante

Publicado em 22/05/2019 às 13h13

Depois de receber dezenas de fichas de inscrição de meninas interessadas em ser uma das debutantes da terceira edição do projeto, a seleção entra em uma nova fase. Já estão escolhidas nove das dez meninas que serão as debutantes da edição de 2019 e ainda falta uma princesa. 

A partir de hoje, quarta-feira está aberta a votação online na página do Rotaract Venâncio Aires na rede social Facebook. A votação se estenderá até as 21hs deste domingo e irá vencer a história que receber o maior número de curtidas. Nas histórias publicadas, o nome da jovem não irá aparecer. 

A apresentação oficial das 10 debutantes ocorre no dia 29 deste mês, em evento realizado na Rádio Terra FM. A 3ª edição do Baile de Debutantes do Rotaract Club Venâncio Aires em 14 de setembro, no Clube CTA. A fanpage pode ser acessada pelo endereço facebook.com/rotaractvenancio

 

 

Fonte: Rádio Terra FM
Créditos:  Cristiano Wildner
Foto: Cris Frantz Fotografias

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||