Notícias - Geral

Apresentados os novos casais festeiros do Bastião 2020

Publicado em 21/01/2019 às 13h50

Após reunir milhares de pessoas na processão ao Santa Padroeiro de Venâncio Aires – São Sebastião Mártir, as comemorações festivas encerraram com a apresentação dos novos festeiros.

A festa do Bastião de 2020 terá à frente os casais festeiros: Décio Luís Wagner e Sandra Beatris Berté Wagner; Artur Jose Alves e Maria Cristina de Oliveria Alves; Márcio Henrique Klock e Lidere Weyh Klock.

A 143ª edição da Festa de São Sebastião Mártir possui como casais festeiros, Luciano Walker  e Márcia Walker, Ângela e Luciano Algayer, e Elacy e Álvaro da Silva.

 

Fonte: Olá Jornal
Foto: Guia Venâncio 

Compartilhar

Após ajuste, Prefeitura fecha ano com superávit

Publicado em 21/01/2019 às 13h48

 Eleno Sterz conduziu a apresentação dos dados ontem à tardeA Prefeitura de Venâncio Aires registrou superávit de R$ 1,37 milhão no fechamento dos números referentes a 2018. Embora a projeção inicial apontasse um déficit que passasse dos R$ 9,9 milhões. O superávit foi alcançado a partir da soma de 1,48 milhão, conseguidos pelo Executivo, mais os valores devolvidos pela Câmara de Vereadores - R$ 125,7 mil.

O foco, segundo o secretário da Fazenda, Eleno Sterz, foi apostar em gestão e na redução de despesas não essenciais. Os dados, apresentados ontem à tarde em coletiva de imprensa, na presença do prefeito Giovane Wickert, a contenção é mais que necessária para que a Prefeitura possa realizar obras que garantirão o bem-estar da população. 

Dentre os fatores que contribuíram para que a Prefeitura alcançasse esse recorde no superavit estão uma série de medidas de contenção de gastos adotadas pela Administração Municipal e a implementação de nova edição do programa 'Em dia Com Venâncio Judicial'.

Ainda foi ressaltado que o resultado foi alcançado sem reduzir os recursos investidos nos serviços essenciais prestados à população como na educação e na saúde (aumentou repassas ao Hospital São Sebastião Mártir, por exemplo), e sem o uso de medidas emergenciais adotadas com frequência, como o turno único.

 

REALIDADE LOCAL

Pelos dados apresentados, a realidade local é completamente diferente a da vidada pelo Estado e algumas cidades gaúchas. O Município de Venâncio Aires está hoje com o funcionalismo recebendo em dia, inclusive com antecipação do 13º salário e vale-refeição. O prefeito ainda lembrou que em 2018 foi concedido reajuste salarial real, além de dobrar o valor do vale-refeição.

 

PERSPECTIVAS

Sobre as perspectivas financeiras para este ano, o secretário da Fazenda afirmou que é preciso manter a cautela e o rigor nos gastos. 'Teremos um ano difícil, mas as perspectivas, ao mesmo tempo, são boas. Mas, vamos continuar adotando medidas para a contenção de despesas', disse.

 

Dados divulgados pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) esta semana mostram que 46% dos municípios estão atrasando salários, 56% têm dívidas com fornecedores e 29% fecharão as contas de 2018 no vermelho.

Fizemos o tema de casa, com esforço de todos os servidores municipais, apoio do Legislativo e compreensão dos cidadãos que sempre participaram das ações propostas'. ELENO STERZ, Secretário da Fazenda

 

RECEITAS

As receitas correntes superara a previsão em 3,53%, com destaque para: 
- Implantação da Coordenação Geral de Administração e Finanças (CGAF)
- Recorde na arrecadação do IPTU, com cadastramento de novas economias em 2017
- Unificação do Cadastro de Economias Imobiliárias com mais de uma tipologia
- Formalização do Convênio com o Instituto de Estudos de Protesto do Rio Grande do Sul 
- Contratação de Consultoria em ICMS 
- Criação do 'Em dia Com Venâncio Judicial' 
- Criação do 'Produtor Rural Legal '
- Implantação do Projeto Imposto do Bem.
- Emissão de 4.810 processos de cobrança administrativas, com apenas 6% de frustração.

 

DESPESAS

As despesas correntes ficaram aquém do previsto em 9,1%, com destaque para:
- Coordenação Geral de Administração e Finanças reteve R$ 4,6 milhões de R$ 30 milhões analisados. 
- Compreensão e esforço de secretários
- Empenho dos servidores na busca pela economia de recursos 
- Parceria do Poder Legislativo no retorno de recursos

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e foto: Cristiano Wildner 

Compartilhar

Padre João Alberto Konzen recebe homenagens em sua despedida

Publicado em 21/01/2019 às 13h46

 casal Paulo Adriano e Jeane Fagundes, do conselho de administração da paróquia São Sebastião Mártir homenagearam o padreDurante a missa celebrada na manhã de hoje, na igreja matriz, o pároco João Alberto Konzen se despediu oficialmente da paróquia e recebeu diversas homenagens da Prefeitura e Câmara de Vereadores, Conselho de Administração da Paróquia, pastorais e movimentos, grupos de jovens, coroinhas, ministros e participantes do projeto de música sob a regência do professor de música Paulo Shonarth.

O padre Beto vai para um ano de estudo sabático na Diocese de Sinop, em Mato Grosso. Em todas as manifestações foram lembradas as principais obras e realizações do pároco durante os oito anos em que esteve à frente da Paróquia.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e foto: Edemar Etges

Compartilhar

Venâncio-airense realiza desafio literário 'Um conto por mês durante um ano'

Publicado em 21/01/2019 às 13h42

Leitor desde a infância, Gean busca incentivar novos leitores com os textos de sua autoriaDepois de escrever 50 crônicas em 50 dias, no ano passado, o publicitário Gean Paulo Naue, 25 anos, lançou um novo desafio para 2019, o 'Eu conto: Um conto por mês durante um ano'. Até dezembro, o venâncio-airense vai enviar gratuitamente um conto mensal de sua autoria, por e-mail, para leitores cadastrados para participar do projeto.

Até ontem, a lista de leitores de Gean já contava com 110 pessoas. 'Ela vai estar aberta até dezembro, então ainda pode aumentar. O conto não tem dia específico para ser enviado, gosto de pensar que ele é uma surpresa. Chega a qualquer dia', explica. Clique aqui para se cadastrar

O primeiro, chegou na quinta-feira, 17. Intitulado 'Josué' - nome de um dos melhores amigos de Gean -, a obra fala sobre uma separação que tiveram e de um reencontro depois de 6 anos. O escritor adianta que o próximo conto será um texto de realismo fantástico. 'Vai falar sobre como era Venâncio antes de ser Faxinal dos Fagundes. Não está explícito no conto, mas quem mora aqui vai se identificar.'

A opção por enviar os contos, por e-mail, em vez de apenas publicá-los em um site ou nas redes sociais, tem o propósito de buscar uma divulgação mais eficaz e promover um contato mais próximo com os leitores. Para Gean, além de não precisar investir financeiramente na divulgação, o método facilita para os leitores.

'A pessoa só vai se cadastrar se tiver interesse em ler, isso já é algo muito bom. Todos que se cadastraram vão receber o texto e ele pode ficar guardado lá para ser lido na hora que quiser, ninguém vai precisar estar correndo atrás de links ou digitando no Google. Além disso, o e-mail permite que o leitor se comunique comigo, o que torna a relação bem próxima e interessante', considera.

Além disso, todo mês, será possível ler o conto de forma impressa, na Biblioteca Pública Municipal Caá Yari. 'Não é para retirar e levar para casa feito um livro, mas pode ser lido por quem estiver por lá e quiser ler algo rápido ou não tiver acesso à internet', explica Gean. Outro plano é que os contos sejam gravados em áudio para chegar àquelas pessoas que não sabem, não gostam de ler ou são impossibilitadas de ler.

Confira o primeiro conto de Gean, intitulado Josué.

 

Como surgiu a ideia desse desafio literário? 

Gean Naue: Surgiu da necessidade de escrever de uma forma mais fiel. Eu escrevo desde sempre, e isso me faz bem, me deixa feliz, mas nunca fui muito regrado. Escrevia quando dava tempo, quando despertava a vontade, quando tinha uma ideia. Porém, não é assim que funciona. Escrever exige algumas regras e uma das mais importantes delas é a disciplina: escolher um tempo de começo e término do processo criativo de escrita.

Qual o objetivo do 'Eu conto'?

Gean Naue: O objetivo, por incrível que pareça, é voltado muito mais pra mim do que para os leitores. Claro que eu quero contar boas histórias e despertar as pessoas, mas, inicialmente, a finalidade do desafio era fazer com que eu escrevesse de forma regrada.

Em 2018, inventei o desafio '50 crônicas em 50' o que me obrigou a, todo santo dia, escrever. Para minha surpresa, foi algo muito tranquilo e prazeroso, nem doeu. Em 2019, eu tive que dar um jeito de continuar essa rotina de escrita, então nasceu o 'Eu conto: um conto por mês durante um ano'. Agora, a experiência é mais longa, mais trabalhosa e com mais tempo, também, o que me dá a chance de pensar mais, escrever mais, divulgar melhor os textos e despertar o interesse nas pessoas para ler o que eu escrevo.

O que você aprendeu escrevendo 50 crônicas em 50 dias, no ano passado?

Gean Naue: Escrever, por ser algo tão grandioso, não é simples, ao meu ver. Na minha mente autores e obras literárias são vistas como entidades acima do senso comum. Me posiciono diferente ao lado de um autor, como se ele fosse um Deus. E isso me travava muito quando eu ia, na minha simplicidade, escrever. Então, as '50 crônicas em 50 dias' me fizeram perder esse medo, ver que eu posso escrever o que vem na minha mente da forma que julgar melhor.

Antes, eu achava que só poderia escrever quem fosse muito bem na gramática, isso é uma besteira! Tem gente que conhece gramática como ninguém e não escreve nada e tem gente, como eu, que conhece alguma coisa das regras de português e usa isso pra se expressar. Eu respeito muito a arte de escrever e ler e é isso que me guia e me pressiona a dar o melhor que eu tenho enquanto escrevo.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Juliana Bencke 
Foto: Alan Barboza / Divulgação

 

Compartilhar

Confira os Ganhadores da 143º Festa de São Sebastião Mártir

Publicado em 21/01/2019 às 11h33

Na noite de ontem, dia 20, foi realizado o sorteio da Ação Entre Amigos da 143º Festa de São Sebastião Mártir. Confira os ganhadores: 

1º - 27.759 – Vitor Borges Mahl
2º - 37.376 – Marlene Schwendler
3º - 95.374 – Nestor Horn
4º - 54.331 – Maria Teresinha da Rosa
5º - 88.794 – Rogério Pauli
6º - 49.374 – Iara Kuntz
7º - 55312 – Cachorrão do Magrão
8º - 90.192 – Magaiver Moraes
9º - 26.272 – Leticia Rediske
10º - 15.709 – Paulo Aloisio Saath
11º - 29.836 – Clemio V. Ruwer
12º - 97.637 – Jair N. Hammes
13º - 04.856 – Adriano Daniel Mess
14º - 83.190 – Edson Fank Kayser
15º - 78.899 – Marcos Pacheco Lündermann
16º - 95.699 – Delci Schirmann
17º - 07.617 – Gilberto André Biemert
18º - 88.703 – Relojoaria Froelich
19 – 45.016 – Raimundo Beckev
20 – 97.367 – Açougue Queiroz
21º - 23.287 - Leno V. Santos
22º - 27.615 - Lúcia Odete Stein
23º - 12.837 - Márcia Weiler Henckes
24º - 14.638 - Luana Yasmin Henn
25º - 08.627 - Lourdes Maria Friedrich
26º - 09.794 - Eva de Moraes
27º - 07.742 - Neva Bencke
28º - 21.634 - Alice Dornelles
29º - 08.830 - Carlos Marcelo Konzen
30º - 64. 651 - Dilmar Palhares
31º - 56.673 - Fernanda Rayer Soares
32º - 70.868 - Bárbara Burgardt
33º - 23.168 - Pedro Valmir Tobias
34º - 10.562 - Óptica Antônio
35º - 90.040 - Jenaine Weschenfelder
36º - 25.876 - Seloi D´Ávila
37º - 21.168 - Milton Hermann
38º - 90.596 - Moacir Emilio Ferreira
39º - 29.539 - Márcia Roos Storch
40º - 40.987 - Bruno Pereira

 

Fonte: Guia Venâncio
Créditos: Willian de Oliveira 
Foto : Paróquia São Sebastião Mártir

Compartilhar

Festa de São Sebastião Mártir inicia nesta sexta-feira com destaque para momentos de religiosidade

Publicado em 18/01/2019 às 13h56

Venâncio Aires recebe neste fim de semana a 143ª Festa do Bastião. Nesta sexta-feira, 18, ocorre procissão motorizada com saída da Comunidade Nossa Senhora Rainha do bairro Coronel Brito, levando a imagem do padroeiro até a Igreja Matriz, onde haverá missa. A celebração inicia às 20h, quando será dado início à Festa de São Sebastião Mártir. Depois da missa, será servida galinhada no pavilhão, ao valor de R$ 10 por pessoa. Haverá ainda música ao vivo até a meia-noite, com as bandas La Montanara e Nova Estação.

No sábado, dia 19, o convite é dirigido, especialmente, às pessoas da terceira idade. Haverá missa às 10h, seguida de almoço, apresentações artísticas e música. Já no domingo, dia 20 de janeiro, Dia de São Sebastião Mártir, os festejos continuam no pavilhão com almoço, galinhada, pastéis, cuca, roda da sorte e música ao vivo. Às 17h inicia a tradicional missa campal presidida pelo bispo diocesano, Dom Aloísio Alberto Dilli. Logo após, ocorre a procissão pelas ruas centrais da cidade, seguida do momento de benção da saúde. Na noite de domingo, o destaque é para a busca e apresentação dos novos festeiros e sorteio da Ação entre Amigos, que tem como primeiro prêmio um valor de R$ 18 mil. As cartelas com três números podem ser adquiridas ao valor de R$ 7.

A Rádio Venâncio Aires acompanha o evento e realiza boletins ao vivo. O programa Sábado Alegre, com Marcelo Frey, também será apresentado direto da festa. E ainda será transmitida, no domingo, a missa campal, a procissão e a busca dos novos festeiros.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Veridiana Röhsler
Foto: Divulgação

Compartilhar

Desfiles de Carnaval em Venâncio permanecerão na Osvaldo Aranha

Publicado em 18/01/2019 às 13h55

Inicialmente projetado para ocorrer no Acesso Dona Leopoldina em frente ao Parque do Chimarrão, os desfiles das escolas de samba do município serão realizados na rua Osvaldo Aranha, como ocorre anualmente. O Município previa a instalação de estrutura com arquibancadas e equipamentos de iluminação, porém, sem conquistar patrocínios para o custeio, na tarde desta quinta-feira, 17, a Secretaria Municipal de Cultura e Esporte confirmou que as apresentações serão realizadas na “Rua Grande”.

Estão confirmadas para desfilar nos dias 02 e 04 de março quatro escolas de samba: Fiel Tribo Guarani, Acadêmicos do Samba Négo, Malandros do Ritmo e Unidos da Vila Freese.

Segundo o assessor de Cultura da pasta, Saul Zart, a alteração do local de realização dos desfiles ocorre por conta da falta de recursos e necessidade de melhorias na iluminação do local. “Não conseguimos atingir o valor necessário para alugar estrutura e melhorar os pontos de iluminação, por isso, optamos em realizar novamente as apresentações na Osvaldo Aranha.”

Apesar de manter no trecho tradicional, Zart afirma que serão ampliados as estruturas de grades, camarotes e sonorização, buscando garantir maior acesso ao público ao longo da via.

A organização do evento, por meio da Secretaria, projetava buscar mais de R$ 400 mil, por meio de leis de incentivo. Entretanto, até o momento foram captados R$ 50 mil pela Lei Rouanet e outros R$ 30 mil em recursos próprios. Além disso, uma emenda parlamentar da deputada federal Maria do Rosário (PT), destinou R$ 100 mil para a realização do evento. A pasta municipal espera ao longo dos próximos dias confirmar novos recursos para aplicar na organização do evento.

 

Fonte: Olá Jornal

Compartilhar

Abertura de loteamento deixa residências alagadas no Battisti

Publicado em 18/01/2019 às 13h52

Obras em loteamento novo causaram o problema Moradores do loteamento Novo Horizonte, no bairro Battisti, vêm enfrentando um sério problema em dias chuvosos. Com o elevado volume de chuva, a água não dá a vazão necessária, o que provoca alagamentos nas residências. Segundo o presidente da Associação de Moradores do Battisti, Marcone Klafke, pelo menos três moradias das ruas 4 e 5 sofrem com o problema. 'A água chega a entrar nas casas, é um transtorno para as famílias', declara.

 

Klafke afirma que o problema começou após o início das obras no Loteamento Büllow, no bairro Coronel Brito. 'As tubulações são pequenas e não dão conta da vazão da água, então ela sai fora e vai para rua, descendo diretamente nas ruas 4 e 5, parecendo um rio', argumenta. Segundo ele, a moradora Raqueline da Rosa, moradora da rua 5, diz que já teve a casa invadida pela água três vezes e perdeu móveis, eletrodomésticos e roupas.

 

Segundo o engenheiro da Prefeitura, André Bergmann, que atua na fiscalização da drenagem pluvial dos loteamentos, o profissional responsável pelas obras do local está ciente das alterações que devem ser feitas para que o problema não ocorra. Bergmann afirma que a ligação da rede de água de esgotamento pluvial de praticamente todo o loteamento foi feita a uma caixa com cano de um metro de diâmetro e, depois, reduz para um cano de 50 centímetros. 'Foi exigido do pessoal do loteamento que, para aprovação das obras, resolvam esse problema da canalização', diz.

 

A SOLUÇÃO 

O engenheiro explica que toda a canalização que foi feita com canos de 50 centímetros deve ser substituída por peças de um metro de diâmetro. Bergmann diz que os responsáveis pelo empreendimento estariam negociando com a Prefeitura para que o Município entre com a canalização ou com o serviço, mas que a obrigação, no entendimento dele, é do responsável pela obra. O presidente da associação de moradores afirma que vai entrar em contato com os responsáveis pelo loteamento para pedir que uma solução seja tomada o mais brevemente possível.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Cassiane Rodrigues 
Foto: Divulgação / Divulgação

 

Compartilhar

Centavos revertidos em caridade

Publicado em 18/01/2019 às 13h51

Eva diz que sempre que faz compras autoriza a doação do trocoO que para o cliente pode parecer pouco, para as entidades, no montante, se torna grandioso. A iniciativa dos supermercados Rede Vivo e Rancho Atacadista oferece ao cliente a oportunidade de doar o troco de até R$ 0,99 das compras para a Casa de Acolhimento e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Conforme o gerente da Rede Vivo, Carlos Santos, a ideia é beneficiar entidades do município e, ao mesmo tempo, ajudar no problema de falta de moedas. Segundo ele, o supermercado Rede Vivo implantou o programa há cerca de um ano em benefício à Casa de Passagem. Com a inauguração do Rancho Atacadista, a equipe escolheu a Apae para que outra entidade seja beneficiada.

Ele explica que ao autorizar a doação, o valor repassado para a entidade aparece na nota fiscal do comprador. As doações são geradas em crédito para a entidade trocar por mercadorias. A equipe da entidade faz a retirada dos produtos conforme a necessidade. A Casa de Passagem, beneficiada pelo programa na Rede Vivo, recebeu o valor de R$ 22.421,56 durante o ano de 2018.

 

TRABALHO RELEVANTE

A aposentada Eva Ledi da Silva, de 64 anos, diz que sempre que faz suas compras autoriza a doação do troco para a Casa de Passagem. 'Eu conheço de perto o trabalho realizado lá e sei que toda ajuda é importante', ressalta. Ela diz que os R$ 0,10 que doa parece pouco, mas que juntando tudo é muito válida a ajuda.

Segundo o presidente da Apae, José Antônio Marmitt, devido ao mercado ser novo, a entidade ainda não fez a retirada dos produtos, 'mas a iniciativa será muito válida'. Hoje, cerca de 300 crianças são atendidas pela Apae e, destas, 170 fazem as refeições no local. 'Com o valor vamos poder adquirir comida e materiais de higiene e limpeza', comenta. Marmitt destaca que já concedeu a autorização para que o Supermercado Imec também reverta o troco para a entidade. Porém, a filial de Venâncio Aires ainda não começou a campanha de arrecadação.

R$ 0,99
é o valor máximo que pode ser doado no momento da compra.

Outros auxílios
O presidente da Apae destaca que será feita uma reforma do telhado da escola. A Apae de Venâncio Aires recebeu R$ 25 mil repassados pela Federação Estadual da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Feapaes). O dinheiro foi doado pelo título de capitalização Trilegal, que realiza sorteios semanalmente e destina parte das arrecadações a federação para serem distribuídas nas entidades de todo o estado.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e foto: Cassiane Rodrigues

Compartilhar

Venâncio Aires encerra 2018 como o décimo município gaúcho que mais exportou

Publicado em 17/01/2019 às 13h23

Venâncio Aires encerrou o ano passado como o décimo município que mais exportou. No total, foram negociados com o mercado internacional entre janeiro e dezembro de 2018, US$ 590,7 milhões. O valor representa 3% do total exportado pelo Rio Grande do Sul ao longo do ano. Se no estado a Capital do Chimarrão está entre os 10 principais municípios exportadores, no Brasil, a cidade está entre os 100 principais exportadores. Venâncio Aires ocupa a 82º posição entre as principais cidades exportadoras. O principal produto negociado foi o tabaco em folhas, representando 92% dos itens exportados no município.

Se comparado com 2017, Venâncio Aires perdeu posições no estado. No período anterior a cidade ocupava a 7º colocação entre os principais exportadores gaúchos. No ano foram negociados R$ US$ 620,7 milhões. O valor também colocou o município na 79º posição no Brasil.

Na região, ainda aparece a cidade de Santa Cruz do Sul, que fechou 2018 com exportações de US$ 1,007 bilhão. É o 5º município gaúcho em exportações e ocupa a 47º posição no Brasil. Rio Grande, no Sul, por conta do porto é o principal município exportador do Estado e ocupa a 6ª posição no país. Por lá foram movimentado US$ 4,490 bilhões.

A China segue sendo o principal parceiro comercial do município. São 21% do total de vendas internacionais encaminhadas ao país asiático. Na sequência aprece o Egito, com 12% do total, e o Paraguai com 9,8%.

O relatório é apresentado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, por meio dos dados de Estatísticas de Comércio.

 

 
Fonte: Olá Jornal
Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||