Notícias - Geral

Casal Produtor Modelo 2019 de Venâncio Aires é escolhido

Publicado em 25/03/2019 às 08h10

Na edição de número 25 da festa do Produtor Modelo 2019 realizada neste sábado, dia 23, no Ginásio São Luís, em Santa Emília foi escolhido o Produtor Modelo 2019 de Venâncio Aires.

O casal Walter Freitag e Julita Freitag, da Comunidade São Luis foram os escolhidos deste ano e ganharam certificado, folhagem, sacos para a lavoura e kit de produtos das agroindústrias.

Além do casal concorreram ao título Antônio Loeblein e Ivone Maria Muller Loeblein de Linha 25 de Junho; João Derlamm e Leane Horn de Linha Brasil; Thiago Frey e Thamires Guterres de Linha Cecília e Sérgio Hickmann e Vanderléa Maria Hickmann de Linha 17 de Junho.

O evento, foi organizado pela secretaria de Agricultura de Venâncio Aires e Emater, juntamente de entidades apoiadoras.

 

Fonte: Portal RVA
Foto: Maria Rita Marcon

Compartilhar

Fenachim terá dois shows nacionais. Anúncio oficial da programação ocorre no próximo fim de semana

Publicado em 25/03/2019 às 07h55

No próximo domingo, dia 31, a organização da Festa Nacional do Chimarrão realiza apresentação da programação oficial do evento. Na manhã deste sábado, 23, em entrevista à RVA, a presidente Cleiva Giovanaz Heck anunciou, em primeira mão, que a Fenachim terá dois shows nacionais.

Apesar de adiantar a confirmação de que a 15ª edição da festa terá a presença de artistas nacionais, a presidente ainda não pôde revelar quais serão as atrações. Ela disse que a equipe organizadora levava em consideração os altos valores dessas apresentações e, por conta disso, a Fenachim 2019 poderia não ter shows nacionais. No entanto, produtoras procuraram a organização e fizeram propostas aceitáveis.

O anúncio de toda a programação oficial será no próximo domingo, na parte baixa Parque do Chimarrão. Com entrada e estacionamento gratuitos, está prevista uma mateada, com atrações musicais e culturais. O evento vai iniciar às 15h com apresentação da banda Celebration Band, Luiz Antônio Klock e DJ, além da presença da Escola do Chimarrão.

Durante o evento, no domingo, também vai ocorrer a apresentação do traje social das soberanas, a rainha Lavínia Wachholtz Naue e as princesas Andressa Halmenschlager e Thaíse Fagundes. Os vestidos foram desenhados pela estilista venâncio-airense Luana Sehn e estão sendo confeccionados por profissional da Capital, depois de tomadas de preço. 

 

Fonte: Portal RVA

Compartilhar

Unidos na busca por conhecimento

Publicado em 23/03/2019 às 12h04

Professoras dão apoio e incentivo aos estudantes da EJA, cada um com suas particularidades e objetivos distintosMais do que a origem, eles têm em comum uma virtude: coragem. Foi necessário deixar o medo e a insegurança de lado para sair do país natal, sem saber o que os esperava do outro lado do oceano. Mesmo desconhecidos até então, em Venâncio Aires, juntos, buscam por conhecimento - motivo que os levou a deixar o Haiti e vir para o Brasil.

Foi na Escola Municipal de Ensino Fundamental Dois Irmãos, no bairro Aviação, que o grupo de 12 haitianos foi acolhido e estuda na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) com a intenção de aprender mais a língua portuguesa.

Um dos alunos é Richard Guerlin, 27 anos. Ele mora em Venâncio Aires há 2 anos e 9 meses. O haitiano veio ao Brasil com a intenção de cursar o ensino superior. 'Eu tinha um amigo aqui, por isso vim direto para Venâncio', afirma. Richard mora sozinho do bairro Gressler e trabalha como montador na Metalúrgica Venâncio. No Haiti, deixou os pais e os irmãos e agora lida com a saudade. 'Meu sonho é fazer minha faculdade no Brasil', destaca. Ele conta que o pai gastou muito dinheiro para cursar o ensino superior no Haiti, o que fez com que ele viesse ao Brasil em busca de oportunidades melhores.

Foi Richard quem "recrutou" os demais estudantes para estudar. Ele foi até a escola ainda no ano passado se informar com o intuito de ingressar no educandário. Em conversa com vizinhos e conhecidos, outros haitianos procuraram a escola.

Sonho de estudar que também trouxe ao Brasil a única mulher da turma, Nadia Toussaint, 29 anos. Ela trabalhava como auxiliar de consultório médico no Haiti. Aqui, atua como passadeira na Schmidt & Guterres Confecções. Tímida, ela diz que quando chegou trabalhou como safreira na CTA Continental. No Haiti, deixou os pais e o irmão. Nadia lida com a saudade e com a esperança de atingir seus objetivos.

 

APOIO

Segundo a vice-diretora da escola Dois Irmãos, Adriana Kroth, 190 alunos estão matriculados na modalidade EJA atualmente na escola. Destes, duas turmas são das totalidades 1 e 2, que correspondem até o 5º ano do Ensino Fundamental, que abrange os haitianos. A professora ressalta que é uma experiência gratificante trabalhar com estudantes da modalidade. 'Cada aluno é único e procuro atender as suas particularidades de cada um, pois temos adolescentes com 15 anos e adultos com até 62 anos', afirma.

'São alunos com histórias de vida muito significativas e que procuram a escola em busca de uma realização pessoal e profissional. Merecem, como todos os nossos alunos, nossa atenção, respeito e incentivo para que concluam seus estudos.'  ADRIANA KROTH, Vice-diretora da Escola Dois Irmãos

 

190 
estudantes estão matriculados no EJA na Escola Dois Irmãos neste ano.

 

'Ninguém sabe do amanhã, mas por enquanto quero ficar em Venâncio'

A ideia da vinda de Jean Raymond Jean Pierre, 27 anos, foi da mãe. Ele chegou ao Brasil em setembro de 2016. 'Minha mãe não tem condições de pagar estudos no Haiti, é muito caro, por isso vim para o Brasil', diz. Ele foi direto para Lajeado, onde tinha um amigo. Devido a dificuldade de colocação no mercado de trabalho, Jean veio até Venâncio Aires, onde começou a trabalhar na CTA na safra de 2017.

Com o fim do período de trabalho, seguiu em busca de novas oportunidades.

Foi na Schmidt & Guterres que começou a atuar como alfaiate, profissão que aprendeu sozinho, ainda no Haiti. O irmão fez curso de costura e incentivou Jean a aprender a prática também. 'Eu pedia para ele fechar alguma roupa para mim e ele dizia que a máquina estava ali, era só tentar', comenta. Jean agora dá valor a insistência do irmão.

Desde que chegou, ele guarda dinheiro para poder trazer um outro irmão para Venâncio Aires. 'Se tudo der certo ele vem em junho', conta, empolgado. O estudo, segundo ele, ficou de lado por precisar trabalhar para custear as despesas diárias para se manter no município. Agora, na EJA, encontrou uma forma de começar a traçar os objetivos previstos por ele e pela mãe. 'Era isso que eu procurava faz tempo', afirma.

Jean diz que foi também em Venâncio que adquiriu habilidade para falar português. 'Antes eu só ouvia na televisão e procurava nos livros, aqui tenho amigos brasileiros para praticar', relata.

 

SAUDADE

Jean destaca que é difícil lidar com a saudade, mas que a despedida seria inevitável de qualquer forma. 'Um dia minha mãe me deixaria, ou então eu deixaria ela. De qualquer jeito eu ia ter que fazer minha vida', declara. Sobre Venâncio, diz gostar da cidade e querer ficar aqui. Perguntado sobre o que gosta de comer, o haitiano se mostrou um pouco gaúcho. 'Eu gosto de churrasco!', completa.

'Com a força de vontade tudo é possível.' JEAN RAYMOND JEAN PIERRE, Alfaiate

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Cassiane Rodrigues
Foto: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Produtor Modelo 2018/19 será conhecido neste sábado à tarde

Publicado em 23/03/2019 às 12h02

Objetivo do concurso é valorizar o agricultor familiar e a diversificaçãoIniciado há 25 anos, o Concurso Municipal Produtor Modelo vai escrever mais um capítulo em sua história, na tarde deste sábado, 23. Na oportunidade, será conhecido o casal vencedor da 25ª edição do concurso.

Ao todo, são cinco candidatos em busca do título conquistado na edição 2017/18 por Luís Carlos e Rosmere Scheibler, representantes da Associação Esportiva e Recreativa Bom Humor, de Linha Cecília. A festa de encerramento do concurso se inicia às 13h e ocorre no ginásio Luizão, de Vila Santa Emília, tendo a Associação Esportiva e Cultural São Luiz como anfitriã.

Conforme registros, a primeira festa de encerramento do concurso, há 25 anos, foi sediada pela Associação Riograndense de Linha Arroio Grande. Atualmente, ela não integra mais o rodízio de entidades participantes.

 

HISTÓRICO

O concurso sofreu alterações, com o passar dos anos, como a redução de oito para cinco associações - houve um ciclo que participaram sete -, visitas de cortesia que passaram de duas para uma e de avaliação, que diminuíram de três para duas. Ainda houve aumento de cinco para sete entidades organizadoras.

Inicialmente, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), o Banco do Brasil, o escritório municipal da Emater/RS-Ascar, a Administração Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, e Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) organizavam o concurso. Ao longo dos anos, ingressaram o Sindicato Rural e a Sicredi Unidade STR.

O atual concurso substitui a Festa Municipal do Produtor Modelo que, por sua vez, passou a ocorrer no lugar das antigas festas da Soja, do Milho e do Feijão, que eram realizadas até 1986.

O modelo atual do Produtor Modelo foi definido durante uma reunião realizada em 7 de julho de 1994, nas dependências da Afubra, pela comissão organizadora e as oito associações integrantes do rodízio. Naquela oportunidade, confirmaram a participação as cinco associações que integram atualmente o concurso, mais a Associação Cantores Esportiva de Linha Arroio Grande, Associação Riograndense de Linha Arroio Grande e Associação Esportiva Gaúcha de Linha Sapé.

Entre os critérios de avaliação do concurso estão informações sobre habitação, benfeitorias, máquinas e implementos agrícolas, dados acerca das condições técnicas e a condição social.

 

PROGRAMAÇÃO

13h - Recepção às autoridades e associações integrantes do concurso
13h30min - Abertura oficial com pronunciamentos
14h - Divulgação do resultado do casal vencedor e entrega da premiação
14h15min - Reunião dançante animada pela Banda Novo Encontro

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e foto: Edemar Etges

Compartilhar

Município em busca de parceria para ampliar a proteção de nascentes do Arroio Castelhano

Publicado em 23/03/2019 às 12h00

Com o intuito de preservar mais nascentes do Arroio Castelhano, responsável por abastecer 90% da população de Venâncio Aires, o Programa Protegendo Nascentes, implementado em 2018, está em busca de mais recursos. No momento, o programa conta recursos oriundos do Fundo de Gestão Compartilhada da Corsan.

O secretário da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Clóvis Schwertner, explica que o programa está em um ciclo evolutivo positivo. “O primeiro passo, foi contatar os produtores rurais interessados em participar do programa, e agora, estamos em busca de parcerias com a Agência Nacional de Águas (ANA) e com empresas privadas para desenvolver as ações”, finaliza.

Ele destaca, que o objetivo é destinar recursos também para os produtores que reservam uma parte de sua propriedade, e não apenas para a montagem das estruturas de proteção e tratamento da água. “É uma forma de auxiliar aqueles que nos permitem trazer uma água de qualidade para o Castelhano”, frisa.

Atualmente, as ações realizadas pela Semma, Emater/RS-Ascar, Instituto de Sustentabilidade e Resiliência e a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) estão sendo desenvolvidas em cinco, das 96 nascentes contabilizadas do Arroio Castelhano.

 

COMO FUNCIONA? 

Para evitar a contaminação da água, as fontes são protegidas com estruturas de concreto, onde recebem tratamento. Após o processo, uma parte da água é disponibilizada para os moradores do local, já o restante, retorna para a natureza.

 

NORMAS

Os participantes do projeto devem respeitar uma série de regras, como preservar a mata ciliar e o ambiente em um raio de 15 a 30 metros do local onde a nascente está localizada.

 

ÁRVORE

Mais de três mil árvores já foram plantadas com o objetivo de preservar as nascentes do Arroio Castelhano, que inicia em Linha Alto Paredão e termina em Linha Chafariz, no Mariante.

 

FÓRUM 

Na última quinta-feira, 21, ocorreu a primeira edição do Fórum da Água. O evento, que reuniu centenas de pessoas na Câmara de Vereadores, abriu o debate para a importância da água e também, para as ações de preservação que estão sendo realizadas no município.

Para Schwertner, eventos como este, são importantes para a comunidade venâncio-airense e o meio ambiente. “É uma forma de conscientizar ainda mais as pessoas, principalmente os jovens, que darão continuidade a esse trabalho”, complementa.

 

VERA CRUZ 

Vera Cruz é o município da região que primeiro implantou projeto de lei sobre a proteção das águas. O município garantiu recursos da Agência Nacional de Águas (ANA) em 2011 e para criação do programa “Protetor das Águas”. No ano passado, a Philip Morris Brasil (PMB) se tornou patrocinado da iniciativa, que conseguiu recuperar 90% da biodiversidade do Arroio Andréas.

Schwertner destaca que as ações desenvolvidas em Venâncio Aires, tem como base e exemplo o programa desenvolvido no município vizinho. “Eles possuem um projeto muito bom e que deu certo, por isso, estamos nos baseando neles, não há o que inventar”, frisa.

A proposta objetiva a proteção do arroio, responsável por parte do abastecimento no município. Na cidade, 64 produtores rurais garantiram recursos pela proteção às nascentes.

 

Fonte: Olá Jornal

Compartilhar

Uninter oferece preparação online para pretendentes à adoção

Publicado em 23/03/2019 às 11h58

O polo venâncio-airense do Centro Universitário Uninter, através do curso de Serviço Social, irá sediar o projeto “Encontro de Preparação Online Para Pretendentes à Adoção”. Em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR), os encontros acontecem entre os dias 25 de março e 10 de abril, às segundas e quartas-feiras, das 19h às 21h, transmitido pela internet.

A série de seis encontros é ministrada por psicólogos, magistrados e pais pela via da adoção. Mais de três mil pretendentes à adoção já participaram de edições anteriores, promovidas no Estado do Paraná.

“O objetivo principal é informar e orientar os pretendentes à adoção sobre os procedimentos processuais e aspectos psicossociais que envolvem o processo adotivo. Além disso, a iniciativa visa ampliar o perfil dos habilitados no Cadastro Nacional de Adoção (CNA), uma forma de aperfeiçoar e acelerar o procedimento”, explica a gestora local do polo Uninter, Maria Lucia Costa.

Para sediar os encontros, a Uninter disponibiliza uma sala em seu polo na rua Quinze de Novembro e os participantes receberão certificado mediante 100% de presença nos seis encontros. As inscrições podem ser feitas diretamente no local.

A ação conta com o apoio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), da Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção e do Grupo de Apoio à Adoção Consciente (Angaad).

 

Fonte: Olá Jornal
Créditos: AI Uninter/V.Aires

Compartilhar

Prefeitura fará contratação emergencial de mecânico para máquinas e caminhões

Publicado em 23/03/2019 às 11h56

A prefeitura de Venâncio Aires encaminhou ao Legislativo Municipal pedido de autorização para efetuar a contratação temporária de mecânico para máquinas pesadas e caminhões. A carga horária semanal será de 40 horas, com salário de R$ 3.121,51. O prazo de contratação será de um ano, prorrogável por igual período. O processo seletivo será na modalidade simplificado, com avaliação de títulos. O servidor irá atuar no Parque de Máquinas do município.

 

Fonte: Olá Jornal

Compartilhar

Mais de 12% das declarações do Imposto de Renda entregues em Venâncio

Publicado em 23/03/2019 às 11h54

 No país, a expectativa da Receita Federal é receber 30,5 milhões de declaraçõesEm cerca de duas semanas, o número de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física enviadas de Venâncio Aires chega a 1.051. Os números representam, segundo a Delegacia Regional da Receita Federal de Santa Cruz do Sul, o equivalente a pouco mais de 12% do total esperado para este ano.

O prazo para envio da declaração foi aberto no último dia 7 e vai até 30 de abril. Na região de atuação da delegacia, que compreende 64 municípios, a expectativa da Receita Federal é receber 148.137 mil declarações.

O auditor fiscal e o delegado regional adjunto, Marco Antônio Valim, lembra que neste ano, é obrigatório o preenchimento do número do CPF de dependentes e alimentados residentes no país. A Receita vinha incluindo essa informação gradualmente na declaração. No ano passado, era obrigatório informar CPF para dependentes a partir de 8 anos.

 

IMÓVEIS E CARROS

Neste ano, não é obrigatório o preenchimento de informações complementares em Bens e Direitos relacionadas a carros e casas. A previsão inicial da Receita era que essas informações passassem a ser obrigatórias neste ano, mas devido à dificuldade de contribuintes em encontrarem os dados, o preenchimento complementar não precisa ser feito.

 

ATENÇÃO PARA AS DEDUÇÕES

O limite de dedução por contribuição patronal ficou em R$ 1.200,32, devido ao reajuste do salário mínimo. No ano passado, o limite era de R$ 1.171,84. Se não houver nova lei, este é o último ano em que há a possibilidade dessa dedução de contribuições pagas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por patrões de empregados domésticos com carteira assinada. A medida começou a valer em 2006 para incentivar formalização de empregados domésticos. A dedução por dependente é de, no máximo, R$ 2.075,08 e, para instrução, de R$ 3.561,50.

Os contribuintes também podem deduzir valores gastos com saúde, sem limites, como internação, exames, consultas, aparelhos e próteses e planos de saúde. Nesse caso, é preciso ter recibos, notas fiscais e declaração do plano de saúde e informar CPF ou CNPJ de quem recebeu os pagamentos pelos serviços.

As chamadas doações incentivadas têm o limite de 6% do Imposto de Renda devido. As doações podem ser feitas, por exemplo, aos fundos municipais, estaduais, distrital e nacional da criança e do adolescente, que se enquadram no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Segundo a Receita, neste ano o formulário sobre as doações ao ECA ficou mais visível.

 

ERROS E MALHA FINA

A cada ano que passa, a Receita Federal fica mais eficiente, e o contribuinte mais sujeito a cair na malha fina. Quem omite rendimentos na Declaração de Imposto de Renda está sujeito a multa de 75% do valor do imposto a ser cobrado. E se for caracterizada fraude por parte do contribuinte, a multa passa a ser de 150%. Saiba quais são os quatro erros mais comuns registrados na Delegacia Regional da Receita Federal de Santa Cruz do Sul.

Inclusão de despesas não dedutíveis entre as despesas médicas: Declarar valores incompatíveis e incluir despesas médicas com não dependente são alguns dos principais motivos de retenção na malha fina. O contribuinte só deve lançar os gastos com saúde feitos em benefício próprio ou de seus dependentes. E as despesas lançadas devem possuir notas e recibos que contenham carimbo e assinatura do profissional de saúde, seu nome completo e CPF e dados do paciente. Além disso, gastos com remédios só são dedutíveis se incluídos na nota fiscal emitida pelo hospital.

Omissão da renda do dependente: Ao declarar um dependente, o contribuinte deve incluir todos os seus rendimentos, bens, direitos e obrigações. Se um pai declara um filho que começou a estagiar como dependente, por exemplo, o dinheiro recebido no trabalho do filho deverá constar na sua declaração. Se o rendimento do dependente for alto, sua inclusão na declaração pode levar o titular a se enquadrar em uma faixa de IR mais pesada. Por isso, é sempre recomendável simular a declaração com e sem a inclusão do dependente.

Omissão do recebimento de aluguéis: Aluguéis são considerados rendimentos tributáveis para fins de Imposto de Renda, por isso devem ser declarados obrigatoriamente. Quando o aluguel é recebido de pessoa jurídica, o rendimento é tributado na fonte. Mas, quando o inquilino é uma pessoa física, o recolhimento acontece mensalmente. Neste caso, o pagamento do imposto é de inteira responsabilidade de quem recebe o dinheiro.

Inclusão de despesas não dedutíveis entre as despesas com educação: Entre os gastos com educação, podem ser deduzidos apenas as despesas do contribuinte e de seus dependentes com mensalidades escolares da educação infantil, ensino fundamental, médio, superior e dos cursos de graduação e de pós-graduação (mestrado, doutorado e especialização). Cursos de línguas, cursos preparatórios, inscrições de exames e gastos com material escolar não são dedutíveis.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Cristiano Wildner 
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Compartilhar

Moradores de Vila Estância Nova voltam a se queixar do mau cheiro gerado pelo esgoto da Penitenciária

Publicado em 23/03/2019 às 11h51

Moradores de Vila Estância Nova voltam a se queixar do mau cheiro exalado pelo esgoto oriundo da Penitenciária Estadual de Venâncio Aires. Na manhã desta sexta-feira, 22, o morador Eluí Cardoso procurou o programa "Portas Abertas" do governo municipal e encaminhou a reclamação com Dário dos Santos Martins, coordenador da Defesa Civil.

Falando à reportagem Rádio Venâncio Aires, Cardoso citou que, além do mau cheiro, a água parada prolifera a incidência de mosquitos. Dário Martins, que está acompanhando a situação, diz que ocorreu a obstrução de canos e que a Administração Municipal fará os encaminhamentos junto à Empresa Gaúcha de Rodovias, que detêm os domínios da área.

Segundo Martins, as dificuldades burocráticas impedem a solução rápida do problema. Consequências do esgoto da Penitenciária são antigas e já motivaram mobilizações reiteradas dos moradores. As últimas reformas haviam atenuado a situação. Porém, mediante os danos na canalização, o problema voltou a se agravar.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: João Paulo Hec

Compartilhar

Câmara realiza primeira sessão solene nesta segunda-feira

Publicado em 22/03/2019 às 16h56

Na segunda-feira, dia 25, a Câmara de Vereadores de Venâncio Aires realiza a primeira sessão solene de 2019. Sete pessoas serão homenageadas em diferentes categorias.

Pela passagem do Dia da Mulher, três mulheres serão agraciadas com o prêmio Mulher Empreendedora, condecoração instituída em 2008 pelo então vereador Nestor de Azeredo. São elas: Adriana Teresinha Gollmann – indicada pela bancada do MDB, ela é proprietária da empresa de confecção Global Fit no bairro Santa Tecla; Aline Gauer Novaczinski – indicada pelo vereador do PSC, Ciro Fernandes, é contadora e administra o escritório Gauer; Márcia Maria Streich – indicada pelos vereadores do PDT, é professora de inglês e proprietária da Fisk Centro de Ensino Venâncio Aires.

Além delas, também será agraciada com o prêmio Profissional da Saúde, a técnica de enfermagem aposentada Maria Beatris Traesel, indicação feita pelos vereadores do PTB. Outra categoria que será homenageada na noite, é a da comunicação. O prêmio Comunicações Petinelli será entregue pela primeira vez. Instituído no ano passado a partir de projeto de lei do vereador Nelsoir Battisti (PSD), a condecoração visa reconhecer profissionais que se destacam nos veículos de comunicação de Venâncio Aires. Desta forma, os dois primeiros homenageados serão o diretor-proprietário do Grupo RVA, que envolve as Rádios Venâncio Aires AM e a Venus FM, Gilmar João Uhry, indicado pelos vereadores do PSD; e a jornalista e repórter da RVA, Veridiana Röhsler, indicada pela bancada do PSB.

Já o vereador do PP, o presidente da Casa, Eduardo Kappel homenageará um Voluntário Destaque.

A solenidade, no Plenário Vicente Schuck inicia às 20h, após a reunião ordinária que começa às 19h.

Novo troféu

Os homenageados da noite serão os primeiros a receberem o novo troféu Câmara Destaque. Reformulado, o troféu, criado pelo desenhista Cassiano da Rosa, agora tem as cores do RS além da figura de uma pessoa estilizada, em acrílico, que representa o destaque. A remodelação do item se faz necessária, segundo o presidente da Casa, vereador Eduardo Kappel, para baixar custos, já que o troféu entregue nos últimos anos tinha um custo de aproximadamente R$ 200,00 cada um. O novo modelo, que será produzido pela empresa Mil Letras de Santa Cruz, terá um custo de R$ 72,40. “Como são distribuídas quase 30 honrarias por ano, economizaremos quase R$ 4 mil com este novo modelo”, salienta Kappel. 

 

Fonte: AI Câmara de Vereadore
Créditos e foto: Vanessa Behling

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||