Notícias - Geral

Há três anos consecutivos, a praça de pedágio de Venâncio Aires é campeã em arrecadações

Publicado em 11/03/2019 às 10h53

Entre as 14 praças de pedágio administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), a unidade de Venâncio Aires, localizada na RSC-287, é a campeã em arrecadação de recursos há três anos. Neste período, R$ 91.610.118,14 ingressaram no local.

Em 2016, foram R$ 26.660.358,05 cerca de R$ 2,4 milhões a mais do que Portão, segundo município que mais arrecadou naquele ano. As despesas da unidade alcançaram R$ 26.608.988,88.

Já no ano seguinte, o valor arrecadado durante os doze meses foi de R$ 28.025.792,47, tendo um aumento de 5,12% em comparação com 2016.Para cobrir as despesas foram desembolsados R$ 26.933.287,01.

O ano de 2018, teve um aumento de 45,24% em relação a arrecadação de recursos de 2017. Ao total, a praça de pedágio do município recebeu R$ 40.705.740,35, mas em comparação, teve R$ 40.849.129,80 em despesas, registrando um déficit de R$143.389,45.

As informações foram apresentadas pela estatal através de um relatório financeiro disponível no site www.egr.rs.gov.br, onde pode ser consultado o levantamento das arrecadações e despesas mensalmente e anualmente desde o ano de 2013.

 

JANEIRO

Em janeiro deste ano, o pedágio arrecadou R$ 3.246.129,64. O valor coloca o município em segundo lugar entre as maiores arrecadações do mês, ficando atrás apenas de Viamão, que obteve R$ 3.841.288,63, já as despesas foram de R$ 1.759.180,30.

 

Fonte: Olá Jornal 

Compartilhar

Dada a largada para a edição 2019 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural

Publicado em 11/03/2019 às 10h51

Nesta semana iniciaram as atividades do curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural” do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal. São sete novas turmas, das quais estão participando cerca de 140 filhos de produtores e trabalhadores rurais. Os jovens são contratados conforme a Lei da Aprendizagem para participarem da formação, que é oferecida em locais próximos das localidades onde vivem com suas famílias.

O dia 6 de março foi de início das atividades em Boqueirão do Leão, com turma na Escola Municipal Marino da Silva Gravina, em Alto Boqueirão; Herveiras, na Escola Municipal General Osório, localidade de Herval São João; Passo do Sobrado, na Secretaria Municipal de Educação; Sinimbu, na Escola Municipal Nossa Senhora da Glória; Vale do Sol, na Escola Municipal Felipe dos Santos, em Rio Pardense; e em Vera Cruz, na Escola Estadual Walter Dreyer, em Vila Ferraz. E no dia 7, foram recebidos os jovens aprendizes de Cerro Branco, com atividades na Escola Municipal Augusto Schütz, na localidade de Arroio Bonito.

Esta é a terceira edição do curso, que já é exemplo pelo pioneirismo de aplicar a Lei da Aprendizagem em favor dos jovens rurais. Conforme o diretor presidente do Instituto Crescer Legal, Iro Schünke, os adolescentes são contratados como aprendizes pelas empresas de tabaco associadas ao Instituto. “Assim, recebem vantagens como salário proporcional a 20 horas semanais, além de acesso via transporte escolar dos municípios parceiros, alimentação na escola, material didático, uniforme e certificação como gestores rurais”, explica. No entanto, nenhum trabalho é realizado na empresa, pois todas as atividades teóricas e práticas são conduzidas pelo Instituto, seja presencialmente no espaço de formação, ou em atividades de pesquisa, vivências técnicas e comunitárias. “Investimos nos adolescentes rurais para que tenham oportunidade de construir seu futuro e fiquem longe das práticas de trabalho infantil”, completa o executivo.

E a coordenadora do Instituto, Nádia Fengler Solf, acrescenta que o Programa de Aprendizagem é implementado de forma articulada com a família, a escola e a comunidade do aprendiz, de forma que os jovens reconheçam sua identidade e se sintam integrados às suas comunidades e ao mundo. “Contamos com parceiros locais e regionais que possuem papel fundamental na oferta de espaço físico, alimentação e logística de transporte, firmando termos de parceria e colaboração com os municípios”, diz, referindo-se às prefeituras, através das Secretarias Municipais de Educação, e ao Estado, pela 6ª Coordenadoria Regional de Educação. Esta é a terceira edição do curso do Programa de Aprendizagem. As cinco primeiras turmas iniciaram as atividades em 2016 concluíram o curso em 2017 (84 formandos). E em 2018, 120 adolescentes de sete turmas receberam seus certificados.

FORMAÇÃO CONTINUADA – Com projeto pedagógico criado especialmente para o Programa de Aprendizagem Profissional Rural, há capacitação permanente dos educadores. Em janeiro e fevereiro, houve treinamentos com consultores externos e encontros de planejamento, com atualização direcionada aos temas dos cinco eixos curriculares: estudo e análise das propriedades rurais; diagnóstico do município e da região com estudo dos arranjos produtivos locais; mapeamento de parcerias e alianças estratégicas; desenvolvimento de trabalhos em grupo envolvendo as famílias e a comunidade; e criação e estudo de viabilidade de um produto.

 

Fonte: Olá Jornal 
Créditos:  AI Instituto Crescer Legal 

Compartilhar

Primeiras áreas colhidas de soja indicam boa perspectiva de produtividade no estado

Publicado em 11/03/2019 às 08h15

Há baixa incidência de doenças e pragas em lavouras adequadamente monitoradas e tratadasA soja, nas regiões Celeiro, Noroeste Colonial e Alto Jaculí, evolui rapidamente para o estádio de maturação, com folhas de coloração amarela. As primeiras lavouras colhidas apresentam boa produtividade para o Rio Grande do Su, de acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado pela Emater-RS/Ascar.

O levantamento aponta que 8% da área de soja estão colhidas, 17% estão maduras e por colher, 67% em fase de granação ou enchimento de grãos e 8% de área estão em floração.

Nas regiões do Médio Alto Uruguai e do Rio da Várzea, as primeiras lavouras em fase de maturação apresentam ótima sanidade e boa perspectiva de produtividade, contrariando a expectativa de uma safra com forte pressão do fungo da ferrugem asiática. Na semana passada foram realizadas aplicações finais de fungicidas para controle da ferrugem e de inseticidas para controle de lagartas, percevejos e ácaros.

Na região da Produção, a cultura está em fase inicial de colheita, com rendimento médio de 62 sacas por hectare. Comparada ao período de implantação, quando houve necessidade de replantio, a expectativa é positiva. Há baixa incidência de doenças e pragas em lavouras adequadamente monitoradas e tratadas.

No Sul, predomina a granação, com 85% das lavouras nesse estágio. Nos últimos dias antes da conclusão do levantamento, ocorreram secamento do solo, altas temperaturas e radiação solar intensa, prejudicando as lavouras de soja.

As condições gerais na Serra e nos Campos de Cima da Serra estão muito boas. A fase predominante é a de enchimento de grãos. A colheita começa nas áreas cultivadas mais no cedo, com variedades de ciclo precoce.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos:  Assessoria de Imprensa RS 

Compartilhar

Fenachim terá mais de 20 modalidades esportivas

Publicado em 11/03/2019 às 08h14

Fenachim será realizada no Parque Municipal do Chimarrão, de 1º a 5 e de 9 a 12 de maioFaltando pouco mais de 50 dias para o início da 15ª Festa Nacional do Chimarrão, a comissão organizadora foca os trabalhos nos atrativos para o público. Quem for ao Parque Municipal do Chimarrão, de 1º a 5 e de 9 a 12 de maio, poderá presenciar várias atrações, em especial as esportivas. Mais de 20 modalidades estarão em disputa no maior evento de Venâncio Aires. A promessa é de que apenas essas atividades atraiam mais de 1,2 mil esportistas.

Um dos destaques, conforme informa o coordenador de Esportes da Fenachim, Sílvio Nervo, será a realização, no segundo fim de semana do evento, da etapa do Campeonato Brasileiro de Corrida de Aventura. Participarão do evento atletas de todo o país e serão percorridos trajetos da cidade e do interior a partir de diferentes percursos. Além disso, todos os trajetos poderão ser acompanhados a partir de telão que ficará instalado dentro do parque.

Outra atração em destaque será a disputa de pênaltis nas categorias veteranos, feminino e força livre. 'Esperamos com isso atrair atletas das diferentes regiões do município e mesmo da região', informou Nervo. O regulamento e a forma de premiação, no entanto, ainda estão em fase de elaboração. Dos torneios inéditos são citados os de futevolei e jogo de futebol feminino envolvendo a equipe Sub-18 do Internacional, de Porto Alegre, conta um combinado de Venâncio Aires.

 

Esportes da Mente

Dentro dos chamados 'esportes da mete' destaque para dois torneios que poker que ocorrerão durante a Fenachim. Para os dois eventos já estão garantidos mais de R$ 45 mil em premiação. Para os dois torneios são aguardados pelo menos 60 competidores. Mas também fazem parte desse grupo de atividades a promoção de jogos como xadrez, canastra, truco, bilhar, cartola, PES/Fifa e games retrô (Street fighter/Mario Bros).

As formas de inscrição e valores de inscrição serão divulgados próximo ao início da Fenachim a partir da programação oficial.

 

Apresentação da programação

A intenção é apresentar a programação da 15ª Fenachim no dia 31 de março, no Parque do Chimarrão. Será realizada uma mateada com atrações musicais e culturais. A programação será desenvolvida na parte baixa do Parque e iniciará às 15h. A apresentação da banda Celebration Band e a divulgação dos trajes sociais das soberanas estão confirmadas.

 

Modalidades

Xadrez
Canastra 
Truco
Bilhar
Cartola
Poker
Poker High Roller 
PES/Fifa 
Game retrô 
Torneio de pênaltis 
Skate
Futebol feminino
Vôlei de areia 
Futebol Americano 
Jiu-jitsu/Muay Thay
Futevolei 
Basquete street
Corrida de aventura 
Torneio de Escolinhas 
Gaúcho de motocross
Aeromodelismo 
Balonismo

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos:  Cristiano Wildner 

Compartilhar

Tour pelo Brasil na carona de Yolanda

Publicado em 11/03/2019 às 08h12

Emerson e Jennifer devem sair em viagem no dia 20 de marçoEles poderiam embarcar em um avião, ir de cidade em cidade e conhecer os pontos turísticos das mais variadas regiões do Brasil. Seria mais rápido e cômodo. Mas a aventura do publicitário e produtor cultural Emerson Tuta Santos, 34 anos, e da balconista Jennifer Veturazi, 21, predomina uma vivência diferente à rapidez de um transporte aéreo.

É ela, Yolanda, uma Volkswagen Kombi 2007, quem vai levar o casal para conhecer mais das belezas escondidas pelo país. A data prevista para a partida é 20 de março.

A ideia da viagem de Kombi surgiu de Emerson, quando pegou carona em uma com um italiano em uma viagem pelo Uruguai. 'Eu já tinha experiências em viagens estilo "mochilão" acampando e viajando de bicicleta. A Kombi é muito dinâmica, com ótimo espaço interno, bom tamanho para deslocar em meio ao trânsito de cidades e de fácil manutenção', relata.

A intenção de Emerson e Jennifer é seguir pelo Centro do país até o Maranhão e retornar pelo litoral. O casal quer aproveitar para fazer passeios de bug, barco, mergulho, entre outras opções disponíveis em cada local. 'Nosso orçamento não permite em cada lugar dispor de tudo isso, então é importante saber onde é o ponto diferenciado de investir em cada opção. Da mesma forma a questão da culinária, estamos pesquisando sobre pratos típicos para saber encontrar estes sabores diferenciados com um bom custo-benefício', destaca Tuta.

Yolanda pertence ao casal há quase dois anos. Desde então, vem passando por reformas para adequações internas necessárias para uma viagem mais longa.

 

MAIS LONGE

A viagem no Brasil é para adquirir experiência e futuramente seguir para América do Sul, indo até Ushuaia, seguindo pela Cordilheira dos Andes e costa do Pacífico (Chile, Peru, Colômbia, Bolívia). A intenção do casal é viajar durante um ano neste primeiro momento. 'Nossa principal intenção é o turismo ecológico e o litoral. Vamos buscar conhecer regiões com belezas naturais. Passaremos em algumas cidades grandes, pois é interessante também a parte histórica e efervescência cultural'.

 

Para nós, viajar é conhecer as pessoas do mundo e se dar conta que o mundo é bonito pelas pessoas que habitam ele. Felicidade é dividir momentos. A vida é a arte do encontro.'
EMERSON TUTA SANTOS - Publicitário e produtor cultural

 

Emerson e Jennifer vão levar as bicicletas durante a viagem. Eles acreditam que passeios de bike vão agregar muito ao passeio. Além de conhecer paisagens incríveis, a intenção do casal é trocar experiências com as pessoas de cada local.

 

Por que Yolanda?

Emerson: 'Me agradava a ideia de dar um nome à Kombi, assim como muitos "kombeiros" fazem. Quando comprei ela, coincidentemente escutei a música Yolanda, na versão do Chico Buarque, composta pelo cubano Pablo Milanés. Me agradou o nome e a relação com a cultura latina. E agreguei a representatividade da mudança cantada na letra. No caso da música era o nascimento de uma filha, já no nosso de um projeto na Kombi.

 

Preparativos para a viagem

1 MECÂNICA - O casal fez todas as revisões no veículo e trocas preventivas. A intenção é fazer tudo que for necessário aqui com um mecânico de confiança.

2 KOMBI HOME - A principal finalidade é dormir na Kombi e ter suporte para cozinhar. Foi instalado um banco-cama, móveis, e um reservatório de água.

3 SEGURANÇA - Emerson e Jennifer já fizeram três viagens de aproximadamente 20 dias, só dormindo na Kombi. A intenção é passar a noite em postos de combustíveis e campings.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Cassiane Rodrigues 
Foto: Alvaro Pegoraro 

Compartilhar

Orquestra de Venâncio Aires fará tributo ao Queen

Publicado em 11/03/2019 às 08h11

Clássicos eternizados na voz de Freddie Mercury vão integrar o espetácDepois de homenagear o "rei do rock" Elvis Presley, no ano passado, em dois espetáculos, a Orquestra de Venâncio Aires sobe ao palco, nos próximos meses, em um tributo a outro clássico do rock mundial: Queen. A banda liderada por Freddie Mercury é a inspiração para show, marcado para ocorrer em 2 de junho, um domingo, na Sociedade Olímpica de Venâncio Aires (Sova). O anúncio do tributo foi realizado neste sábado, 9. 

De acordo com o maestro Daniel Böhm, o repertório e o roteiro estão sendo muito bem estudados, no intuito de oferecer um show à altura do Queen, tanto aos fãs da banda quanto ao público que queira apenas prestigiar mais um tributo realizado pela Orquestra de Venâncio Aires.

"Foi preciso readequar a formação da orquestra, na busca pelo melhor resultado, ampliando especialmente os vocais. Os arranjos continuam exclusivos", adianta o regente.

Ele ressalta, ainda, que o grupo está bastante focado e a experiência já vem sendo muito gratificante. A venda dos ingressos ainda não começou, mas o público pode acompanhar novidades pelas redes sociais da Orquestra, no Facebook e no Instagram.

 
 
Fonte: Folha do Mate
Créditos:  Juliana Bencke 
Compartilhar

Parcela do IPTU pode ser quitada na segunda-feira

Publicado em 11/03/2019 às 08h09

Quem não recebeu o carnê de pagamento parcelado em casa, pelos Correios, pode retirá-lo na PrefeituraNo total, 55% dos contribuintes terão, até outubro, oito parcelas do imposto. Cerca de 14 mil boletos foram gerados e, nas últimas semanas, a maioria foi entregue pelos Correios. Quem não recebeu, pode retirar o carnê diretamente na Prefeitura.

A primeira parcela vence neste domingo, dia 10. Mas, como se trata de um domingo, o pagamento poderá ser feito na segunda-feira, 11, sem problemas. Segundo a chefe do Departamento de Receitas da Secretaria Municipal da Fazenda, Cleni Schabbach, esta sexta-feira, 8, registrou grande movimento nos guichês da Prefeitura. 'Muita gente veio diretamente nos últimos dias e, como a primeira parcela poderá ser paga na segunda, ainda no dia 11 o pessoal pode retirar.' O horário de atendimento é das 8h às 12h e das 13h30min às 16h30min.

 

INTERNET

Quem não recebeu pelos Correios ou mesmo não quer ir até a Prefeitura, poderá ter o boleto em mãos de outra forma. Direto do site da Prefeitura, é possível gerar as guias do IPTU e imprimi-las. Para isso, basta clicar em um banner na página principal da Administração Municipal na internet e informar o CPF ou CNPJ. Neste ponto, é possível selecionar cada vencimento ou gerar todos os boletos uma única vez.

R$ 20 milhões - é o valor da arrecadação total projetada com o IPTU para 2019

 

PARCELAS

O pagamento parcelado do IPTU foi formatado para oito vezes, entre os meses de março e outubro, sempre com vencimento no dia 10. Aos contribuintes sem débitos com o Município, será dado desconto de 8%, referente ao 'Bom pagador.'

As mensalidades podem ser quitadas em lotéricas ou qualquer posto bancário credenciado. Se todos os pagamentos ocorrerem dentro da normalidade, ou seja, não considerando a inadimplência, a expectativa é pela entrada de mais de R$ 10 milhões nos cofres da Prefeitura até outubro.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Débora Kist 
Foto: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Reajustes do vale-alimentação e salário do motorista autorizado

Publicado em 11/03/2019 às 08h07

Seis vereadores votaram contra o aumento de salário para o motorista do LegislativoA Câmara Municipal de Vereadores de Venâncio Aires aprovou, durante sessão realizada na noite de quinta-feira, 7 - para recuperar o encontro não cumprido na segunda-feira, 4, feriadão de Carnaval -, duas propostas da Mesa Diretora do Legislativo que criam despesas extras para este ano. Uma delas foi o Projeto de Lei número 007/2019, que aumenta o valor do vale-alimentação dos servidores em 21,43%.

Atualmente, 38 funcionários recebem R$ 140 (50%) e 11 ganham R$ 280, já descontados os 5% de participação de beneficiários. Com a aprovação do PL 007/2019, o valor cheio do vale-alimentação passa para R$ 340, que será pago a 11 funcionários. Outros 38 servidores receberão R$ 170 (50%). O impacto mensal é de R$ 1,8 mil - R$ 18 mil até o fim de 2019. Todos os parlamentares votaram a favor do reajuste.

A outra proposta, o Projeto de Lei número 008/2019, trata do aumento para o motorista da Câmara. Com a aprovação, o salário do servidor, que atualmente é de R$ 2.358,68, passa para R$ 3.045,47. A majoração é de R$ 686,79 e, somada aos R$ 99,17 referentes a encargos (14,44% de FAP), gera um impacto mensal de R$ 785,96 - R$ 7.859,60 até o fim do ano. Neste caso, não houve aprovação unânime.

NOVE A SEIS - Eduardo Kappel (Progressistas); Helena da Rosa e André Puthin, ambos do MDB; Clécio Espíndola, o Galo, Gilberto dos Santos e Ezequiel Sthal, todos do PTB; Ciro Fernandes (PSC); Adelânio Ruppenthal (PSB); e Zé da Rosa (PSD) garantiram votos suficientes para que o projeto passasse. Ana Cláudia do Amaral Teixeira, Sid Ferreira e Tiago Quintana, todos do PDT; Izaura Landim (MDB); Nelsoir Battisti (PSD); e Sandra Wagner (PSB) foram contrários à concessão do aumento.

JUSTIFICATIVAS - O reajuste do salário do motorista do Legislativo já havia sido pauta no ano passado, mas a matéria não chegou a ir a votação. O presidente da Câmara, Eduardo Kappel (Progressistas), justifica que o servidor 'é responsável pelo transporte de sete vidas e tem exigência de Ensino Médio completo, enquanto que os motoristas da Prefeitura, que precisam ter apenas o Ensino Fundamental completo, ganham mais do que ele'. Entre as justificativas está ainda a necessidade de 'discrição' do motorista, que ouve assuntos relacionados a vários partidos e políticos e se mantém 'silente'.

 

'Meu voto é contrário ao aumento do salário do motorista, pois assim estaremos abrindo precedente para futuras reivindicações semelhantes.'
SANDRA WAGNER - Vereadora do PSB

'Com a aprovação destes projetos, estamos sendo justos com os servidores. O vale é o menor da região e o motorista estava sendo prejudicado.'
EDUARDO KAPPEL - Presidente da Câmara

 

ORDEM DO DIA

1 Projeto de Lei número 030/2019, de autoria do Executivo, autoriza a contratação emergencial de dois assistentes sociais e um psicólogo, pelo prazo de seis meses (prorrogável por igual período). A carga é de 20 horas semanais e o salário é de R$ 3.949,03. Aprovado por unanimidade.

2 Projeto de Lei número 031/2019, de autoria do Executivo, autoriza abertura de crédito especial por anulação de dotação orçamentária. É um ajuste de rubrica relacionado ao Promagro. Aprovado por unanimidade.

3 Projeto de Lei número 006/2010, de autoria do Legislativo, altera e reformula lei que trata da criação da Semana de Orientação e Prevenção da Gravidez na Adolescência. A proposta é da vereadora Ana Cláudia do Amaral Teixeira (PDT) e foi aprovada por unanimidade.

4 Projeto de Lei número 009/2019, de autoria do Legislativo, define as atividades insalubres e perigosas para efeitos de percepção do adicional correspondente. A proposta é da Mesa Diretora e não foi votada em razão de pedido de vistas do vereador Tiago Quintana (PDT).

5 Projeto de Lei número 010/2019, de autoria do Legislativo, cria gratificação pelo exercício da atividade de pregoeiro, equipe de apoio e membro da Comissão Permanente de Licitações do Poder Legislativo. A proposta é da Mesa Diretora e não foi votada em razão de pedido de vistas do vereador Tiago Quintana (PDT).

6 Projeto de Resolução número 004/2019, de autoria do Legislativo, institui para o ano de 2019, na Câmara Municipal da Vereadores de Venâncio Aires, a comissão especial denominada Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos do Consumidor. A proposta é do vereador André Puthin (MDB) e foi aprovada por unanimidade.

7 Moção de Aplauso, de autoria dos vereadores Clécio Espíndola, o Galo (PTB), e Tiago Quintana (PDT), ao deputado federal Marlon Santos (PDT), que revogou o decreto que revogou decreto de restrições de funcionamento de açougues e fiambrerias quando assumiu o Governo do Estado interinamente. Aprovada por unanimidade.

8 Moção de Repúdio, de autoria do vereador André Puthin (MDB), ao presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contram) e ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, pela implantação das placas 'Padrão Mercosul' nos veículos de todo o país. Aprovada por unanimidade.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Carlos Dickow 

Compartilhar

Aos 73 anos, Noely comemora formatura em Direito pela Unisc

Publicado em 11/03/2019 às 08h05

Noely conclui o quarto curso de graduação neste sábadoNa noite deste sábado, 9, 45 formandos recebem a colação de grau dos cursos de Administração e Direito da Unisc Venâncio Aires. Entre eles, Noely Sausen Stein que, segundo ela, 'é mais velha até que os professores'.

Aos 73 anos, após atuar por 46 anos como professora, Noely se forma em Direito. No início da carreira atuou na alfabetização e turmas multisseriadas na rede municipal de Venâncio Aires. Depois, cursou graduação de Geografia, História e Organização Política, todas pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

Noely se aposentou, ficou dois anos fora e retornou para a sala de aula. Passou por escolas de Mato Leitão, Soledade, Lajeado e concluiu a carreira como professora na Escola Odila da Rosa Scherer, do bairro União, no ano de 2012. 'Eu gostava muito de alfabetizar. Se voltasse para a sala de aula seria para isso', relata.

 

ESCOLHA

Sobre a escolha do curso, a formanda diz que não escolheu por dinheiro. Ela conta que presenciou a dificuldade que as pessoas têm, principalmente no interior, de encontrar um bom advogado e entender sobre os assuntos para poder reivindicar por seus direitos, muitas vezes. Noely conta que não está nos seus planos atuar como advogada, mas o objetivo é poder ajudar as pessoas de alguma forma. 'Eu sempre falei para os meus colegas que eu não ia concorrer com eles.', brinca.

Sobre o contato com a turma, ela diz que foi muito produtivo. 'Eu disse para eles que precisava da ajuda com a tecnologia e nos demos muito bem', afirma.
Noely é a oradora da turma e a expectativa é grande para a conclusão de mais uma fase. 'O discurso já está pronto faz muitos dias, quase decorei', diz. A intenção, agora, é cursar inglês. 'Eu viajo pro bastante para o exterior então agora quero fazer um curso intensivo para me alfabetizar no inglês', enfatiza.

 

ROTINA

Moradora de Vila Palanque, Noely é mãe de Camile, 34 anos, e Michele, 35 anos. Casada com Rubem Antônio Stein, 77 anos, ela garante: 'sou muito bem casada'. A formanda se considera uma pessoa muito ativa e diz que não dá para parar, o conhecimento está aí e as oportunidades de aprender devem ser apreciadas. Ela diz que faz academia três vezes por semana e caminha diariamente de Palanque até Linha Travessa.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos:  Cassiane Rodrigues
Foto: Vip Class 

Compartilhar

Vigilância e SIM focam no combate à carne clandestina

Publicado em 11/03/2019 às 08h04

 Em um dos estabelecimentos vistoriados, Vigilância Sanitária e SIM encontraram moedor de carne em precárias condições de higieneDepois de anunciar ações de combate às atividades dos vendedores ambulantes - que comercializam produtos como óculos sem aferição, pelo Inmetro, de proteção ultravioleta e alimentos sem procedência e registros -, a Vigilância Sanitária volta suas atenções, também, para atividades de prevenção à venda de carne clandestina, sem informações de origem ou fruto de crimes de abigeato. As investidas são realizadas em parceria com o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e preveem fiscalização nos fins de semana na Capital do Chimarrão.

Conforme o coordenador da Vigilância Sanitária, Everton Notti, operações também serão realizadas em horários fora do expediente normal dos órgãos, que são de conhecimento de quem atua de forma irregular. 'A intenção é regrar o setor e valorizar os comerciantes que atendem às exigências', diz o responsável pela Vigilância. Notti ressalta que os órgãos já estão com as atividades em andamento e salienta que barreiras sanitárias nos acessos à cidade, abordagem de veículos que oferecem gêneros alimentícios e inspeções em açougues já resultaram em apreensões de itens e autuações desde que a carne clandestina entrou 'na mira'.

Entre os alertas emitidos pela Vigilância de Venâncio está a proibição de comercialização de carnes descongeladas e congeladas novamente. 'O estabelecimento deve vender da forma que adquiriu do frigorífico. Carne congelada duas vezes pode gerar sérios problemas alimentares aos consumidores, que aliás não ficam sabendo da repetição do processo', argumenta Notti. Em relação a temperar ou preparar alimentos como salsichões, linguiças, enrolados e empanados, diz que os estabelecimentos precisam estar registrados junto aos órgãos competentes (SIM, Sispoa ou SIF). 'Temos que respeitar quantidades máximas e mínimas de ingredientes, conservantes e aditivos, por exemplo. Além disso, é necessário apresentar análises físico-químicas e microbiológicas para comprovar a segurança ao consumidor', acrescenta Notti.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Carlos Dickow

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||