Alunos de escolas em greve podem pedir transferência

Publicado em 24/10/2017 às 09h54

Estudantes da Adelina Isabela Konzen reivindicam o retorno das atividades letivas, na tarde de ontemA 6ª Coordenadoria Regional de Educação (6ª CRE) iniciou, ontem, a transferência de estudantes de 9º ano do ensino fundamental e de 3º ano do ensino médio de escolas estaduais em greve para instituições que estão com aula normal. A remoção é permitida pelo Estado, conforme solicitação das famílias.

De acordo com o coordenador regional de Educação, Luiz Ricardo Pinho de Moura, o objetivo é garantir o término do ano letivo, em 2017, para alunos que estão concluindo o ensino fundamental ou médio, com o propósito de ingressar em cursos superiores ou técnicos, no próximo ano. Conforme levantamento da 6ª CRE, estão disponíveis 153 vagas em turmas de 9º ano e 28 para estudantes de 3º ano do ensino médio.

Os pedidos devem ser feitos diretamente na sede da coordenadoria. O atendimento ocorre na Rua Ernesto Alves, 887, em Santa Cruz do Sul, ou pelo telefone 3713 9450, com plantão pela manhã, à tarde e à noite. "Os pais poderão escolher a escola para transferir o filho, de acordo com as possibilidades", afirma o coordenador, ao explicar que a remoção leva em conta a capacidade física das escolas, pois a capacidade de alunos por turma é definida por lei.

Morador de Linha Picada Nova, Jean Augusto dos Santos, 15 anos, transferiu-se da escola Adelina Isabela Konzen para a Mariante, com o objetivo de concluir o ensino fundamental até o fim do ano. "É lamentável ter que trocar de escola. Gosto muito de estudar aqui, mas não quero perder a chance de fazer o vestibular e ingressar no IFSul", compartilhou ele, que participou da mobilização da escola Adelina, na tarde de ontem. "Vou ter que estudar em casa para recuperar os conteúdos."

Compensação

O Centro de Professores do Estado do Rio Grande do Sul (Cpers/Sindicato) é contrário à medida. Ontem, sindicalistas bloquearam todas as CREs, impedindo que os servidores trabalhassem, como forma de evitar as transferências de alunos. A presidente Helenir Aguiar Schürer critica o fato de que, ao mudarem de escola, os estudantes não terão a compensação dos dias de greve. "É uma lacuna de conhecimento que se cria, que vai interferir na aprendizagem. Todos os alunos têm direito a 200 dias letivos."

Segundo o coordenador regional de Educação, as coordenações pedagógicas das instituições que receberão alunos são orientadas a fazer um planejamento pedagógico de recepção aos estudantes, para garantir que consigam acompanhar o conteúdo trabalhado pela turma.

Município

A transferência de alunos para Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emef) também é possível, conforme a disponibilidade de vagas dos colégios. De acordo com a secretária municipal de Educação, Joice Battisti Gassen, os pedidos devem ser feitos nas próprias escolas.

Vestibular do IFSul

Entre as preocupações dos pais está o fato de muitos estudantes que estão concluindo o ensino fundamental quererem estudar no Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), em 2018. De acordo com a coordenadora do processo seletivo, Ana Elisa de Souza, para ingressar nos cursos integrados ao ensino médio, caso seja aprovado no vestibular, o estudante tem que ter concluído o ensino fundamental até a data da matrícula, que ocorrerá em janeiro - o dia ainda não está definido.

"A orientação é de que, na dúvida, os interessados se inscrevam e façam o vestibular, pois a comprovação da escolaridade ocorre no momento da matrícula", explica. O mesmo vale para os cursos subsequentes ao ensino médio. As pré-inscrições ao processo seletivo do IFSul se estendem até 13 de novembro, pelo site do instituto. Entre os dias 14 e 19 de novembro, ocorre a confirmação do cadastro.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Juliana Bencke
Foto: Alvaro Pegoraro 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||