Capital do Chimarrão perdeu 406 empregos em outubro, o pior des

Publicado em 23/11/2018 às 08h04

Venâncio Aires foi o município do Rio Grande do Sul que mais perdeu empregos com carteira assinada em outubro. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados ontem, no mês passado a Capital Nacional do Chimarrão fechou 406 postos formais, fruto de 619 contratações e 1.025 desligamentos.

Como sempre acontece, a indústria de transformação puxou o saldo negativo, com menos 459 vagas para os trabalhadores (306 admissões e 765 desligamentos). Comércio e serviços, ambos com saldo positivo de 28 postos, contribuíram para que o desempenho não fosse pior. O movimento positivo dos dois setores já tem a ver com as contratações de fim de ano e contrasta com os reflexos do fim da safra do tabaco.

 

PIOR OUTUBRO - O mês de outubro de 2018 foi o de pior desempenho de Venâncio Aires em toda a série histórica do Caged, iniciada em 2003. Antes, os maiores saldos negativos para o décimo mês do ano foram registrados em 2015 (fechamento de 325 vagas), 2017 (menos 275 empregos) e 2011 (perda de 261 postos de trabalho). Ao longo dos anos, somente em 2010, 2008, 2006 e 2003 foram verificados saldos positivos em outubro na Capital Nacional do Chimarrão: 2, 17, 14 e 49 postos com carteira assinada, nessa ordem.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Carlos Dickow 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||