Causa animal ganha mais força a partir de 2019 em Venâncio

Publicado em 14/11/2018 às 13h22

A proteção animal tem garantido destaque na cidade com novas modalidades de suporte e controle populacional dos animais abandonados. Porém, o próximo ano poderá garantir a conclusão de um ciclo já iniciado que prevê medidas de prevenção, campanhas de proteção, controle de natalidade e espaço adequado para tratar animais doentes, com a criação do Centro de Bem-Estar animal. Para o Governo Municipal o assunto precisa fazer parte das políticas públicas da cidade, e neste fim de ano, aliado a criação do espaço veterinário publico em 2019, deve garantir um novo olhar para a causa dos animais.

Para o prefeito Giovane Wickert (PSB) o conjunto de ações em atualização de leis, programas voltados à saúde e a construção do centro de proteção, colocam o município com um novo momento para a proteção dos animais. “Em 2019 vamos ampliar estas políticas públicas com a efetivação do Centro de Bem-Estar Animal. Este espaço pretende ajudar no tratamento e suporte aos animais abandonados e em situação de rua. Estamos sim com um novo olhar para esta causa, é um passo e queremos seguir avançando.”

Nos próximos dias a Administração Municipal irá abrir processo de chamamento público para que pessoas de baixa renda possam solicitar a castração de cães e gatos fêmeas. No total serão investidos R$ 24 mil e os procedimentos serão realizados pela empresa Assisvet Assistência Veterinária LTDA, de Venâncio Aires.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Clóvis Schwertner (PSB), a atualização do Código de Posturas e Meio Ambiente também garante métodos mais eficazes de proteção aos animais. “A comunidade tem apoiado bastante esta ampliação das multas para quem comete crimes contra os animais. É um ciclo que estamos fechando na cidade, trabalhando a prevenção, a saúde animal e penalizando quem maltrata.”

O chefe da pasta lembra também que os recursos arrecadados com as multas e taxas ambientais acabam retornando para ações de proteção ambiental. “Isso inclui as políticas de bem-estar animal, porque retornam para o Fundo de Meio Ambiente. É um passo bem importante para a nossa cidade,” destaca.

 

CENTRO ANIMAL

Para o próximo ano o Município projeta investir R$ 200 mil – vindos de emenda parlamentar do deputado João Derly (Rede) – na construção de um Centro de Bem-Estar Animal. O local que receberá o investimento é a antigo Instituto Penal de Mariante, que atualmente está abandonado. O espaço será reformado e deve acolher animais em situação de abandono que necessitem de atendimento médico veterinário.

 

Fonte: Jornal Olá

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||