Comissão Municipal de Mulheres fomenta união das trabalhadoras rurais

Publicado em 31/10/2018 às 15h09

Encontro reativou comissão criada em 2013Reativar os trabalhos da Comissão Municipal de Mulheres Trabalhadoras Rurais, criada no ano de 2013, além de definir algumas ações que serão desenvolvidas em 2019, foi o objetivo principal da reunião realizada na quinta-feira, 25, à tarde, no salão do Sindicato dos Trabalhadores Ruais (STR) de Venâncio Aires. O encontro foi coordenado pela agricultora familiar, Rosenei Derlann Neumann, e contou com a presença da coordenadora regional de mulheres, Vilce Leão.

A secretária do STR de Venâncio Aires, Sandra Wagner, ressaltou o envolvimento das mulheres rurais em diversas atividades desenvolvidas pelo sindicato, Clubes de Mães e e escritório municipal da Emater/RS-Ascar. Sandra também referiu as reuniões realizadas entre os Clubes de Mães, coordenadas pela Emater/RS-Ascar, em parceria com o STR, Gabinete da Primeira-Dama e Sindicato Rural. Destacou, ainda, a participação das mulheres em eventos organizados em parceria, como o tradicional Encontro da Mulher Rural em Venâncio Aires.

Como eventos em nível regional, Sandra elencou a participação expressiva das trabalhadoras rurais do município quando da realização dos eventos em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março, realizado anualmente em um município que integra a Regional Sindical do Vale do Rio Pardo e Baixo Jacuí. Em 2019, o evento do dia 8 de março será realizado no município de Vera Cruz.

Quanto à Comissão Municipal de Mulheres Trabalhadoras Rurais, a dirigente frisou ser de suma importância, pois visa reunir mulheres associadas ao sindicato, para juntas trabalharem na busca ou na manutenção de políticas públicas que vão de encontro às demandas e necessidades das agricultoras, bem como, buscam a formação e a integração das mulheres em Venâncio Aires e na região.

 

LUTAS

Vilce Leão abordou temas relacionados à luta da mulher do campo, especialmente pelo reconhecimento da profissão de agricultora e a aposentadoria rural. Vilce também falou da VI Marcha das Margaridas que será realizada em agosto de 2019, em Brasília, para a qual os eixos de trabalho já estão definidos. Os temas são Previdência e Assistência Social, Agroecologia, Trabalho e renda, e, a Busca de uma vida livre de qualquer forma de violência.

Ficou definido que a coordenação de mulheres da Regional Sindical do Vale do Rio Pardo e Baixo Jacuí promoverá diversos encontros preparatórios para aquelas que participarão da VI Marcha das Margaridas. A primeira atividade está agendada para o dia 8 de janeiro de 2019.

Além disso, a comissão municipal estará se reunindo periodicamente, buscando assim, fomentar a união das trabalhadoras rurais do município e ajudando a construir ações que possam melhorar a vida das mulheres que vivem no campo.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Edemar Etges 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||