Confirmados habilitação e recurso para Caps Infantil de Venâncio Aires

Publicado em 04/07/2018 às 14h29

Serviço funciona na rua Sete de Setembro, esquina com a Avenida Ruperti Filho, das 7h às 17h30minA partir de agosto, Venâncio Aires passará a receber recursos federais para manutenção do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Caps i). O recurso anual de R$ 385.560,00 foi confirmado, ontem, em portaria do Ministério da Saúde que confirma a habilitação do serviço, no município.

Voltado a crianças e adolescentes de até 18 anos, o Caps i promete fortalecer a rede de atenção de saúde mental e atende a uma demanda de anos, em Venâncio Aires. Com atendimento de psiquiatra, psicólogos, assistente social, enfermeiro e cuidadores em saúde, entre outros profissionais, o serviço abrange desde consultas até acompanhamento psicológico, oficinas terapêuticas, grupos e atividades de convivência.

"A partir de agora, conseguiremos atender crianças e adolescentes com transtorno mentais no próprio município. Até então, o serviço de referência era em Rio Pardo e os pacientes precisavam se deslocar até lá", comenta o secretário municipal de Saúde, Ramon Schwengber.

O Caps Infantil vem para reforçar a rede de saúde mental de Venâncio Aires, com atendimento a crianças e adolescentes com transtornos mentais no próprio município", Ramon Schwengber, secretário de Saúde.

Segundo ele, com a habilitação do novo serviço, a Unidade de Acolhimento Infantojuvenil (UAI) - voltada a crianças e adolescentes com problemas decorrentes do uso de álcool e drogas - se transformará em Caps Infantil. "A demanda do Caps é muito maior do que a da UAI, e casos atendidos pela Unidade de Acolhimento também acabam sendo englobados pelo Caps", explica Schwengber.

Pelo menos 250 pacientes já foram atendidos, ao longo dos últimos meses, e a tendência é que, com a habilitação do Caps i pelo Governo Federal, garantia de recursos e a ampliação da equipe, o número aumente. "Vamos terminar de compôr a equipe, com contratação de profissionais de nível médio para atuarem como oficineiros. Com o Caps Infantil, conseguiremos atender, de fato, a demanda de crianças e adolescentes com transtornos mentais e, inclusive, tendência suicida, em Venâncio", observa Schwengber.

 

Sobre o Caps Infantil

Entre os casos atendidos pelo Caps i estão transtornos mentais graves, como psicoses, transtornos de conduta e bipolaridade, além de depressão grave e autismo. O atendimento ocorre em um imóvel alugado pela Prefeitura, na rua Sete de Setembro, esquina com a Avenida Ruperti Filho, das 7h às 17h30min.

O encaminhamento dos pacientes pode ser feito por profissionais que atuam em postos de saúde, assim como pelas equipes de serviços como o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centro Integrado de Educação e Saúde (Cies). Além disso, famílias que necessitam de atendimento podem se informar no próprio local.

 

Espera de anos

Apesar de o Caps Infantil ter sido autorizado, oficialmente, ontem, o serviço é aguardado há anos, em Venâncio Aires. Em dezembro de 2015, a Folha do Mate divulgou que o projeto para instalação, que era estudado há cerca de quatro anos, havia sido enviado para o Ministério da Saúde, em uma iniciativa das secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social.

À época, a expectativa é de que a autorização para o começo das atividades ocorresse no ano seguinte. Em março de 2016, o Município enviou pedido de incentivo, para receber recurso e dar início ao serviço. Sem retorno para a solicitação, em 11 de dezembro do ano passado, a Secretaria Municipal de Saúde realizou novo pedido para habilitação.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Juliana Bencke
Foto: Alvaro Pegoraro

 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||