Construção: sustentabilidade como prioridade nas obras

Publicado em 22/11/2017 às 10h42

Placas fotovoltaicas são alternativa para geração de energia limpaO segmento de construção reúne mais de 550 empresas e empreendedores em Venâncio Aires, os quais encontram na facilidade de crédito e na constante renovação do setor, o impulso para seus negócios. A alta procura por inscrições de Microempreendedores Individuais (MEIs), também traz para a formalidade pedreiros, encanadores, eletricistas, gesseiros, pintores, entre outros profissionais. Entre as construtoras, o destaque tem sido para a edificação de condomínios verticais, assim como a adoção de matérias-primas e processos que priorizem a sustentabilidade. Um exemplo é a House Soluções Imobiliárias, que em oito anos entregou seis prédios residenciais, dois comerciais, e atualmente trabalha na construção de mais dois imóveis, que juntos somam mais de 40 unidades. Nas obras, é empregado o uso de madeiras de reflorestamento, materiais de produção local, além do uso racional de insumos. Com uso de aberturas maiores, reaproveitamento da água da chuva, sensores de presença nas áreas comuns, entre outras medidas, busca-se o conforto térmico e acústico, assim como o aproveitamento da luminosidade natural. Além disso, o design diferenciado das construções contribui para a revitalização da área urbana da cidade.

Placas fotovoltaicas
A consciência sobre sustentabilidade têm estimulado empreendedores a apostar na geração de energia solar. Assim, surgem empresas capacitadas para trabalhar em projetos de instalação de painéis fotovoltaicos em residências e empresas. Uma delas, é a Kraft Projetos, que passou a investir nessa área em 2017, e estuda a possibilidade de trazer uma fábrica de placas fotovoltaicas para o Brasil (hoje, o material utilizado, baseado em silício, é importado da Ásia).

Para inovar na oferta de produtos, a Kraft também busca viabilizar projeto para a instalação de painéis fotovoltaicos em apartamentos, em espaços como sacadas e varandas. Hoje, essa aplicação ainda não é usual, já que o espaço disponível em áreas comuns dos condomínios não costuma ser suficiente para produzir energia para todos os moradores.

Produção automatizada de paletes
Com trabalho voltado para a inovação em processos, produtos e gestão, a Haas Paletes possui maquinário automatizado para o processo de serraria e montagem de paletes. Por meio da parceria com empresas locais, desenvolve maquinários e softwares próprios para a utilização em sua fábrica. Com 33 mil metros quadrados de área, a empresa produz mais de 1,1 milhão de paletes por ano.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Ana Flávia Hantt 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||