Cooperativa Languiru apresenta projeto de expansão da avicultura

Publicado em 09/01/2019 às 14h50

Produtores tomaram conhecimento do projeto de expansão da avicultura desenvolvido pela Cooperativa LanguiruCom a vinda da Cooperativa Languiru para Venâncio Aires, a Administração Municipal solicitou alguns produtos a mais, sendo um deles, a criação de frangos de corte. Com isto, na tarde de ontem, a Secretaria Municipal de Agricultura (SMA) reuniu no auditório da Secretaria Municipal da Fazenda os produtores que se habilitaram. Na oportunidade, técnicos da cooperativa apresentaram o projeto de expansão de avicultura que a Languiru está implantando.

O secretário municipal de Agricultura André Kaufmann, explicou os critérios usados para selecionar os produtores. A seleção foi feita por região, sendo o principal que fossem produtores de tabaco e as propriedades contassem com energia elétrica trifásica. 'Pelo fato de vocês estarem aqui não significa que estão integrados ao projeto. Não. Convidamos vocês apenas para que o conhecessem', salientou, acentuando que esta foi a primeira etapa, que a segunda consiste nas visitas da cooperativa às propriedades e a terceira será a apresentação deles aos agentes financeiros para a captação dos recursos para a construção dos aviários.

A partir da aceitação dos projetos, o município participa como contrapartida, com os serviços de terraplenagem para a localização dos aviários e cada produtor terá direito a 100 horas-máquina de serviços. As demais despesas serão por conta de cada produtor. 'Queremos que entendam o projeto pois nós não queremos vender esta ideia para vocês', afirmou.

 

PANORAMA

O gerente de Fomento Beto Aurélio Markus, apresentou um panorama e setores de trabalho da Languiru como as cadeias produtivas de suínos, aves e leite, silo-secador, fábrica de rações, supermercados, agrocenters, comercialização de máquinas e implementos agrícolas, postos de combustíveis, fábrica de lacticínios, frigoríficos de aves e suínos, centros de distribuição e áreas comerciais. Salientou o porquê da cooperativa em incrementar a produção de frangos, sendo uma área que ela está projetando um crescimento com o abate na nova unidade industrial que está sendo construída no município de Westfália, previsto para ocorrer a partir de maio de 2020. Com esta unidade, vai aumentar em 35 mil o número de aves que serão abatidas por dia, que hoje está em 110 a 120 mil.

 

AVIÁRIOS

O técnico responsável pelos projetos Rodrigo Leonhardt, detalhou a construção dos galpões destinados para a criação de frangos. Ele explicou a diferença entre os convencionais e os climatizados e que estes oferecem um maior conforto térmico (calor e frio). Segundo Leonhardt, hoje praticamente todos os aviários que estão sendo construídos são climatizados. Sendo convencionais ou climatizados, a construção consiste em estruturas de ferro galvanizado ou de concreto, com vãos livres e espaço externo para o carregamento das aves.

'Selecionamos os produtores de acordo com as regiões visando não eliminar o tabaco e, sim, para agregar valor'.
ANDRÉ KAUFMANN - Secretário municipal de Agricultura.

'O negócio sempre precisa ser bom para a Languiru e para o produtor. Se for bom pra nós e ruim para vocês, ou bom para vocês e ruim para nós, não funciona'.
BETO AURÉLIO MARKUS - Gerente de Fomento da Cooperativa Languiru.

 

Saiba mais

16m x 150m - é o tamanho padrão dos aviários da Languiru.

33,6 mil - é a capacidade de alojamento de cada galpão por lote.

R$ 587.553 - é o valor inicial de construção de um galpão.

R$ 17,50 - é o custo de construção de cada frango.

R$ 0,64 - é o valor médio que o produtor recebe por frango por lote.

6,5 - é o número de lotes de frango a ser criado por ano.

30 dias - é o total de dias que um frango destinado para exportação fica alojado.

40 a 45 dias - é o total de dias que um frango destinado ao mercado interno fica alojado.

Tempo - a cada dois meses um produtor cria um lote.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Edemar Etges 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||