Escola de Linha Sapé encerra atividades

Publicado em 07/08/2018 às 18h15

Com o encerramento das atividades na escola, comunidade pretende utilizar o prédioOs estudantes da Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) de Linha Sapé retomaram suas atividades pós-férias de meio de ano em outras instituições de ensino. Isso porque a escola em que estavam matriculados fechou as portas. A informação foi confirmada ontem por Luiz Ricardo Pinho de Moura, responsável pela 6ª Coordenadoria Regional de Educação (6ª CRE). Segundo ele, eram 14 alunos no educandário.

Quatro foram para a Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Pedro Beno Bohn, de Vila Arlindo; cinco se transferiram para a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Narciso Mariante de Campos, de Linha Tangerinas; três foram acolhidos pela Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Professora Leontina, do bairro Santa Tecla; e dois foram para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). 'Eram dois casos que já estavam identificados e este seria o encaminhamento, mesmo que a Escola de Linha Sapé não tivesse as atividades encerradas', argumentou o coordenador.

DESINTERESSE
De acordo com Moura, a instituição fechou as portas 'única e exclusivamente pelo desinteresse de profissionais de trabalharem na localidade'. Ele lembrou que a Escola de Linha Sapé quase teve o fechamento anunciado em abril, na oportunidade da aposentadoria da ex-diretora, mas na última hora uma professora se prontificou a assumir a função. Após quatro meses, contudo, a profissional desistiu de continuar o trabalho.

'Não era a intenção do Governo do Estado nem da Coordenadoria, mas infelizmente aconteceu', lamentou. Luiz Ricardo Pinho de Moura elogiou a postura dos pais dos estudantes de Linha Sapé, que segundo ele entenderam os motivos para o fechamento da escola e reconheceram o esforço da Coordenadoria para mantê-la em funcionamento, embora o objetivo não tenha sido alcançado. 'Que comunidade bacana! Eles notaram que a situação chegou a um ponto que não havia mais o que fazer. Também é importante agradecer o apoio da Secretaria de Educação de Venâncio Aires, que nos deu suporte na solução deste caso', disse.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e Foto: Carlos Dickow / Folha do Mate

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||