Falta de protetor solar preocupa agricultores familiares no estado

Publicado em 20/11/2017 às 15h39

Devido à exposição diária dos trabalhadores rurais, a Comissão Estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais, ligada à Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag/RS), percebeu a necessidade de oferecer gratuitamente aos agricultores familiares o protetor solar. Sendo assim, a comissão procurou o então deputado estadual Heitor Schuch (PSB), que instituiu a lei 13.469/10. Ela tem como propósito, prevenir a incidência de câncer de pele nos trabalhadores(as) rurais. 
Desde o mês de julho de 2014, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Venâncio Aires (STR) está distribuindo gratuitamente o protetor solar para os agricultores familiares.

O advento do verão e a elevação das temperaturas fazem aumentar a procura porém, os agricultores familiares cadastrados se deparam com a falta quando querem retirá-lo. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Venâncio Aires Cláudio Fengler, a falta do protetor solar para distribuição gratuita aos agricultores familiares passou a ser realidade também em Venâncio Aires, desde a quinta-feira, 16.

Em todo o estado já são mais de 30 municípios que registram a falta do produto. Dos mais de 3 mil cadastros realizados no STR de Venâncio Aires, é registrada uma média mensal de 500 frascos retirados pelos agricultores familiares. Fengler salienta que alguns trabalhadores acabam procurando a distribuição de forma esporádica, aumentando a busca no período do verão.
Ainda segundo Fengler, a solução do problema está nas mãos do Governo Federal. 

''Esperamos que o governo resolva a pendência na distribuição do protetor solar, pois é de fundamental importância para os agricultores, assim evitando a incidência do câncer de pele que está cada vez mais presente na população, especialmente os rurais'', afirma.

''A grande maioria de agricultores retira o protetor no período recomendado e têm a consciência da necessidade de usar a proteção o ano todo''.
Cláudio Fengler, presidente do STR de Venâncio Aires.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Edemar Etges

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||