Noticias - Fenachim

Glecia Bencke Jantsch é a embaixadora de Centro Linha Brasil

Publicado em 11/04/2016 às 14h16

Glecia Bº Distritoencke Jantsch representa o 5Nesse domingo, 10, a Fenachim 30 Anos esteve em Centro Linha Brasil para escolha do embaixador do 5º Distrito. Glecia Bencke Jantsch foi escolhida pelos moradores e será a representante da comunidade. A Comissão Social da Festa Nacional do Chimarrão, formada na ocasião pelos casais Bruno e Roberta Uhry, Junior Haas e Loren Danelon Haas, esteve na Suib juntamente com as soberanas, rainha Daiara Stein e princesas Gabriela Hantt e Nayara Simões, e as embaixatrizes Bruna Dullius e Thais Acosta.

A embaixadora recebeu do trio uma cuia personalizada e um broche da festa. Cada embaixador da Fenachim tem como missão ser um multiplicador da festa em sua comunidade, mobilizando os moradores. Na cerimônia de abertura, dia 6 de maio, os nove representantes serão recebidos para formar uma grande roda de chimarrão, simbolizando a união de todo o município pela festa.

Na quarta-feira, 13, às 19h30min, no ginásio Luizão, em Vila Santa Emília, será definido quem representará o 4º Distrito na cerimônia de abertura da Fenachim 30 Anos.

Até agora já foram escolhidos: 

Pedro Schwengber (do 1º Distrito - Sede),

Alessandra Ludwig (do 3º Distrito - Vila Deodoro),

Clenio José Bohn (do 7º Distrito - Vila Arlindo) e

Glecia Bencke Jantsch (do 5º Distrito - Centro Linha Brasil)

 

CRONOGRAMA

13/04 (quarta-feira)

4º Distrito - Santa Emília - 19h30min - Ginásio Luizão

19/04 (terça-feira)

6º Distrito - Palanque - 20h - Escola Frida Reckziegel

21/04 (quinta-feira)

9º Distrito - Estância Nova - 19h30 - Comunidade Nossa Senhora de Lourdes

23/04 (sábado)

2º Distrito - Mariante - 20h - Comunidade Católica

 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Vanessa Behling
Foto: Bruno Uhry

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Venâncio recebe decoração especial para a Fenachim

Publicado em 09/04/2016 às 09h49

Placas de identificação já foram instaladas no Parque do ChimarrãoA Capital do Chimarrão deve 'respirar', ainda mais, a Fenachim 30 Anos a partir da próxima semana quando a cidade começa a receber uma decoração especial para a festa. Segundo a coordenadora da Comissão Social, Michele Assmann Bersch, o trabalho dentro de Venâncio deve ficar mais intenso a partir da segunda-feira, 11, quando o trevo de acesso ao município deve receber novas mudas de flores, plantadas pela Prefeitura. Além disso, nesta semana, o pórtico já recebeu melhorias, como, pintura e manutenção.

Os postes de luz da rua Osvaldo Aranha deverão receber ornamentação especial nas cores vermelho e amarelo. Michele explica que a decoração será feita do trevo até o início do caminhódromo. Além disso, os principais acessos a Venâncio. Paralelo a isso, o Galpão Morada Velha, no Parque, também deve começar a ser decorado para o Jantar de Lançamento do Espaço Gastronômico, que ocorre no dia 16. A intenção é terminar a ornamentação da cidade em sete dias.

 

Jantar de Lançamento do Espaço Gastronômico

Estão esgotados os ingressos para o Jantar de Lançamento do Espaço Gastronômico da Fenachim 30 Anos. Agendado para ocorrer no dia 16 de abril,no Morada Velha, o responsável pela comissão de gastronomia, Luciano de Brito Araujo, confirmou na sexta-feira, 8, que todos os cartões haviam sido todos vendidos.

O evento é uma prévia da gastronomia que será apresentada durante a Festa Nacional do Chimarrão de 5 a 8 e de 11 a 15 de maio, no Parque do Chimarrão.

 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker
Foto: CUCA Conteúdo

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Fenachim: Clenio Bohn é reeleito embaixador em Vila Arlindo

Publicado em 08/04/2016 às 13h48

Nessa quinta-feira, 7, a Fenachim 30 Anos esteve em Vila Arlindo para eleger o embaixador da localidade. Clenio José Bohn foi reeleito e terá novamente a missão de atuar como representante da festa entre as comunidades que compõem o 7º Distrito de Venâncio Aires. 

O evento ocorreu na Escola Pedro Beno Bohn e contou com a presença das nossas soberanas, rainha Daiara e princesas Gabriela e Nayara, da coordenadora da Comissão Social, Michele Assmann Bersch, e dos integrantes da comissão Roberta Uhry e Ricardo Bersch.

 

 

Fonte: Rádio Terra FM
Créditos: Adriano Claudino
Foto: Rafael Costa

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Fenachim produz cronograma para escolha dos seus embaixadores

Publicado em 06/04/2016 às 14h46

Fenachim produz o cronograma fechado de eventos para escolha dos seus embaixadores, confira-o abaixo:

 

Dia 07/04 (quinta-feira)

7º Distrito – Vila Arlindo – 20h – Escola Estadual Pedro Benno Bohn

Dia 10/04 (domingo)

5º Distrito – Centro Linha Brasil – 11h – Seub

Dia 13/04 (quinta-feira)

4º Distrito – Santa Emília – 20h – Ginásio Luizão

Dia 19/04 (terça-feira)

6º Distrito  - Palanque – 20h – Escola Frida Reckziegel

Dia 21/04 (quinta-feira)

9º Distrito – Estância Nova  - 19h30 – Comunidade Nossa Senhora de Lourdes

Dia 23/04 (sábado)

2º Distrito – Mariante – 20h – Comunidade Católica

 

EMBAIXADORES JÁ ELEITOS

1º Distrito – Sede – Pedro Schwengber

3º Distrito – Deodoro – Alessandra Ludwig

 

 

Fonte: CUCA Conteúdo/Guia Venâncio
Créditos: Jansle Appel Junior

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Você já pode ajudar a eleger a Soberaninha da Fenachim 30 Anos

Publicado em 05/04/2016 às 14h10

Dez meninas já começam a sonhar com a possibilidade de viverem momentos como Soberaninha durante a Festa Nacional do Chimarrão. Mas, somente uma terá a oportunidade de estar ao lado da rainha Daiara Stein e das princesas Nayara Simões e Gabriela Hantt - com direito a vestido e coroa - e viver como "nos contos de fadas".

No sábado à tarde, durante mateada na Travessa São Sebastião Mártir, foram conhecidas, por meio de sorteio, as dez finalistas que vão disputar a votação popular na escolha da Soberaninha da Fenachim 30 Anos. Ao todo, 46 meninas, entre 4 e 6 anos, foram inscritas.

A definição das finalistas foi comandada pelas soberanas e pelas embaixatrizes da festa que sortearam os números, um por um. Na mesma hora foi anunciado o nome do número correspondente.
Apesar de apenas uma ser eleita a Soberaninha, todas as inscritas terão um dia especial na programação da festa, adiantou a rainha Daiara, logo após o concurso. 'Será um dia especial para nós nos divertirmos e brincarmos', salientou.

 

VOTAÇÃO
As dez finalistas participam, a partir de hoje, da votação pela internet, no site fenachim.com.br. A votação segue até o dia 15. Já no dia 16, a vencedora será apresentada no jantar de inauguração do novo Espaço Gastronômico Morada Velha, no Parque do Chimarrão.

Para votar será necessário realizar um cadastro no site da Fenachim, onde será solicitado o e-mail e a confirmação deste e-mail. Será permitido apenas um voto, por dia, para cada e-mail.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Letícia Wacholz

 

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Luiz Assmann afirma que será a melhor Fenachim oferecida

Publicado em 05/04/2016 às 14h04

Luiz Paulo Assmann é o presidente da festaHoje o calendário aponta exatamente um mês para o início da edição que celebra os 30 anos da Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim). Para marcar a data, conversamos com um dos principais responsáveis pela organização desta que promete ser uma edição histórica da Festa com sabor do Rio Grande. O presidente Luiz Paulo Assmann, em uma conversa franca com a Folha do Mate, revela novidades, projeta o sucesso do evento e toca em pontos delicados que ainda pairavam como dúvidas entre a comunidade venâncio-airense.

Empresário do ramo da construção civil, à frente da ALM Engenharia, Assmann capitaneia um grupo que tem a missão de celebrar à altura as três décadas da quarta maior festa do Estado, ao mesmo tempo em que precisa garantir a saúde financeira do evento. 'Queremos que todos os venâncio-airenses sintam orgulho da sua festa e que os visitantes saiam satisfeitos e com o desejo de retornar.'


Folha do Mate - A um mês da festa, o que podemos esperar da Fenachim 30 Anos?

Luiz Paulo Assmann - Será a melhor Fenachim que somos capazes de oferecer. Estamos preparando uma festa agradável, divertida, ressaltando as tradições ao mesmo tempo em que promovemos inovações. É o momento para fortalecer o vínculo com a nossa comunidade, e o faremos com o espírito de união que o chimarrão evoca. Queremos que todos os venâncio-airenses sintam orgulho da sua festa e que os visitantes saiam satisfeitos e com o desejo de retornar. Teremos programação e atrações para as famílias que quiserem passar o dia no parque, almoçar e jantar por lá; para aqueles que gostam de estender a noite, com bandas e novidades até a madrugada; e uma atenção também para a nossa terceira idade. Teremos tradicionalismo, esporte, ampla gastronomia, shows com alguns dos principais artistas nacionais, programação diária e gratuita de altíssima qualidade e, obviamente, o chimarrão, que é o nosso símbolo e a razão de ser da Fenachim.

 A última edição da festa provocou questionamentos e chegou a ser alvo de uma CPI. Isso trouxe alguma dificuldade para este ano?

Certamente houve um desgaste inicial. Sobretudo, provocou certa desconfiança da comunidade, mesmo que não encontrada qualquer irregularidade. Isso estabeleceu sobre cada um da comissão organizadora uma responsabilidade ainda maior, mas não inviabilizou a festa. Pelo contrário. Tivemos a certeza da credibilidade da Fenachim com uma resposta muito positiva de renomadas empresas, que depositaram sua confiança no evento, assim como percebemos o retorno de muitos expositores, reafirmando a relevância da festa. Isto ficará ainda mais evidente durante os dias de programação, com a presença da nossa comunidade. Eu tenho absoluta convicção de que os venâncio-airenses confiam na Fenachim.

Quais foram as medidas adotadas para evitar os mesmos questionamentos?

Primeiro, a formação da equipe. Não faço aqui, de modo algum, um julgamento ou avaliação da comissão anterior, mas sim um elogio às pessoas que estão conosco. Conseguimos congregar um time excepcional, com profissionais dedicados, expoentes em suas áreas de atuação, responsáveis e muito comprometidos com o resultado da festa. Ao mesmo tempo, estabelecemos uma política de austeridade financeira, buscando oferecer o máximo à comunidade sem cometer irresponsabilidades, trabalhando com um orçamento firme e controle total sobre os gastos. Criamos um comitê financeiro para deliberar sobre todas estas questões. Por último, procuramos aprimorar a captação de recursos, aproveitando os dispositivos legais disponíveis para este fim e buscando patrocínios dimensionados com a grandeza que a festa possui.

A festa terá lucro?

Nossa meta primordial é equilibrar as finanças, não gastar mais do que a nossa possibilidade de arrecadação. Isso é básico. E isso vem sendo mantido com rigor. Logicamente, contamos com a imprevisibilidade do fator climático e, ao mesmo tempo, ofertar aos visitantes grandes atrações demanda investimentos à mesma altura. Temos um orçamento relativamente alto, mas muito claro e viável. E, se considerarmos o legado das obras que estão sendo executadas no Parque do Chimarrão, como o Espaço Morada Velha e a nova área de eventos no antigo bochódromo, a Fenachim 30 Anos já apresenta lucro à comunidade venâncio-airense. São obras que ficarão à disposição da cidade quando a festa encerrar.

 Para representantes da iniciativa privada, qual é o risco de associar o nome a um evento que gera tantas opiniões diferentes?

Qualquer risco, qualquer incerteza, qualquer desconfiança some quando se tem convicção sobre o que se está fazendo. E é isso que percebemos em cada membro da comissão, com muita humildade, trabalho e dedicação. A Fenachim é um patrimônio de Venâncio Aires e, como membros dessa comunidade, nos sentimos responsáveis por zelar pela festa. Da iniciativa privada, emprestamos a experiência administrativa e o relacionamento com diferentes setores do município. Minhas decisões, a vida toda, foram orientadas com muito apoio da família. Agora tem sido assim também. E poder contribuir, cada um a seu modo, com essa experiência, é uma forma de retribuição. Todos se sentem muito gratos por integrar este momento especial da Fenachim e tenho certeza de que pensaram na comunidade quando aceitaram o convite.

 Em um ano eleitoral, o senhor vê como um acerto esse envolvimento maior do setor privado?

Desde o primeiro momento o prefeito Airton Artus, presidente de honra da festa, deu total autonomia para fazermos o que precisava ser feito. A criação da Associação Fenachim, uma entidade com propósito específico, caminha neste sentido, de profissionalização da festa, e isto exige naturalmente um maior envolvimento do setor privado. Associar a festa a interesses políticos não condiz mais com a realidade de um evento que pretende se tornar cada vez mais relevante no Estado e no País. O Poder Público, a própria Prefeitura, sempre terão papel fundamental no apoio à festa, assim como ocorre em outras cidades. Contamos com esse apoio importantíssimo do Executivo, que nos auxilia na condução de questões institucionais disponibilizando sua estrutura de profissionais com experiência em áreas técnicas. Afinal, a Fenachim é o maior divulgador do município, movimenta a economia, fomenta a cultura e gera inestimáveis benefícios à população. Mas não deve ser usada politicamente, seja de um lado ou outro. A festa é da comunidade.

Para o futuro, qual é o objetivo da Afenachim?

Nosso objetivo é estabelecer uma continuidade na condução da Fenachim, aproveitando a experiência dos envolvidos de uma festa para outra e buscando o estreitamento com todas as entidades que compõem a Afenachim e elegem sua diretoria, com mandato de dois anos. Hoje, na Fenachim, temos uma sintonia perfeita com a nossa competentíssima vice-presidente, Fabiana Bergamaschi, e com plena autonomia para que os coordenadores de cada área possam planejar seus respectivos setores. É um modelo que tem funcionado e esperamos que represente o futuro da festa. Esta condução nos permitirá pleitear, por exemplo, junto ao Poder Público, investimentos em obras estruturais de maior porte no parque, e não só na época da festa. Pois o complexo é um atrativo turístico, um cartão postal de Venâncio Aires e da região. É certamente um dos melhores parques do Estado e carece de um plano diretor, não só de obras aleatórias. É uma das nossas metas.

 Quais são as principais novidades da Fenachim 30 Anos?

Acredito que o principal destaque seja a gastronomia. Pensamos naquela família que vinha de fora, visitava a festa e precisava sair do parque para almoçar. Teremos os lanches, teremos food trucks, mas também teremos opções para um almoço ou jantar completo, tradicional ou sofisticado. O novo Espaço Morada Velha será especializado em carnes e gastronomia gaúcha. E ainda teremos a Casa da Galinhada, nosso prato típico. Na parte do entretenimento, transformamos o antigo bochódromo num amplo espaço para eventos, com quase mil metros quadrados. Será o Palco Super Lenz, com uma programação diversificada, ampliando a permanência dos visitantes no parque. Outra novidade é a rústica, no dia 15 de maio, aproximando ainda mais o esporte da festa.

 Que obras o Parque do Chimarrão está recebendo para a festa?

O próprio bochódromo está sendo totalmente remodelado para se tornar um espaço para eventos. O Morada Velha, um local tradicional, que carecia de reformas e uma utilização mais nobre, será um restaurante de alto gabarito durante a Fenachim. Instalamos vidros, criamos uma churrasqueira externa - que certamente será uma atração - e remodelamos internamente. O Poliesportivo recebeu várias melhorias de segurança e adequações para receber o Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI), como corrimãos e novas escadarias, além de uma pintura completa, revitalizando o ginásio. Além disso, estamos dando atenção a questões que aparecem pouco aos olhos do público, mas fazem muita diferença para o andamento da festa, como os sistemas elétrico e hidráulico. Também queremos ampliar a sinalização, para que o visitante possa se localizar e aproveitar todos os espaços que teremos a oferecer. Todas as obras estão adiantadas e inclusive fechamos o parque para circulação ontem. Nosso objetivo é ter tudo pronto com antecedência.

 Como foram definidos os shows?

A definição dos shows foi fruto de pesquisa, experiência e controle financeiro. Buscamos a parceria de duas produtoras com amplo conhecimento do mercado e procuramos saber quais eram as preferências do público regional. Focamos em artistas consagrados, com grande apelo, e outros que ainda despontam com sucessos recentes, mas muito consistentes. Dentro da ideia de não cometer irresponsabilidades financeiras, acredito que conseguimos uma grade à altura da Fenachim 30 Anos e dos grandes eventos do Estado.

A Anitta é um fenômeno que não para de crescer. O Rappa tem um público muito fiel, está entre as maiores bandas do País e agora, em abril, começa sua primeira turnê mundial. O padre Alessandro Campos é o comentário geral em todos os lugares por onde passamos e a dupla Bruno & Barretto vem com a força do sertanejo, com sucessos muito fortes nas rádios. Temos consciência de que não é possível agradar a todos, mas a resposta que estamos tendo com a venda de ingressos antecipados nos deixa muito confiantes sobre o sucesso dos shows. Além disso, teremos muitas atrações gratuitas, em que o público só paga o acesso ao parque, como Grupo do Bola, Guri de Uruguaiana, Teatro do Pretinho Básico, Renato Borghetti e muitos outros, todos os dias.

 Por que este ano teremos uma parada de dois dias na programação?

Foi uma decisão tomada em cima de um pedido dos próprios expositores. Tradicionalmente, são dias com pouco movimento. A parada, além de reduzir custos para a festa, vai permitir que as empresas expositoras, por exemplo, deem folga a seus funcionários, reponham estoque, etc. O visitante não perde, porque a programação foi concentrada nos demais dias.

 Quando será apresentada a programação completa da festa?

Estamos trabalhando nos últimos ajustes, fazendo os acertos finais e esta semana temos a intenção de apresentar toda a programação com uma riqueza de detalhamento, para que todos possam se programar.

Os eventos pré-Fenachim receberam muitos elogios. É um prenúncio do que será a festa?

Tivemos a intenção de promover cada evento como uma extensão da Fenachim. Desde o anúncio das comissões, escolha das nossas belíssimas e incansáveis soberanas, até o coroamento com o jantar-baile em parceria com a Sova, um sucesso absoluto. O próximo passo é o jantar de lançamento do Espaço Morada Velha, no dia 16, quando também apresentaremos a nossa Soberaninha - com ingressos já esgotados. Procuramos fazer tudo com muita dedicação, com a responsabilidade que nos foi atribuída de elevar o nome da Fenachim. Vontade não vai faltar para que a festa siga na mesma direção.

 O que falta para a Fenachim ser reconhecida em Venâncio Aires assim como outras festas o são em suas regiões?

Às vezes nós não nos damos conta do tamanho da Fenachim. Somos a quarta maior festa do Estado, atrás apenas da Festa da Uva, em Caxias, da Fenadoce, em Pelotas, e da Oktoberfest, em Santa Cruz. O prestígio que a Fenachim tem em todos os municípios por onde andamos é imenso. Somos recebidos com muito carinho e ficamos realmente impressionados com o conhecimento que os moradores de outras regiões têm sobre a festa. Claro que isso é fruto de uma divulgação adequada, de um acolhimento muito caloroso com os turistas. Mas também demonstra que a nossa população não está olhando para a Fenachim com o devido sentimento de orgulho. E é atrás deste orgulho, desta sensação de pertencimento, que estamos indo nas comunidades do interior, nas mobilizações no Centro de Venâncio, nos diversos eventos. A Fenachim é nacional, é um patrimônio do Estado e é talvez a festa que melhor simbolize a cultura do Rio Grande do Sul, através da figura do chimarrão. Então, está na hora de estufar o peito e assumir definitivamente a Fenachim como um pedaço especial de cada venâncio-airense. E este é o momento certo, quando comemoramos 30 anos da nossa festa. Esperamos todo mundo de 5 a 8 e de 11 a 15 de maio.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Letícia Wacholz
Foto: Jansle Appel Junior - CUCA Conteúdo

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Fenachim abrirá espaço para encontro das famílias rurais

Publicado em 05/04/2016 às 13h57

Reunião no STR definiu a programação e as atrações do encontroDurante a reunião realizada na quarta-feira, 30, as representantes dos clubes de mães, do escritório municipal da Emater/RS-Ascar e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Venâncio Aires (STR), foi definida a participação das famílias rurais na programação da Fenachim 30 anos. No encontro ocorrido no STR, foi definido que segundo Encontro da Família Rural será realizado no dia 5 de maio, mesmo dia em que se inicia a Festa Nacional do Chimarrão 2016. 
A programação está definida e contará com palestras, almoço, visitação ao Pavilhão das Agroindústrias e visitação ao Parque de Exposições. 
Os ingressos serão gratuitos para as famílias que visitarem o parque, porém, elas mesmas devem efetuar a sua inscrição junto às presidentes dos clubes de mães, ou ainda, podem retirar os ingressos no escritório do STR ou na Emater/RS local.
A Emater/RS montará um estande no Pavilhão da Agricultura Familiar, no qual ela fará um resgate histórico dos trabalhos realizados pela entidade e os clubes de mães do município em 30 anos de atuação.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Edemar Etges
Foto: Sandra Wagner

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Fenachim 30 Anos elege primeira representante no interior

Publicado em 04/04/2016 às 14h39

A Fenachim 30 Anos iniciou nesse domingo (3) a mobilização das comunidades do interior de Venâncio Aires com a escolha dos embaixadores em cada um dos nove distritos. 

A primeira parada foi em Deodoro, onde Alessandra Ludwig foi aclamada pelos moradores como embaixadora do 3º Distrito. O evento ocorreu no tradicional Armazém Schultz. Alessandra é neta do embaixador da 13ª Fenachim, Orlando Schultz e recebeu, do trio de soberanas da festa, uma cuia personalizada e um broche. 

Cada embaixador tem como missão ser um multiplicador da Fenachim em sua comunidade, mobilizando os moradores e fortalecendo o nome da festa naquela localidade. Na cerimônia de abertura, os nove representantes serão recebidos para formar uma grande roda de chimarrão, simbolizando a união de todo o município pela festa. O próximo evento ocorre em Palanque, 6º Distrito de Venâncio Aires, nesta quarta-feira.

 

Fonte: CUCA Conteúdo
Crédito e Foto: Jansle Appel Junior

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Shows da Fenachim 30 Anos serão conhecidos nesta quinta

Publicado em 17/02/2016 às 16h12

Chegou a hora de conhecer os shows da edição que celebra os 30 anos da Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim). Nesta quinta-feira, 18, as atrações serão divulgadas em evento para organizadores, convidados, patrocinadores e imprensa na Life Music Hall, em Venâncio Aires, a partir das 20 horas.

Ao todo, serão cinco shows principais e outras 11 atrações, com espetáculos tradicionalistas, culturais, humorísticos e teatrais, divididos entre o Chimarródromo e o  Poli. Além dos nomes que serão divulgados nesta quinta, o coordenador da Comissão de Shows da festa, Luiz Paulo Assmann Júnior, diz que o grupo está trabalhando na grade de bandas municipais, regionais e estaduais que irão animar os bailes ao longo da festa.

Sobre as atrações principais, o coordenador ressalta que os nomes foram definidos após uma intensa pesquisa. “Tentamos aliar a contratação de artistas que estão em alta, podendo trazer um grande público, e as condições financeiras da festa. Tenho certeza de que buscamos fazer o melhor, dentro das nossas possibilidades”, adianta Assmann.

Os valores dos ingressos e pontos de venda também serão anunciados no evento. A realização dos shows da Fenachim 30 Anos tem a parceria de Django Promoções e da AM9 Produções, responsável pelos projetos via Lei Rouanet.

 

TRAJES

Nesta quinta-feira ainda serão apresentados ao público os trajes típicos das soberanas, rainha Daiara Stein e princesas Gabriela Hantt e Nayara Simões. Os vestidos foram idealizados pela designer de moda Deise Dessbesell. A responsável pela confecção dos trajes é a estilista santa-cruzense Joana Tornquist, do Atelier Puchullu, com tecidos da Center Tecidos.

A Fenachim 30 Anos ocorre de 5 a 8 e de 11 a 15 de maio de 2016, no Parque Municipal do Chimarrão, em Venâncio Aires. O patrocínio é de Alliance One, China Brasil Tabacos, Dália Alimentos, JTI, Universal Leaf Tabacos, Marasca, Sinditabaco, Venax e Afubra, e o apoio é da Prefeitura Municipal de Venâncio Aires.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim)
Créditos: CUCA Conteúdo

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Venda de espaços comerciais chega a 85%

Publicado em 17/02/2016 às 13h18

A comercialização dos espaços comerciais da edição que celebra os 30 anos da Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) entrou na reta final. Segundo a vice-presidente e coordenadora comercial da Fenachim 30 Anos, Fabiana Bergamaschi, até agora já foram vendidas 85% das áreas disponibilizadas para instalação dos estandes e pontos de alimentação.

As vendas se intensificaram nas últimas duas semanas – quando foram abertas para empresas que não haviam participado da última feira – e aumentaram a certeza dos organizadores sobre a credibilidade e o potencial de bons negócios do setor comercial da Fenachim, na visão dos expositores. De acordo com Fabiana, na área externa, por exemplo, já não há mais espaços disponíveis.

Entre os atrativos para os empresários nesta edição estão a reformulação dos espaços dedicados à alimentação e a alteração dos horários de abertura do parque, ambos pedidos dos participantes, otimizando custos e proporcionando um melhor direcionamento do público. Nas sextas-feiras, sábados e domingos os portões do Parque Municipal do Chimarrão serão abertos às 10 horas, enquanto na quarta e quinta o acesso dos visitantes ocorre apenas a partir das 14 horas.

Fabiana Bergamaschi destaca que é importante que a reserva dos espaços, para quem ainda não o fez, ocorra brevemente. “Quem ainda tem interesse de confirmar estande precisa correr, porque as opções já estão bem restritas”, alerta. O pagamento pode ser parcelado. Expositores de Venâncio Aires têm 10% de desconto até o fim deste mês.

Interessados devem efetuar o contato comercial com Ivo Trarbach, pelos telefones (51) 9871 5318 ou (51) 3983 1105, ou ainda pelo e-mail comercial@fenachim.com.br. Para o setor gastronômico, o contato pode ser feito com Luciano Brito Araújo, pelo telefone (51) 8264 3938. A Fenachim 30 Anos ocorre de 5 a 8 e de 11 a 15 de maio de 2016, no Parque Municipal do Chimarrão, em Venâncio Aires.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) 
Créditos: CUCA Conteúdo
Foto: Guia Venâncio

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||