Noticias - Fenachim

Câmara debate os gargalos da cadeia produtiva da erva

Publicado em 13/05/2016 às 17h38

Atores da cadeia produtiva buscam maior reconhecimento do setor da erva-mateEntre às 11h e às 15h, desta sexta-feira, 13, os atores da Câmara Setorial Nacional da Cadeia Produtiva da Erva-Mate debateram os gargalos que interferem diretamente no crescimento do setor, sendo os principais o mercado ilegal, que coloca no mercado, a erva-mate com um preço abaixo do custo de produção, e as dificuldades impostas pelas leis trabalhistas na hora da contratação dos tarefeiros para a colheita do produto nas lavouras.

O presidente da Câmara e diretor da empresa Baldo S/A., de Encantado, Leandro Gueno, ao resumir o encontro, colocou que como cadeia produtiva, há a necessidade do setor de resolver a questão do mercado de trabalho da erva-mate, principalmente a colheita, que é a produção primária. O setor precisa ainda resolver a questão da legislação no que diz respeito as boas práticas agrícolas e a questão do mercado, principalmente o ilegal, que é uma queixa contínua das empresas, objetivando regulamentar o setor.

 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e Foto: Edemar Etges

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Ingressos, estacionamento, ônibus: um guia para chegar à Festa

Publicado em 13/05/2016 às 16h51

INGRESSOS 

O ingresso para a Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim), em Venâncio Aires, tem preço único de R$ 10,00 no fim de semana. A meia-entrada custa R$ 5,00 e está disponível para idosos a partir de 60 anos, estudantes com carteirinha e portadores de necessidades especiais, também com identificação específica. Ingressos dos shows nacionais garantem acesso à Fenachim. 

ESTACIONAMENTO 
Dentro do Parque do Chimarrão, há estacionamento com segurança e seguro na área do kartódromo (para o público), ao lado da pista de bicicross (para expositores) e ao lado do poliesportivo (imprensa). Junto à cerca, as vagas são destinadas à comissão organizadora, autoridades e portadores de necessidades especiais. Também há estacionamento oficial da festa (sem seguro) ao lado da empresa Refrimate, em frente ao parque. Outras áreas, que são particulares e firmaram convênio com a Fenachim, estarão disponíveis nos arredores do parque, ao longo do Acesso Dona Leopoldina. O estacionamento tem valor tabelado para carros de R$ 15,00 no fim de semana. Motos pagam R$ 5,00; vans, R$ 30,00 e R$ ônibus, R$ 50,00. 

ACESSO DE MENORES 
Crianças com até 6 anos não pagam entrada. De 7 a 12 anos, pagam meia-entrada (R$ 5,00), sem necessidade de apresentação de carteirinha de estudante. Menores de 14 anos só entram no parque acompanhados de um responsável adulto. 

SINALIZAÇÃO 
A sinalização do Parque do Chimarrão foi pensada de modo que o visitante que não conhece a área consiga se localizar de forma fácil e rápida. Para isso, foram distribuídos diversos mapas e informações didáticas informando a direção das instalações e as atrações da festa em cada um dos palcos. 

ACESSIBILIDADE 
Ao longo de todo o parque, cadeirantes e demais portadores de necessidades especiais encontram caminhos acessíveis, amplamente sinalizada, assim como no ginásio poliesportivo, onde uma área especial é reservada durante os shows nacionais e demais atrações. 

ÔNIBUS PARA O PARQUE 
A população de Venâncio Aires terá à disposição linhas especiais de ônibus até o Parque do Chimarrão durante a Fenachim 30 Anos. A passagem custa R$ 3,20. A rota será: Rodoviária, parada do Rede Vivo, Berlim da Cruz, Jacob Becker, Félix da Cunha, General Osório, Tiradentes, Praça Evangélica e Praça Católica, 15 de Novembro, Acesso Dona Leopoldina e Parque do Chimarrão. A volta segue roteiro inverso. 

Na sextas-feira e sábado, os horários serão às 11h35, 13, 14, 16, 17, 18, 19, 20, 21 e 22 horas, com retorno de hora em hora até 2 horas do dia seguinte ou no máximo meia-hora depois do término dos shows nacionais. No domingo, às 10h20, 13, 14, 16, 17, 18, 19, 20, 21 horas, com a volta de hora em hora até a meia-noite.

 

 

Fonte: CUCA Conteúdo
Créditos: Jansle Appel Junior

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Negócios devem movimentar R$ 1,5 milhão até o fim da festa

Publicado em 13/05/2016 às 16h45

Com um total de 262 expositores, a Fenachim 30 Anos fechou a comercialização dos espaços faltando mais de duas semanas para a festa, confirmando sua vocação como palco de negócios. A grande procura pelos estandes deixou otimistas a comissão organizadora e os empresários presentes. A projeção é movimentar R$ 1,5 milhão até o domingo, quando o evento chega ao fim.

A coordenadora comercial e vice-presidente da Fenachim 30 Anos, Fabiana Bergamaschi, diz que várias medidas foram adotadas para otimizar a presença dos expositores, como a readequação dos espaços, a alteração nos horários de funcionamento da feira e a parada estratégica da festa na segunda e terça-feira – possibilitando que os empresário concedessem folgas aos funcionários e repondo estoques.

“A expectativa é muito boa. Conversamos com lojistas que estão bem satisfeitos e agora esperamos um grande público no fim de semana para atingirmos a meta projetada”, diz Fabiana. O Pavilhão de Exposições, logo à direita da entrada principal, concentra mais de 50 empresas dos ramos industrial, comercial e de serviços. As portas abrem sempre às 10 horas e fecham às 22. Também há pavilhões específicos para o artesanato, agroindústrias e estandes externos, que ocupam um grande espaço à esquerda do pórtico.

 

ALIMENTAÇÃO

Além dos expsoitores, a Festa com Sabor do Rio Grande dedica atenção à gastronomia em sua edição de 30 anos. Além da praça de alimentação com lanches, que ganhou o acréscimo de food trucks de várias regiões do Estado e de Santa Catarina – trazendo até uma pizza com massa à base de erva-mate –, a Fenachim tem o tradicional Café Colonial, a Casa da Galinhada, com o prato típico de Venâncio Aires, e a principal novidade: o Morada Velha Espaço Gastronômico Venax. 

O Morada Velha fica aberto ao longo de toda a programação, seguindo sempre até o fim da noite, com cardápio à la carte baseado na gastronomia gaúcha. O restaurante é especializado em cortes de carnes assados ao estilo uruguaio, na parrilla, com acompanhamentos diferenciados. Para harmonizar, cervejas especiais, vinhos e espumantes. Outra atração do local é a vitrine de carnes, onde o visitante poderá acompanhar os assados na brasa. 

 

CHOPE 

A Ambev é a fornecedora oficial da Fenachim 30 Anos. Pela primeira vez, a multinacional fornece todas as bebidas da festa, incluindo chopes Brahma e Stella Artois, além de cervejas e ainda refrigerantes da linha Pepsi. O acordo prevê a disponibilização de bebidas para todos os bares, restaurantes e estandes do parque, bem como para os pontos de venda nos eventos, como o motocross e o rodeio. Uma das atrações é o Espaço Bohemia, com a venda de cervejas especiais da marca – entre elas, a Bohemia Caã-Yari, que tem na sua composição a erva-mate, em referência ao chimarrão da festa. O público também tem à disposição a uruguaia Norteña, acompanhando o cardápio de cortes especiais de carne do Morada Velha. 

 

 

Fonte: CUCA Conteúdo
Créditos: Danielle Rubim

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Manhã de Crioulaço no CTG Erva-Mate

Publicado em 13/05/2016 às 15h30

Segue na manhã desta sexta-feira, o 49º Rodeio Crioulo Estadual do CTG Erva-Mate que integra a programação da Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) 30 Anos. A primeira competição do dia será o Crioulaço do Núcleo Regional da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Confira abaixo alguns registros feitos nesta manhã. Além disso, todos os cavalos que chegam estão recebendo marcação da Inspetoria Veterinária referente a documentação em dia de vacinas e guia de transporte animal GTA.

 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Beatriz Colombelli

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Hoje é dia de show nativista com Renato Borghetti

Publicado em 13/05/2016 às 15h28

A Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) 30 Anos 'abre as portas' para receber na noite de hoje, a partir das 20h, no Chimarródromo, o ícone da música nativista Renato Borghetti e grupo. Ainda aos dez anos, Borghetti já tocava gaita-ponto que ganhou do pai em Barra do Ribeiro.

Em pouco tempo, tornou-se atração no Centro de Tradições Gaúchas comandado pelo pai, onde se apresentou pela primeira vez aos 16 anos. Seu primeiro disco, o 'Gaita-ponto' tornou-se o primeiro álbum de música instrumental brasileira a ganhar um disco de ouro, vendendo cem mil cópias.

Hoje, turnês europeias são uma constante na vida do gaiteiro, cidades italianas, passando ainda por festivais na Croácia, Republica Tcheca, Áustria e Alemanha. Na Áustria, onde se apresenta regularmente desde 2000, Renato se sente em casa, pois não há cidade em que não tenha tocado.

Em 2012, foi lançado um vídeo documentário de suas andanças, onde foram apresentados detalhes da reação do público fora do país, a aceitação por parte da plateia e a surpresa de que a música executada por Borghetti, além do samba e bossa nova, também é brasileiríssima.

Para Venâncio Aires, Renato deve trazer seu repertório que já conquistou pessoas no mundo todo.

Para assistir ao show o visitante paga, somente, o valor do ingresso ao Parque do Chimarrão.

 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Show do Guri de Uruguaiana, mais uma vez, foi diversão total

Publicado em 13/05/2016 às 15h26

O já tradicional show do Guri de Uruguaiana na Fenachim, mais uma vez, foi sinônimo de muita diversão para quem esteve presente no Poliesportivo, na noite desta quinta-feira, 12.

O Canto Alegretense em suas várias versões, como na de Tom Jobim, no Hino Nacional, Paula Fernandes mostraram a versatilidade do artista gaúcho. Acompanhado do seu fiel escudeiro o gaúcho emo Licurgo, o Guri de Uruguaiana, arrancou aplausos de todos os presentes.

Os 'causos' relacionados à 'boa' forma física da esposa, a atual vida moderna e cheia de tecnologia, e os ensinamentos dos pais, fizeram parte da apresentação de quase 1h30min do humorista Jair Kobe.

Além disso, a interação com o público não faltou. Teve quem dançou um vaneirão, quem se arriscou na chula e subiu ao palco, além de muitos terem sido escolhidos como protagonistas para várias piadas.

Confira alguns registros feitos pela repórter Vanessa Behling/Folha do Mate. Vídeos da apresentação podem ser conferidos na página da Folha do Mate no Facebook.

 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Vanessa Behling

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Sexta-feira tem atrações tradicionalistas no Parque

Publicado em 13/05/2016 às 15h15

A sexta-feira, 13, é de tradicionalismo no Parque Municipal do Chimarrão. Renato Borghetti sobe ao palco do Chimarródromo a partir das 20 horas, com ingresso gratuito. O visitante paga apenas o acesso ao parque, que custa R$ 10,00 – o meio-ingresso custa R$ 5,00  e é válido para estudantes e portadores de necessidades especiais com carteirinha e idosos mediante documento de identificação.

Ícone da música instrumental do Rio Grande do Sul, Borghettinho, como é conhecido, é hoje um dos artistas brasileiros de mais solida carreira internacional. Turnês europeias são uma constante na vida do gaiteiro, cidades italianas (sua origem), passando ainda por festivais na Croácia, Republica Tcheca, Áustria e Alemanha. Em 2014, o show na 13ª Fenachim foi com o Chimarródromo lotado.

Ainda nesta sexta-feira, às 23h30, tem baile gaúcho com Fandangaço e Nativo Serrano, no Palco Super Lenz. Os amantes do tradicionalismo também podem conferir as provas de tiro de laço no 49º Rodeio Crioulo Estadual do CTG Erva Mate, que segue até domingo na pista de rodeios do Parque do Chimarrão. Todos os eventos não têm cobrança adicional de ingresso. O parque abre ao público geral às 10 horas, mesmo horário do Pavilhão de Exposições.

 

>>> Confira a programação de sexta aqui <<<

>>> Confira a programação de sábado aqui <<<

 

 

Fonte: CUCA Conteúdo
Créditos: Jansle Appel Junior

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Câmara Setorial da Erva-Mate se reúne nesta sexta

Publicado em 13/05/2016 às 15h13

Criada no ano passado, a Câmara Setorial Nacional da Cadeia Produtiva da Erva-Mate se reúne nesta sexta-feira, 13, na Festa Nacional do Chimarrão, em Venâncio Aires. O encontro ocorre a partir das 11 horas, na Escola Móvel da Agas. Na pauta dos grupos de trabalho estão a mão de obra irregular, política agrícola, contaminantes, banco de dados e boas práticas.

À tarde, às 13h10, será discutida a Resolução 12/011 do Grupo Mercosul, com Jorge Birck. Em seguida, ocorre a palestra “Mão de obra na colheita da erva-mate”, com o presidente do Sindicato das Indústrias de Erva-Mate (Sindimate), Gilberto Heck. Às 14 horas, o diretor-executivo do Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate), Roberto Ferron, fala sobre C7-Ilex. A conversa será seguida pelas considerações finais sobre o mercado.

 

 

Fonte: CUCA Conteúdo
Créditos: Danielle Rubim

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Fenachim 30 Anos terá presença do governador no domingo

Publicado em 13/05/2016 às 15h09

O governador José Ivo Sartori confirmou visita à Festa Nacional do Chimarrão, em Venâncio Aires. O chefe do Executivo estadual estará na Fenachim 30 Anos no domingo, às 16 horas. A comitiva do Piratini vai circular pelo Parque Municipal do Chimarrão e acompanhar a programação do dia que encerra o evento.

Neste fim de semana, o último da Festa com Sabor do Rio Grande, a expectativa é receber mais de 50 mil visitantes entre sábado e domingo, com atrações para todos os gostos. Até a noite de quinta-feira, cerca de 75 mil pessoas já haviam passado pelo parque, com destaque para a quarta-feira, Dia da Melhor Idade, que também contou com grande público infantil.

O presidente da Fenachim 30 Anos, Luiz Paulo Assmann, diz que o número de visitantes até agora está dentro do que foi projetado pela comissão organizadora. “A quarta-feira, considerando que era meio da semana, foi excepcional. Agora, concentramos todas as forças no fim de semana. Temos certeza de que o público corresponderá a todas as atrações, que foram pensadas com muito carinho”, afirma.

Neste sábado, a expectativa é pelo show da banda O Rappa, que chega ao Ginásio Poliesportivo após iniciar a primeira turnê internacional. A programação abre às 8 horas a continuação do 49º Rodeio Estadual do CTG Erva Mate. Às 9 horas os portões estarão abertos para o público geral. No mesmo horário, inicia a 12ª Copa de Vôlei de Praia Masculino. Às 18 horas ocorre a abertura oficial do rodeio, com a participação do violonista Marcello Caminha – que se apresenta na sequência no Chimarródromo –, que fará o Hino Rio-grandense no violão.

As atrações também serão fortes para quem gosta de dançar. No Chimarródromo, às 23 horas, tem baile com Musical JM, enquanto o Palco Super Lenz apresenta um fandango com o tradicionalista Baitaca, às 23h30. Ainda há espaço para o rock, com a dobradinha Maquinados e Playsound.

 

PADRE

No domingo, o destaque é o show nacional com o Padre Alessandro Campos, conhecido como Padre Sertanejo do Brasil. A apresentação, no Ginásio Poliesportivo, será às 17 horas. O dia também terá a Rústica Fenachim 30 Anos, Encontro e Exposição de Carros Antigos, apresentação de humor com Paulinho Mixaria e show com a banda Nova Estação, além da cerimônia de encerramento da Fenachim 30 Anos, às 20 horas. O parque abre ao público às 9 horas.

Nos dois dias, o ingresso custa R$ 10,00. Estudantes e portadores de necessidades especiais com carteirinha pagam meio (R$ 5,00), assim como idosos a partir de 60 anos. Crianças de até seis anos têm acesso gratuito.

 

 

Fonte: CUCA Conteúdo
Créditos: Jansle Appel Junior

Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

Gestores municipais discutem cenário da Saúde na Fenachim

Publicado em 12/05/2016 às 18h07

Como parte da programação da Fenachim, o auditório do Parque do Chimarrão sediou,na tarde de hoje, reunião da Comissão de Intergestores Regional (CIR) de Saúde. Conduzido pela coordenadora regional de Saúde, Mariluce Reis, o encontro foi voltado a gestores municipais de Saúde, que trataram sobre diferentes pautas.

Após abertura feita pelo prefeito Airton Artus, que falou do momento de preocupação no que se refere ao repasse de recursos financeiros para a área, o diretor financeiro do Hospital Santa Cruz, Egardo Kuentzer, prestou contas sobre o Centro de Alta Complexidade Cardiovascular, que é referência para outros municípios, inclusive Venâncio Aires. Ele explanou que a instituição atende abaixo da capacidade não por falta de estrutura, mas porque os repasses não possibilitam a ampliação do serviço. 

Após, ao debaterem a situação e a sua relação com a crise que atinge o país, o diálogo ganhou um tom acalorado em diversos momentos, sobretudo, ao se discutir a participação de cada município na manutenção do serviço.

 

Otorrinolaringologia

Durante o encontro, o secretário de Saúde de Santa Cruz do Sul, Henrique Hermany, aproveitou para comunicar que na próxima segunda-feira, 16, às 11h30, ocorre o lançamento do serviço de otorrinolaringologia e otoneurologia junto ao Hospital Beneficente Monte Alverne, que também vai abranger Venâncio Aires. Antes, a referência era o Hospital de Candelária.

 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alan Faleiro

 
Categoria: Noticias - Fenachim
Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||