Frentes de obras de restauração avançam na RSC-287

Publicado em 21/11/2018 às 16h39

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), por meio do Governo do Estado e da Secretária dos Transportes, segue realizando diversas obras de restauração na RSC-287. São mais de R$ 22 milhões investidos no pavimento da rodovia, nos trechos entre Santa Cruz do Sul a Tabaí, do km 28 ao km 105, e do segmento de Santa Cruz a Vila Paraíso, do km 105 ao km 177.

As melhorias realizadas entre Santa Cruz do Sul a Tabaí estão sendo executadas através da empresa Coesul – Construtora Extremo Sul, com cerca de R$ 12,6 milhões de investimento. Desde o início do contrato –  em 2017 –  até agora já foram destinados mais de R$ 6 milhões em manutenção, com recursos procedentes da praça de pedágio de Venâncio Aires.

Já na extensão entre Santa Cruz e Vila Paraíso os trabalhos são executados por meio da empresa RGS Engenharia, com mais de R$ 10,4 milhões de investimento, dos quais já foram aplicados R$ 9,7 milhões desde a ordem de início, em 2016. Todos os recursos utilizados nesta extensão são oriundos da praça de Candelária.

No momento estão sendo feitos reparos profundos no km 95, em Santa Cruz do Sul, além de recapeamento entre o km 147 ao 150, em Candelária. Para as próximas semanas estão programados serviços de reparos profundos e recapeamento no trecho do km 92 a 97.

Neste ano, a EGR entregou a obra da travessia urbana de Santa Cruz do Sul, que compreende o viaduto Fritz e Frida e mais um trecho duplicado, com investimento de cerca de R$ 27 milhões. O conjunto de intervenções solucionou o problema de congestionamentos no local. Além disto, a EGR está construindo uma nova rótula em Candelária, para melhorar a segurança no acesso ao município.

Sobre a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR)

Em funcionamento desde 2013, conta com uma estrutura de 75 funcionários, contratados por concurso público. A EGR atua na conservação, manutenção, limpeza e implantação de melhorias em mais de 900km de rodovias no Estado. Também oferece aos usuários serviços de ambulância, guincho e resgate. A empresa pública é vinculada à Secretaria dos Transportes do Estado.

 

Fonte: Jornal Olá
CRÉDITO: AI EGR

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||