Futuro do Carnaval em debate

Publicado em 14/05/2018 às 14h10

 Zart destaca que o encontro é aberto à comunidadeRenovar o Carnaval de rua de Venâncio Aires é o principal objetivo de encontro que ocorre neste mês. A intenção é discutir alternativas para fortalecer o evento e garantir que a festa retome o crescimento em público e em atrações. A audiência pública no dia 29 ocorre às 19h30min, na sala de reuniões da Prefeitura.

O secretário de Cultura e Esportes, Saul Zart, explica que para a reunião serão convidados os dirigentes das escolas de samba, empresários e mesmo dirigentes de outros municípios. 'Mais do que discutir a modernização do Carnaval de rua, queremos potencializar a regionalização do nosso evento. Escolas de samba de outras cidades podem ser agregadas. Os convites serão emitidos para cidades dos vales do Taquari e Rio Pardo', informou.

Ele cita ainda que serão apresentadas algumas alternativas, sugeridas pela Administração Municipal, para atualizar o evento, mas que todos estarão aptos a sugerirem mudanças. Algumas medidas que o poder público quer debater na audiência partem da Brigada Militar. O prefeito Giovane Wickert também estará presente.

 

PARQUE DO CHIMARRÃO

Zart cita que uma das alternativas que serão apresentadas na audiência pública será a transferência do desfile da rua Osvaldo Aranha para o Acesso Dona Leopoldina, para ficar centrado em frente ao Parque Municipal do Chimarrão. 'Ganhariam as escolas em espaço e o público teria uma melhor visibilidade'. O espaço comportaria também arquibancadas e camarotes, fato que hoje é tido como impossível ser desenvolvido no Centro.

Com a transferência poderiam ser agregados eventos específicos ao parque posteriores aos desfiles. Poderiam ser organizados shows e outras apresentações. Ao mesmo tempo que a segurança poderia ser reforçada. 'Na Osvaldo Aranha, por ser um ambiente aberto, mesmo com policias e seguranças privados estejam presentes, brigas são difíceis de serem evitadas ou controladas', argumenta o secretário.

Uma das alternativas para facilitar o deslocamento do público seria oferecer linhas de ônibus alternativas do Centro ao parque.'Atualmente estamos com dificuldades de conseguirmos patrocínio para o Carnaval. Estando em um ambiente mais restrito seria mais fácil de conseguir pois a visibilidade da empresa seria evidente'

 

GENERAL OSÓRIO

Outra alternativa que passou a ser cogitada é transferir o desfile para a rua General Osório, que é uma via mais larga e que comportaria um controle mais efetivo de quem circula, além de possibilitar a instalação de arquibancadas.

 

REGIONALIZAÇÃO

Na audiência pública será apresentado projeto para regionalizar o desfile. Caso seja aceito a proposição, é possível que o Carnaval de rua passe de dois para três dias. No sábado e domingo seriam reservados para as escolas locais mostrarem suas belezas e encantos, enquanto a vencedora desfilaria novamente na segunda-feira com as escolas da região. A expectativa do Executivo Municipal é de que pelo menos cinco escolas de Venâncio Aires participem do desfile em 2019.

'É importante que todos os interessados compareçam. O que for decidido na audiência será aplicado a partir de 2019.' 
SAUL ZART
Secretário de Cultura e Esportes

 

NÉGO VOLTA EM 2019

Uma das escolas de samba que reforçará o time de Venâncio Aires no Carnaval de rua do próximo ano é a Négo. A agremiação mais tradicional na Rua Grande já planeja o tema que será abordado em 2019, contudo nada é revelado pela diretoria. De acordo com o presidente da entidade, Ubirajara Pereira, o Bira, serão realizadas diversas oficinas em preparação ao desfile. A primeira que será realizada é a de percussão.

 

TROCA DE COMANDO

O comando da Secretaria de Cultura e Esportes também mudará em breve. Saul Zart deixa o posto de titular para se dedicar exclusivamente ao Departamento de Cultura. Em seu lugar assume Henrique Silva, que atualmente comanda o Departamento de Esportes. Já na vaga de Silva ficará Diego Konrad. A traca de comando na Secretaria foi estabelecido no inicio do governo de Giovane Wickert.

Zart pretende ainda em maio realizar uma coletiva de imprensa para apresentar o trabalho de sua gestão. Ele deixará o comando em junho ou julho, tudo depende de questões pessoais.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e foto: Cristiano Wildner

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||