Greve do magistério continua

Publicado em 10/11/2017 às 19h30

.Em assembleia geral realizada na sexta-feira, 10, em Porto Alegre, servidores da rede estadual de ensino decidiram permanecer em greve. Embora a decisão regional tenha sido pelo fim da paralisação, a reunião estadual do Centro de Professores do Estado do Rio Grande do Sul (Cpers/Sindicato) aprovou a continuidade da greve, iniciada em 5 de setembro. Foram 1.160 votos a favor da greve e 578 contra.

Os educadores reivindicam o fim dos parcelamentos salariais, negociação de reajuste na remuneração e retirada de projetos de lei que afetam direitos trabalhistas. Em Venâncio Aires, todas as escolas estaduais já retomaram as aulas. Entretanto, alguns educadores seguem paralisados. A instituição mais atingida pela greve parcial é a Escola Estadual de Ensino Médio Sebastião Jubal Junqueira, de Vila Deodoro, onde estudantes têm tido aula, apenas, três dias por semana.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Juliana Bencke 
Foto: Frederico de Barros Silva/AI Cpers / Divulgação

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||