IFSul é o quinto melhor instituto federal do país

Publicado em 05/12/2017 às 10h25

A divulgação do Índice Geral de Cursos (IGC), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na semana passada, colocou o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) na quinta posição do país, entre 40 instituições da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica.

Com 14 campus no Rio Grande do Sul, incluindo Venâncio Aires, o IFSul alcançou o conceito 4, em uma escala de avaliação de 1 a 5, do Índice Geral de Cursos. O indicador é referente ao período de 2014 a 2016 e leva em conta a média de conceitos obtidos por cursos superiores, a avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino.

Embora cursos do IFSul Venâncio Aires não tenham integrado a avaliação do Ministério da Educação (MEC), para o diretor do campus, Cristian Oliveira da Conceição, o resultado deve ser motivo de orgulho para a comunidade. 
"O reflexo da instituição perpassa todos os campus. Apesar de ser uma instituição nova, o IFSul é muito bem organizado, planejado e democrático. Há pouco tempo, passamos por uma auditoria da própria instituição no campus Venâncio e não houve nenhum apontamento. É um trabalho sério com o dinheiro público", define.

De acordo com Conceição, o planejamento e a organização estão entre os fatores responsáveis pelo desempenho positivo da escola federal. Além disso, eles se somam à infraestrutura oferecida aos estudantes e, especialmente, à qualificação dos profissionais. "Temos professores bem remunerados, com dedicação exclusiva e alto nível de qualificação", ressalta.

Saiba mais
- Com a quinta colocação no ranking brasileiro, o IFSul ficou atrás, apenas, dos institutos federais de Brasília (IFB), Goiano (IF Goiano), Catarinense (IF Catarinense) e do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG). 
- O IFSul também está entre as 13 instituições da rede federal que receberam o conceito 4 - o maior obtido pelos institutos na avaliação. Os outros dois institutos federais do Rio Grande do Sul - IFRS e IF Farroupilha - também alcançaram esse conceito.
- Oito cursos do IFSul foram avaliados no IGC. A graduação em Engenharia Elétrica, do campus Pelotas, alcançou a pontuação mais alta, com 3,82, seguido por Tecnologia em Gestão da Produção Industrial, de Sapucaia do Sul, com nota 3,5.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Juliana Bencke

 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||