João XXIII leva primeira refeição do dia para famílias de quatro bairros

Publicado em 08/06/2018 às 13h52

Bairros recebem visita uma vez por semanaPara muitas famílias de Venâncio Aires, um dia por semana, a primeira refeição vem de mãos solidárias que se revezam para levar mais do que alimento, mas também um momento de reflexão e oração às comunidades. O trabalho é executado pela equipe de voluntários do Centro Promocional João XXIII e beneficia quatro comunidades de bairros de Venâncio Aires, totalizando 68 famílias. Além do café da manhã, as famílias cadastradas e que também recebem visitas domiciliares, levam alimentos para casa. 'É um trabalho que não é somente voltado ao lado material, mas também, de evangelização, de orientação e de assistência social', destaca a presidente, Ivone Fengler.

Segundo ela, o trabalho é realizado nas segundas, terças, quartas e sextas-feiras, cada dia em uma comunidade diferente. 'Realizamos este trabalho há muitos anos. Além disso, visitamos as famílias, selecionados aquelas que mais necessitam, sempre priorizando as famílias com crianças, idosos e doentes', explica. Nas quartas-feiras, por exemplo, é o dia da equipe de voluntários servir o café da manhã para 23 famílias da Vila Rica. Nesta semana, o cardápio contou com cuca e pão preparados pelas voluntárias e ainda, café com leite. Além disso, cada família pode levar para casa uma sacola com pão, cuca e um litro de leite.

Entre as famílias beneficiadas está a de Jandira Pereira Lacerda, moradora da Vila Rica. Ela levou sua neta de oito anos para tomar café e conta que durante as férias, também leva a filha de 12 anos. Ela conta que mesmo trabalhando como safreira numa fumageira, as doações ajudam na alimentação da família, principalmente na época da entressafra. Ela é beneficiada pelo João XXIII desde que iniciou a distribuição das sacolas. 'Sem a ajuda do Centro Promocional, as dificuldades seriam bem maiores'.

 

CARDÁPIO - Ivone conta que a elaboração do cardápio do que é servido no café varia muito conforme a disponibilidade de produtos e doações. Para isso, é necessária a colaboração e doação voluntária da comunidade e muitas vezes o centro adquire o que está em falta para não deixar de atender as famílias. 'Elas dependem e precisam muito do nosso trabalho', salienta. Ivone destaca que o João XXIII está sempre aberto a doações e que quem quiser e puder colaborar, pode fazê-lo diretamente no Centro Promocional, localizado na rua Visconde do Rio Branco, 737, próximo da escola Cônego Albino Juchem.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Edemar Etges
Foto: Álvaro Pegoraro

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||