Mais de 300 benefícios do Bolsa Família são bloqueados em Venâncio

Publicado em 27/07/2018 às 14h48

O primeiro semestre de 2018 encerrou com o repasse de R$ 1.776.654,00 em benefícios do Bolsa Família. O mês de junho encerrou com 1.826 famílias que receberam recursos por meio do programa federal, sendo que a média mensal de beneficiários é de 2,2 mil famílias. São destinados ao município R$ 300 mil, em média por mês, para o custeio de complementação de renda. Entretanto, no mês passado houve bloqueio de recursos por conta de problemas cadastrais ou não atualização das informações.

Os dados fazem parte do relatório de gestão do programa divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. O benefício médio repassado em Venâncio foi de R$ 137,10 por família. Conforme estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), fundação pública federal vinculada ao Ministério do Planejamento, a cada R$ 1,00 transferido às famílias do programa, o Produto Interno Bruto (PIB) municipal tem um acréscimo de R$ 1,78.

A cobertura do programa é de 74,20% em relação à estimativa de famílias pobres no município. Essa estimativa é calculada com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

ATUALIZAÇÃO

Periodicamente, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) convoca as famílias beneficiárias para atualizarem seus cadastros nos processos de Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral. Em cada um desses processos, as famílias são organizadas em grupos, com prazos diferenciados para a atualização cadastral. Neste ano, após convocações, 336 famílias perderam o benefício no mês de junho. Ao longo de cinco meses a secretaria municipal de Habitação e Desenvolvimento Social, gestora local do programa, convocou as famílias para atualização de cadastro.

Segundo a responsável pelo Cadastro Único na pasta, Lidiane Pereira Fausto, os beneficiários tiveram os valores do programa bloqueados e devem comprovar a necessidade. “É uma política de atualização e isso ocorre todos os meses. Sem as devidas comprovações, os beneficiários do programa podem ter os valores cortados.”

 

DEMANDA

Segundo Lidiane, todos os meses famílias procuram a secretaria para realizar o cadastro do Bolsa Família. Entretanto, nos meses de maio e junho houve aumento. Em média 40 pessoas buscaram o benefício. Conforme a profissional, o crescimento da demanda se deve as dificuldades para garantir renda no mercado de trabalho.

 

Fonte: Jornal Olá

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||