Mesa da Câmara será eleita no dia 20 de dezembro

Publicado em 28/11/2018 às 18h37

Vereadores vão escolher novo presidente do Legislativo na última sessão do ano, no dia 20 de dezembro, a partir das 18hEstá marcada para o dia 20 de dezembro, a partir das 18h, a última sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Venâncio Aires em 2018, data em que será eleita a nova Mesa Diretora da Casa, que ficará responsável pelo comando do Legislativo no próximo ano. A reunião promete ser tensa, com 'altas temperaturas', isso porque são fortes os indícios de que o acordo firmado entre os partidos da base governista - e que prevê Eduardo Kappel (Progressistas) como presidente em 2019 -, tem tudo para ser rompido.

O acordo garantiu a presidência do Legislativo a Gilberto dos Santos (PTB), em 2017, e também a Sandra Wagner (PSB), em 2018. Mas, segundo informações dos bastidores da Casa, os vereadores não estariam dispostos a eleger Kappel, temendo que seu comportamento possa causar prejuízos à imagem da Câmara. O progressista já declarou que vai se sentir traído caso haja uma reviravolta na situação e, tanto no Legislativo quanto no Executivo, busca apoio para chegar à Mesa Diretora, ele que já foi presidente em 2008.

OUTROS NOMES - Com o cenário de incerteza em relação ao nome de Eduardo Kappel, surgem como alternativas os nomes de André Puthin (MDB) e Nelsoir Battisti (PSD). Puthin não esconde o interesse de assumir a presidência, mas não está disposto a se envolver em confusão. Battisti apenas teria o seu mandato de presidente antecipado em um ano, já que pelo acordo governista é apontado para o comando da Mesa Diretora em 2020, último ano da atual legislatura. Também quer ser presidente, mas já disse que abre mão da candidatura para o colega Zé da Rosa (PSD), que foi o mais votado do partido na eleição de 2016.

CHAPA ALTERNATIVA - As dúvidas são tantas que até os vereadores do PDT - que em diversas ocasiões foram 'esmagados' em votações com placares de 12 a 3, neste ano - pensam em lançar uma chapa para a presidência da Casa. A intenção foi confirmada por Sid Ferreira, após a sessão desta segunda-feira, 26. 'Estamos pensando nisso. Não é uma certeza, mas pode acontecer, pois precisamos de quatro parlamentares para oficializar a chapa. Vamos conversar com alguns colegas e, se conseguirmos contribuir neste processo, será interessante', afirmou.

Para o vereador, não é uma utopia inscrever a chapa e ganhar a eleição para a Mesa Diretora, pois a incerteza é muito evidente e pode levar os colegas que não concordam com Kappel na presidência a seguirem por caminho alternativo. 'É difícil, mas não impossível. Podemos articular um grupo e o nome para presidente pode ser de um colega de outro partido, não necessariamente do PDT. Se há tanta dúvida, vamos esquentar mais um pouco este cenário', declarou. Adelânio Ruppenthal (PSB), Ciro Fernandes (PSC) e Zé da Rosa (PSD) seriam alguns dos 'alvos' pedetistas, além de vereadores da bancada do MDB.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Carlos Dickow 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||