Mil litros de leite doados à Liga neste mês

Publicado em 01/11/2017 às 19h22

Liga Feminina de Combate ao Câncer, como forma de garantir recursos, comercializa, ao longo do ano, camisetas Denominado de Outubro Rosa, o mês tem como propósito ressaltar a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Neste mês, a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Venâncio Aires realizou várias atividades para reforçar a prevenção e, inclusive, contou com o apoio da comunidade, a qual fez diversas doações.

Foram mil litros de leite doados, sendo que, nos outros meses, a média de doações mensais chega a 300 litros. Segundo a presidente da Liga, Izoldi Bugs, o aumento significativo de produtos doados mostra o quanto que a campanha referente ao Outubro Rosa mobiliza as pessoas.

Ao longo do ano, a entidade também comercializa camisetas e canetas como forma de garantir recursos e conseguir atender as pessoas. Izoldi ressalta que, em outubro, as pessoas abraçaram ainda mais a causa e o número de produtos vendidos cresceu consideravelmente. Foram 900 camisetas e 700 canetas comercializadas. Quem tiver o interesse de adquiri-las, é só comparecer na sede da Liga, no Hospital São Sebastião Mártir. A camiseta custa R$ 40 e a caneta tem o valor de R$ 5. 'As pessoas podem procurar a Liga para ajudar e também serem ajudadas', complementa.

Apoio da comunidade
Palestras sobre prevenção ao câncer de mama realizadas nas escolas e empresas de Venâncio foram algumas das ações que também marcaram o Outubro Rosa. Segundo Izoldi, o apoio da comunidade tem sido muito importante. No último sábado, por exemplo, foi realizada uma caminhada justamente em prol da prevenção, em que, para participar, cada integrante necessitava levar um litro de leite. A atividade foi organizada por uma empresa de Venâncio e resultou em 70 litros da bebida. Outra ação realizada no município em prol da Liga ocorreu em uma farmácia que aderiu a campanha Amigo de Valor. Em um recipiente na farmácia, as pessoas, caso quisessem, depositavam dinheiro.O valor arrecadado foi destinado à entidade que, com ele, conseguiu comprar o primeiro prêmio da rifa que tem organizado. 'Foi uma ideia muito legal. Estamos muito felizes com a colaboração das pessoas. Várias outras ações foram realizadas pela comunidade', comenta. 

Atualmente, a Liga atende um total de 205 pessoas. Deste número, 76 são homens, 127 mulheres e há, ainda, duas crianças. O câncer mais comum é o de mama, sendo que das 205 pessoas atendidas, 46 delas têm esse tipo de câncer. Na ordem dos mais recorrentes, está o câncer de pele, de pulmão, próstata e útero. São cerca de dez pessoas que se envolvem de forma direta com a entidade, mas também existem as equipes que prestam assistência aos pacientes e que fazem a prevenção. Há, também, o conselho deliberativo, a Liga Jovem e, ainda, existem as amigas da entidade que se deslocam até os locais para receber as doações.

Terminada as ações referentes à programação do Outubro Rosa, agora a Liga Feminina de Combate ao Câncer planeja as atividades relacionadas ao Novembro Azul, mês que tem como intuito a conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e Foto: Kethlin Meurer / Folha do Mate

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||