No segundo semestre de 2018, 4,2 mil não foram às consultas

Publicado em 14/03/2019 às 11h16

Pediatra Fernanda Almeida não tinha consultas agendadas para ontem à tarde, no posto do bairro Santa Tecla, mas aguardava pessoas que precisassem de atendimentos. Pela manhã, quando estava no Posto de Saúde Central, duas pessoas não compareceram às consultasDados disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde revelam que 4.201 pessoas deixaram de comparecer a consultas médicas agendadas na rede pública de Venâncio Aires, no segundo semestre do ano passado. O percentual de ausências é de 5,69%, considerando o total de 73.731 consultas em unidades públicas ou prestadores de serviços. O índice pode não parecer tão elevado, mas a verdade é que todas estas consultas que não foram consumadas tiraram as oportunidades de outros pacientes serem atendidos.

A maioria dos não comparecimentos - 960 - foi registrada no Posto de Atendimento Médico (PAM) do bairro Cruzeiro. A Unidade Básica de Saúde (UBS) Central aparece na segunda posição entre os pontos de atendimento com mais faltas: foram 540 nos últimos seis meses de 2018. Caps AD (382), Caps II (325) e ESF do bairro Macedo (267) completam o 'top 5' das unidades com mais ausências em consultas.

Na comparação com os primeiros seis meses do ano passado, houve aumento percentual do número de ausências. De janeiro a junho de 2018, foram 3.781 faltas de um total de 72.800 agendamentos - 5,19%. 'Normalmente, as consultas com os especialistas são as que mais registram faltas', afirma o secretário de Saúde, Ramon Schwengber, ao analisar os não comparecimentos no PAM. Em relação ao incremento no percentual de ausências do primeiro para o segundo semestre, a tese do secretário é de que se deve ao fato de o número de consultas agendadas ter aumentado. 'Provavelmente esse é o reflexo', diz.

 

CONSCIENTIZAÇÃO

Schwengber comenta que a Saúde não tem informações a respeito dos motivos que levam pacientes a faltarem às consultas e destaca que é preciso conscientizar as pessoas para que comuniquem caso tenham dificuldade de comparecer aos atendimentos. 'Os pacientes precisam ter em mente que, se tiverem consultas marcadas e não forem, vão tirar o lugar de alguém e os custos da Prefeitura serão os mesmos', ressalta.

 

'Não custa nada avisar'

A aposentada Maria Carlota Hermes, de 63 anos, assegura que, sempre que tem consulta agendada, comparece. 'Moro em Linha Sapé e costumo vir de carro, com minha vizinha. Mas, quando não dá, venho de ônibus até o posto do bairro Santa Tecla', comenta ela, que ontem aguardava atendimento no local. Maria concorda que as pessoas devem ser mais responsáveis: 'Se sabem com antecedência que não vão à consulta, não custa nada avisar. Creio que a maior parte dos pacientes tem condição', argumenta.

Profissionais que atuam nas unidades de saúde sustentam que o agendamento virtual de consultas é um potencializador de ausências. 'Antes, as pessoas que realmente precisavam, passavam as noites e madrugadas nas filas, mas com o intuito de terminar com estas filas, foi alterada a forma da busca por atendimentos. Passaram a ser feitos agendamentos e, agora, qualquer pessoa pode ir a um posto de saúde e colocar nomes na fila de espera. Hoje, temos pessoas há mais de dez meses aguardando e, quando sua consulta é agendada, muitas vezes a pessoa já buscou o atendimento em outros locais. Estas situações ocorrem principalmente com os oftalmologistas', diz uma fonte que pediu para não ser identificada.

 

Nos primeiros dois meses deste ano foram registradas 1.471 ausências, de um total de 24.758 consultas agendadas. O percentual de faltas é de 5,94%.

Local Quantidade Ausências
ESF 1 Caic 8.522 2
UBS Central 7.335 540
UBS PAM 5.811 960
UBS Gressler 5.224 128
ESF 3 Macedo 4.974 267
UBS Santa Tecla 4.103 21
ESF 7 Mariante 3.582 51
ESF 4 Santa Tecla 3.521 172
ESF 6 Gressler 3.200 128
Cies 2.740 221
CMO (Oftalmologia) 2.527 216
ESF 2 Coronel Brito 2.227 75
Cadi 1.883 171
Caps II 1.806 325
UBS Palanque 1.734 9
ESF 5 Tabalar 1.681 154
UBS Santa Emília 1.478 62
Epen 1.248 0
UBS Cruzeiro 1.039 159
UBS Centro Linha Brasil 1.017 1
UBS Estância Nova 997 16
UBS Travessa 939 6
Caps AD 936 382
UBS Deodoro 865 42
UBS Tangerinas 856 4
UBS Teresinha 700 9
Caps Infanto 530 94
HSSM 434 0
Ivan Seibel 418 64
Márcio Gaio Abela 311 0
Elaine Latosinski (Hemodiálise) 290 0
Psicosaúde Psicologia 277 16
Deise Nagel (Psicologia) 192 5
Jéssica Silveira (Psicologia) 184 12
Med Passo Clínica Médica 59 0
Unidade Móvel 42 0
UBS Vila Arlindo 22 1
UBS Coronel Brito 17 0
André Rocha Puglia 4 0
Cláudia Cunha 2 0
Secretaria de Saúde 2 0
Carlos Alberto Froemming 2 0

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Carlos Dickow e Alvaro Pegoraro 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||