Nove das 22 escolas estaduais não têm candidato à direção

Publicado em 16/11/2018 às 09h34

A exemplo do que ocorreu em 2015, em torno de 40% das escolas estaduais não têm candidatos para a eleição de diretores, marcada para o dia 27. Das 22 instituições da rede estadual, nove não tiveram chapas inscritas para o pleito e terão os gestores indicados pela Secretaria Estadual de Educação. Entre elas, estão as escolas de ensino médio Wolfram Metzler, Mariante e Frida Reckziegel que, juntas, têm em torno de 1,1 mil estudantes matriculados.

Entre os motivos para a falta de candidatos estão desde a aposentadoria dos diretores até a falta de interessados em assumir a função. Com 270 alunos, a Escola Estadual de Ensino Fundamental Zilda de Brito Pereira, do bairro Gressler, também é uma das que não teve chapa inscrita para o pleito.

A atual diretora, Izair Teresinha Zanus, explica que, embora esteja disposta a continuar o trabalho à frente do estabelecimento de ensino, não foi possível formar chapa com dois vice-diretores para concorrer. Na última eleição, em 2015, a instituição também não teve candidatos e Izair ingressou por indicação, inicialmente, como vice-diretora e, após, assumiu como diretora.

'Tenho 20 anos de experiência na direção de escolas. Gosto da parte da gestão, mas é algo para o qual precisamos nos dedicar muito. A parte administrativa e financeira exige bastante da direção', comenta ela, que é professora de Matemática e atuou na direção de escola em Marques de Souza e Santa Cruz do Sul.

Na Zilda, assim como nas demais escolas nas quais não houve candidatos, o diretor será nomeado pela Secretaria Estadual de Educação, em um prazo de até 90 dias, após a eleição. 'Um dos critérios é a maior titulação na escola', explica a assessora de Recursos Humanos da 6ª Coordenadoria Regional de Educação (6ª CRE), Maria Iradi Mariani. De acordo com ela, Venâncio Aires foi um dos municípios da área de abrangência da coordenadoria com maior número de escolas sem candidatos.

 

Continuidade

Nas 13 escolas que têm candidatos à eleição - todas elas, com chapas únicas - há em comum a continuidade do trabalho já desenvolvido nos estabelecimentos de ensino. Enquanto em algumas instituições diretores eleitos ou indicados no processo de 2015 buscam mais três anos à frente das escolas, em outras, profissionais que já integravam a equipe diretiva ou assumiram mandatos 'no meio do caminho', pela aposentadoria ou transferência dos diretores, se propõem a continuar o trabalho.

É o caso das duas maiores escolas de Venâncio Aires: Cônego Albino Juchem (CAJ) e Monte das Tabocas. Nos dois colégios, as atuais diretoras, Marisa Lisete Schwingel Hansel e Marinêz Ferreira Weizemann, respectivamente, assumiram a direção no início deste ano, após a aposentoria de Inês Lagasse Mayer e Jacqueline Pasa.

>> O número de vice-diretores varia conforme a quantidade de alunos de cada escola.

Sobre a eleição

A eleição de diretores das escolas estaduais ocorre dia 27. Podem votar alunos a partir do 5º ano ou maiores de 12 anos, pais ou responsáveis de estudantes, professores e demais servidores das escolas . Neste ano, pela primeira vez, diretores realizarão um curso de qualificação obrigatório para os gestores, oferecido pela Secretaria Estadual de Educação.

Com carga horária de 60 horas, a capacitação será realizada por Educação a Distância (EAD) e vai abordar desde informações sobre o funcionamento da pasta, a partir de setores de Planejamento, Administrativo, Recusos Humanos e Pedagógicos, até conteúdos sobre liderança e comunicação, entre outros.

 

Escolas sem inscrição de chapa

- 11 de Maio

- Frida Reckziegel

- Helmulth Lehmen

- João Pádua da Rosa

- Mariante

- Miguel Macedo de Campos

- Santa Isabel (em processo de municipalização)

- Zilda de Brito Pereira

- Wolfram Metzler

 

Candidatos

Escola Estadual de Ensino Médio Adelina Isabela Konzen
Diretora: Adriana Dornelles Jantsch Kroth
Vices: Simone Beatris Nunes Chaves e Enar Schwingel Martins

Escola Estadual de Ensino Médio Cônego Albino Juchem
Diretora: Marisa Lisete Schwingel Hansel
Vices: Cláudia Cristina Neumann, Altair Luís Bender e André Henckes

Escola Estadual de Ensino Médio Crescer
Diretora: Susana Marinesa da Rosa
Vices: Claudete Angela Arenhardt, Naira Lisete Heck dos Santos e Ananda Legramanti

Escola Estadual de Ensino Médio Jubal Junqueira
Diretora: Adriana Inês Scheibler
Vice: Eara Luísa Luft Henckes

Escola Estadual de Ensino Médio Monte das Tabocas
Diretora: Marinêz Ferreira Weizemann
Vices: Eloisa Maria Sederhen, Cristine Glier, Caroline Andréa Dreissig Aguirre e Rosana Hansel Schafer

Escola Estadual de Ensino Fundamental Brígida do Nascimento
Diretora: Karla Naue Parraga da Silva
Vice: Miriam de Azambuja Spies

Escola Estadual de Ensino Fundamental Cristiano Bencke
Diretora: Raquel Elisabete Schmidt
Vice: Lizete Frey Wagner

Escola Estadual de Ensino Fundamental Leo João Frölich
Diretora: Maria Cristina Pozzebon Lenhardt

Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Diretora: Liege Beatriz Machry Regert

Escola Estadual de Ensino Fundamental Professor Pedro Beno Bohn
Diretora: Isabel Cristina Wilsmann
Vice: Lara Maria de Azeredo Henn

Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Helena Bohn
Diretora: Ana Cristine Heinen Stertz

Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Leontina
Diretora: Nara Claudete Ferreira da Luz
Vice: Jaqueline Daniela da Rosa

Escola Estadual de Ensino Fundamental São Luiz
Diretora: Sandra Eneida Knak

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Juliana Bencke 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||