Oficina qualifica mulheres para aproveitamento integral de alimentos

Publicado em 19/10/2018 às 07h53

Oficina ensinou o preparo e armazenamento correto dos alimentosPara marcar o Dia Mundial da Alimentação, comemorado na terça-feira, 16, e para integrar a programação da Semana da Alimentação, o escritório municipal da Emater/RS-Ascar promoveu uma oficina de aproveitamento integral de alimentos.

A qualificação ocorreu na cozinha industrial da Cooperativa dos Produtores de Venâncio Aires (Cooprova) e contemplou mulheres beneficiadas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A atividade foi ministrada pela extensionista rural social Lissandra Rebelatto, auxiliada pela extensionista rural Djeimi Janisch, com o apoio da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social.

Lissandra explicou as técnicas de conservação de hortaliças e ensinou como fazer as conservas em geral. Na oficina, foram envasadas algumas hortaliças como a beterraba, brócolis, couve-flor e rabanete. Foi ensinado, ainda, o preparo de maionese e o patê de cenoura.

 

Consciência 
Antes de iniciar a parte prática, Lissandra fez uma reflexão sobre os desperdícios de alimentos. 'Por isso, guardar e armazenar produtos agrícolas é uma atitude inteligente', frisou, acentuando que as frutas e as hortaliças, mediante simples processo de industrialização caseiro, podem ser utilizadas, consumidas e apreciadas durante o ano inteiro.

O objetivo do curso, segundo Lissandra, é gerar às famílias, conhecimento sobre conservação de alimentos, no sentido, não apenas de proporcionar um melhor padrão alimentar, mas, também, possibilitar, de forma adicional, uma diminuição das despesas domésticas. 'Eu fazia do meu jeito, mas no curso, aprendi os segredos para fazer as conservas para que elas durem fechadas por, pelo menos, um ano antes de serem consumidas', afirmou Nara de Borba, uma das participantes da oficina, moradora do Loteamento Eisermann. 

'Eu fazia as conservas de uma maneira diferente e, além de aprender a maneira correta de fazê-las, aprendi muito com as orientações para o aproveitamento integral dos alimentos. Aprendi, ainda, que não há a necessidade de armazenar os alimentos em forma de conserva, e sim, podem ser guardados congelados no freezer', frisou Alexsandra Isabel Conceição, moradora do Loteamento Novo Horizonte, do bairro Battisti. 'Foi um aprendizado novo porque eu nunca havia feito e nem sabia o que era uma conserva. Foi uma oportunidade para aprender algo a mais e colocá-lo em prática na hora de preparar os alimentos da família', destacou Marilene Gomes Santos, moradora do Distrito Industrial.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e foto: Edemar Etges 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||