Os planos de Wickert para 2019

Publicado em 31/12/2018 às 17h43

Prefeito Giovane completa primeira metade do mandato, que vai até 2020. Segunda metade será de priopridade para saúde, educação, segurança pública e melhorias de estradas do interiorO prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert, chega à metade do seu mandato com avaliação de que as ações estão sendo desenvolvidas dentro do planejamento traçado quando assumiu o Município, no início de 2017. De acordo com Wickert, no primeiro ano o governo conseguiu superar o desafio do equilíbrio político e, em 2018, cumpriu a decisão de tocar obras e avançar na prestação de serviços. 'Muitos apostavam em um rompimento (entre ele e o vice-prefeito Celso Krämer), mas conseguimos consolidar o ambiente político e fizemos gestão, reduzindo o déficit e pagando contas do governo anterior. Além disso, garantimos reajuste real para nossos servidores e vale-alimentação para os professores e funcionários da saúde que não recebiam', exemplifica.

Para 2019, o chefe do Executivo vai priorizar o tripé segurança pública, saúde e educação. Ele afirma que a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública é uma meta para o ano que se avizinha. 'Estamos trabalhando para viabilizar a estrutura, pois embora saibamos que é um dever do Estado, precisamos contribuir nesta área para evitar a escalada da criminalidade', diz Wickert. Em relação à saúde, o prefeito lembra a recente inauguração do posto de Vila Arlindo e se orgulha do projeto "Fim das Filas", que trocou a espera física, nas unidades de saúde, por filas informatizadas, 'evitando que os usuários precisem passar noites em claro para garantir atendimentos'.

Implementação de creches noturnas e a primeira Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) do interior - que deve ser erguida da em Vila Mariante - são algumas prioridades da educação para 2019. 'A EMEI Brands também deve abrir no próximo ano, aumentando nossa capacidade de oferecimento de vagas para a educação infantil, um dos grandes desafios da Administração Municipal', comenta. Além das três áreas escolhidas como prioritárias, Wickert assegura que não deixará de apoiar o setor produtivo, com expectativa especial em torno do novo Distrito Industrial e do Centro de Vocação Tecnológica (CVT) da Proteína Animal. 'São situações que já estão encaminhadas e que devem ser consolidadas no ano que vem na Capital do Chimarrão', aposta o prefeito.

 

INVESTIMENTOS

Os investimentos da Languiru e da Cosuel em Venâncio Aires também são motivo de orgulho para Giovane Wickert. De acordo com ele, a escolha das empresas pelo município são prova de que a Capital Nacional do Chimarrão está acertando em seus projetos de incentivo e, mais do que isso, se consolidando como referência estratégica para a logística de negócios. 'Bom para as empresas, que têm suas intenções atendidas, e para Venâncio Aires, que ganha em geração de impostos, emprego e renda', analisa. Ele também faz referência à Agrofeira e aos festivais do Churrasco e Chimarrão e de Balonismo, 'que atraem atenções da região e do estado para a nossa cidade'.

 

Conforme o prefeito Giovane Wickert, o ano de 2019 começará com o Município "atacando" as estradas do interior. Ele admite que as condições estão aquém do desejável, mas ressalta que, com a chegada de máquinas e caminhões novos, será possível oferecer melhores vias em breve. 



O que Giovane Wickert destaca

Minirreforma, que foi enviada para a Câmara de Vereadores e tem como um dos destaques a criação de cinco departamentos na Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Social: Juventude, Mulher, Idoso, Igualdade Racial e Pessoa com Deficiência

Criação do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e do FiscaleVC, que rendeu prêmio internacional de transparência, e também da Ouvidoria Municipal
Gincana dos Servidores, Sipat e revitalização do almoxarifado

Férias de 45 dias para todos os professores de Emeis e terço de férias sobre 45 dias para professores de Emefs

Consolidação do "IPTU Mais" na área urbana e distritos decidindo onde serão aplicados os recursos arrecadados em cada localidade

Refis Judicial e incentivo à nota premiada (Nota Fiscal Gaúcha Municipal)

Emei aberta no período de férias, PPCIs das escolas e vigias em instituições que oferecem EJA

Reforma da quadra da Escola Beno Breunnig

Mediação para os novos cursos da Unisc, parcerias com o IFSul, EAD Univates e terreno da Uninter

Obras nas praças Católica e Evangélica

Caminhódromo do Acesso Dona Leopoldina, recapeamento das ruas centrais e asfaltamento da estrada de Linha Sapé com recursos do Daer

Quadra esportiva do Parque, quadra de tênis no Parcão e inauguração da pista de atletismo

Asfalto em Vila Teresinha, Centro Linha Brasil e Mariante, além da pavimentação da rua Parteira Tica, uma antiga reivindicação da comunidade

Ginásios em Linha Mangueirão, Linha Cachoeira e Rincão de Souza

Asfalto e canalização na Santa Tecla, além de calçamentos comunitários em vários bairros

Lemic, Promiea, Mais Bela Voz e Destaque Esportivo

Consolidação do Carnaval e implementação de academias ao ar livre

Proteção das nascentes do Arroio Castelhano

Castração e vacinação de pets vulneráveis

Recuperação das câmeras de videomonitoramento



"COMISSÃO DO NÃO"

O prefeito Giovane Wickert destaca o trabalho desenvolvido em relação à busca pelo equilíbrio das contas públicas municipais nos primeiros dois anos de mandato. Apesar de os orçamentos ainda serem deficitários, o chefe do Executivo ressalta o esforço para elevar as receitas e reduzir as despesas.

Ele revela que um grupo criado para, internamente, avaliar as reais necessidades de gastos municipais, não endossou mais de 30% dos pedidos feitos à Secretaria Municipal da Fazenda. 'Foram analisados R$ 12 milhões em solicitações e R$ 4 milhões foram negados. O grupo é conhecido como "Comissão do Não" na Prefeitura. Em várias oportunidades, eles convenceram as pessoas que estavam pedindo determinado item que, em razão da realidade financeira, ele não era necessário', comenta.


'O ano de 2017 foi o primeiro da atual gestão, período em que a gente cuida do que é extremamente necessário. Os anos de 2018 e 2020 são eleitorais, o que acaba barrando muitas realizações por conta da legislação. Queremos fazer de 2019 o ano do andamento de projetos tão importantes para a nossa comunidade.'
GIOVANE WICKERT - Prefeito de Venâncio Aires

 

20% - é o percentual de aumento de investimento de recursos próprios na área da saúde, segundo o prefeito Giovane Wickert.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Carlos Dickow

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||