Prefeitura fará podas e limpeza das tipuanas no centro

Publicado em 29/11/2018 às 13h41

Centro de um debate sobre a situação das calçadas por conta das raízes das tipuanas no calçadão e área central, o corte das plantas ou a realização de ações para conter o crescimento passa a ser pauta prioritária da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). Como medida de curto prazo, será realizada a poda de galhos e limpeza das árvores, até que um levantamento completo avalie a situação de cada planta, danos causados e quais poderão ser cortadas na totalidade.

O assunto já foi pautado pelo Executivo Municipal após solicitação de reparos no Largo do Chimarrão, feito por comerciantes e empresários do local. Entretanto, o secretário Clóvis Schwertner (PSB) se posiciona de forma contrária a eliminação de todas as árvores. Segundo ele, é preciso adotar critério técnico. “Estamos alinhados às questões técnicas, vamos analisar todas as possibilidades para evitar cortes drásticos. Há novas tecnologias e precisamos avaliar as medidas econômicas,” ressalta.

Um edital para tomada de preços será lançado nos próximos dias para a contratação de empresa que irá realizar podas e limpeza de galhos nas plantas ao longo da Osvaldo Aranha. “É preciso contratar uma equipe especializada para avaliar os critérios e estabelecer os cortes certos. Na prefeitura não possuímos equipes especializadas neste tipo de poda, por isso vamos terceirizar,” explica.

 

DEBATE

A Semma avalia a vinda do especialista em arborização urbana e paisagismo, o engenheiro agrônomo Lair Ângelo Baum Ferreira. Professor aposentado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Ferreira já esteve em Venâncio Aires participando de audiência pública que discutiu a situação das tipuanas no centro. Além disso, em 2013, o profissional ministrou curso de poda, ofertado pela secretaria.

“Queremos solicitar a vinda do professor para o município, com o objetivo de analisar novas possibilidades para a recuperação do passeio público, bem como, minimizar os efeitos do crescimento das árvores. Esperamos realizar esta visita em até 15 dias,” destaca o secretário.

 

RECUPERAÇÃO

O poder público local analisa, junto com o Meio Ambiente, ações para recuperar o calçadão ao longo da rua Osvaldo Aranha. Entre as medidas já projetadas estão o corte de algumas plantas, para garantir maior espaçamento, além de avaliar ações de contenção das raízes em locais mais críticos. Além disso, no trecho entre a Travessa São Sebastião Mártir e a General Osório, está projetada a construção de uma rua coberta, com a retirada de árvores. O assunto também deve mobilizar o poder Legislativo, que tem pautado as discussões, por meio do vereador Ezequiel Stahl (PTB), para avaliar as opiniões dos cidadãos.

 

Fonte: Jornal Olá

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||