Propriedades rurais de Venâncio abrirão as portas para visitas

Publicado em 30/05/2018 às 17h08

Sistema Colhe e Pague foi lançado durante a segunda edição do Já pensou em ter a oportunidade de colher frutas e verduras fresquinhas diretamente da horta e do pomar? E poder realizar um passeio por diversas propriedades rurais, conhecendo as suas peculiaridades? Essas e outras experiências serão proporcionadas pela realização do projeto-piloto de turismo rural chamado Sistema Colhe e Pague, lançado no último domingo durante o 'Bergamoteando de Inverno' e que será colocado em prática a partir deste fim de semana. 

Por meio da iniciativa, nove propriedades rurais de Venâncio Aires irão abrir suas portas para receber visitantes em todos os fins de semana de junho, tanto no sábado quanto no domingo, das 13h às 17h. 'Para as crianças, será uma oportunidade ímpar de convívio com pequenos animais e de conhecimento, entendendo de onde vêm os alimentos', considera a coordenadora do Departamento de Turismo de Venâncio Aires, Angélica Diefenthäler. Ela orienta que quem participar da visitação use calçados apropriados, tendo em vista a caminhada por pomares, hortas e lavouras. 

De acordo com ela, cada propriedade apresenta suas singularidades, permitindo ao visitante um passeio diferente, desde a peculiar paisagem do trajeto, até a experiência da colheita. 'O ambiente rural proporciona vivências incríveis, principalmente para quem vive nos grandes centros urbanos. O simples ato da escolha do alimento que consumimos desperta em nós, um ser humano mais conectado com a terra e com os sentimentos. Assim é o espírito do bergamotear. Encantar-se com a simplicidade de colher e degustar umas 'bergas' bem fresquinhas ao sol do inverno', acrescenta.

O ambiente rural proporciona vivências incríveis, principalmente, para quem vive nos grandes centros urbanos. O simples ato da escolha do alimento que consumimos desperta em nós, um ser humano mais conectado com a terra e com os sentimentos.'

ANGÉLICA DIEFENTHÄLER
Coordenadora do Departamento de Turismo

 

TURISMO RURAL 

Angélica ainda relata que, na avaliação dos coordenadores do projeto, a iniciativa reforça as ações de fomento ao turismo rural e é de suma importância para a participação da comunidade urbana neste primeiro mês de atividades. 'Para os agricultores, abrir suas propriedades para a visitação também é uma nova experiência', avalia. 

Neste sentido, todas as propriedades vão disponibilizar um caderno para registro da presença e avaliações. 'Este feedback do visitante é muito importante para a correção de possíveis falhas e melhorias no projeto. A ideia é sempre alinhar oferta com demanda, oferecer aquilo que o visitante procura', destaca a coordenadora de Turismo. 

Angélica também compartilha que, pensando na hospitalidade da Capital Nacional do Chimarrão, todas as propriedades vão preparar um recanto especial destinado ao chimarrão. Além disso, os empreendedores adotaram um avental personalizado para o atendimento e há placas de identificação do projeto em frente às propriedades. O mapa e as coordenadas geográficas para GPS estão disponíveis no Centro de Atendimento ao Turista, no site da Prefeitura e pelo telefone (whats) 99802-7426.

O Sistema Colhe e Pague foi apresentado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, por meio do Departamento de Turismo, e Emater de Venâncio Aires. O projeto ainda conta com o apoio do Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

 

SERVIÇO

Valores: as propriedades irão operar com dois tipos de tarifário. No caso da visitação somente para degustação - direcionada para quem vai colher apenas para consumo imediato - será cobrado R$ 10 para carros e R$ 5 para motocicletas e bicicletas. Para a outra modalidade, que é a de visitação com colheita, o pagamento será feito de acordo com os produtos colhidos e não é necessário pagar outra taxa. 
Bergamota: De acordo com Angélica, o preço da bergamota será tabelado em todas as propriedades. 'Para os outros itens, cada um é livre para cobrar, porque nem todos têm o mesmo produto, mas a bergamota é comum a todos e vai custar R$ 2 o quilo', explica Angélica.


 

O QUE VOCÊ VAI ENCONTRAR EM CADA PROPRIEDADE

- A propriedade de Antônio e Mônica Cristina Moraes, em Linha Estrela, oferece a colheita de alfaces, morangos, bergamota e outros cítricos da estação. Além disso, um galinheiro com mais de cem aves proporciona a colheita de ovos. O cenário ainda conta com açude para a pesca e ovelhas no campo.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.660560, -52.206493 e Google Earth: 29º39'38.0"S 52º12'23.4"W

- Na propriedade de Leandro Hickmann e Carina Pires, localizada em Linha Antão, será possível o visitante ser recepcionado por um simpático casal de gansos, o Dunga e a Branca. No pomar, eles encontrarão bergamota, laranja, limão, maracujá, chuchu, cana-de-açúcar, uma estufa de morangos e, em maturação, a banana chocolate e o phisalis.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.557723, -52.297683 e Google Earth: 29º33'27.8"S 52º17'51.7"W

- Em Linha Isabel, encontramos a propriedade de Rosmar e Carmen Wessling Penck. A caminhada até o pomar é marcada por uma trilha de singular paisagem, de morros, araucárias, vegetação arbórea nativa, amoras silvestres, bananeiras, abacateiro e um pomar de cítricos. A família também pode interagir em dialeto alemão com os visitantes.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.492294, -52.319105 e Google Earth: 29º29'32.3"S 52º19'08.8"W

- Na Linha Silva Tavares, o casal Rogério e Rejane Schwinn, recebe o público na Figueira Centenária. De generosa copada, a figueira abriga bancos e mesas para acomodar os visitantes, em meio a muito verde. O local oferece locação de churrasqueiras, mirante, balanços, trilha ecológica e a colheita paga de frutas e hortaliças da estação. As crianças poderão tratar as galinhas, peixes e os porcos.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.469725, -52.282730 e Google Earth: 29°28'11.0"S 52°16'57.8"W

- No distrito de Vila Deodoro, o casal Clóvis e Flávia Eggers, recebe os visitantes no Mirante Lauro Erdmann. No local, ocorre a venda de rapaduras, puxa-puxa e derivados do melado produzidos na agroindústria da família, bergamotas e produtos coloniais locais. O empreendimento oferece locação de churrasqueiras nos fins de semana e um espaço para chimarrão. Do alto do mirante, é possível avistar o município e toda a exuberância da região serrana.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.475620, -52.270577 e Google Earth: 29°28'32.2"S 52°16'14.1"W

- Em Arroio Grande, os visitantes serão recebidos por Arno e Ledi Maggioni. Além da colheita de cítricos, eles ainda irão encontrar morangos, carambola e nozes. Cucas, pães e bolachas da agroindústria familiar também estarão à disposição. Já as crianças poderão realizar um divertido passeio de carroça.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.578404, -52.253800 e Google Earth: 29º34'42.3"S 52º15'13.7"W

- Na Chácara do Mel, em Linha Travessa, o casal Ilonia e Lauro Rudiger, recebem os visitantes em sua florida propriedade. Não é à toa, pois o casal é criador de meliponíneos. Além da colheita de cítricos, os visitantes poderão conhecer as diversas espécies de abelhas sem ferrão e o seu modo de organização e produção de mel.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.559046, -52.175266 e Google Earth: 29º33'32.6"S 52º10'31.0"W

- Em Vila Palanque, o casal Sérgio e Marilene Coutinho Mees acolhem os visitantes para a colheita paga de cítricos, hortaliças, temperos diversos e das plantas plantas alimentícias não convencionais (Pancs) da época, tudo cultivado em meios ao erval. Também serão vendidas conservas e compotas produzidas pela agroindústria familiar com os produtos cultivados na propriedade.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.565192, -52.107378 e Google Earth: 29º33'54.7"S 52º06'26.6"W

- Mais adiante, quase na divisa com Linha Herval, o casal Raul Coutinho e Janaina Stein, receberão os visitantes no pomar da propriedade, oportunizando a colheita de cítricos, aipim e hortaliça, além da experiência de tratar os peixes no açude da propriedade.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.593251, -52.079085 e Google Earth: 29º35'35.7"S 52º04'44.7"W

Fonte: Departamento de Turismo Venâncio Aires

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Taís Fortes
Foto: Divulgação / Arquivo pessoal

 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||