Sistema Colhe e Pague estreia neste fim de semana

Publicado em 02/06/2018 às 18h29

Projeto foi lançado durante a segunda edição do Bergamoteando de Inverno Já tem programação para este fim de semana? Que tal aproveitar para visitar uma propriedade rural do interior de Venâncio Aires? Neste sábado e domingo, nove propriedades rurais estarão com as portas abertas, das 13h às 17h para receber visitantes, por meio do sistema Colhe e Pague. O projeto irá continuar acontecendo durante todos os fins de semana deste mês. 

De acordo com a coordenadora do Departamento de Turismo de Venâncio, Angélica Diefenthäler, o sistema Colhe e Pague permite ao visitante a experiência da colheita de frutas e verduras fresquinhas, diretamente no pomar ou da horta. Ela ainda destaca que a orientação é que os participantes da atividade utilizem calçados apropriados, tendo em vista a caminhada por pomares, hortas e lavouras.

 

TARIFÁRIO 

Angélica ainda observa que as propriedades irão cobrar dois tipos de tarifário para a visitação. No caso de quem fizer o passeio somente para a degustação, ou seja, para quem vai colher apenas para consumo imediato, será cobrado R$ 10 para carros e R$ 5 para motocicletas e bicicletas. Já as pessoas que realizarem a visitação com colheita, pagam de acordo com os produtos colhidos, sem precisar desembolsar outra taxa. 

Além disso, haverá um preço tabelado para a bergamota em todas as propriedades participantes do sistema. 'Para os outros itens, cada um é livre para cobrar, porque nem todos têm o mesmo produto, mas a bergamota é comum a todos e vai custar R$ 2 o quilo', explica Angélica.

 

O QUE CADA PROPRIEDADE OFERECE

- A propriedade de Antônio e Mônica Cristina Moraes, em Linha Estrela, oferece a colheita de alfaces, morangos, bergamota e outros cítricos da estação. Além disso, um galinheiro com mais de cem aves proporciona a colheita de ovos. O cenário ainda conta com açude para a pesca e ovelhas no campo.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.660560, -52.206493 e Google Earth: 29º39'38.0"S 52º12'23.4"W

- Na propriedade de Leandro Hickmann e Carina Pires, localizada em Linha Antão, será possível o visitante ser recepcionado por um simpático casal de gansos, o Dunga e a Branca. No pomar, eles encontrarão bergamota, laranja, limão, maracujá, chuchu, cana-de-açúcar, uma estufa de morangos e, em maturação, a banana chocolate e o phisalis.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.557723, -52.297683 e Google Earth: 29º33'27.8"S 52º17'51.7"W

- Em Linha Isabel, encontramos a propriedade de Rosmar e Carmen Wessling Penck. A caminhada até o pomar é marcada por uma trilha de singular paisagem, de morros, araucárias, vegetação arbórea nativa, amoras silvestres, bananeiras, abacateiro e um pomar de cítricos. A família também pode interagir em dialeto alemão com os visitantes.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.492294, -52.319105 e Google Earth: 29º29'32.3"S 52º19'08.8"W

- Na Linha Silva Tavares, o casal Rogério e Rejane Schwinn, recebe o público na Figueira Centenária. De generosa copada, a figueira abriga bancos e mesas para acomodar os visitantes, em meio a muito verde. O local oferece locação de churrasqueiras, mirante, balanços, trilha ecológica e a colheita paga de frutas e hortaliças da estação. As crianças poderão tratar as galinhas, peixes e os porcos.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.469725, -52.282730 e Google Earth: 29°28'11.0"S 52°16'57.8"W

- No distrito de Vila Deodoro, o casal Clóvis e Flávia Eggers, recebe os visitantes no Mirante Lauro Erdmann. No local, ocorre a venda de rapaduras, puxa-puxa e derivados do melado produzidos na agroindústria da família, bergamotas e produtos coloniais locais. O empreendimento oferece locação de churrasqueiras nos fins de semana e um espaço para chimarrão. Do alto do mirante, é possível avistar o município e toda a exuberância da região serrana.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.475620, -52.270577 e Google Earth: 29°28'32.2"S 52°16'14.1"W

- Em Arroio Grande, os visitantes serão recebidos por Arno e Ledi Maggioni. Além da colheita de cítricos, eles ainda irão encontrar morangos, carambola e nozes. Cucas, pães e bolachas da agroindústria familiar também estarão à disposição. Já as crianças poderão realizar um divertido passeio de carroça.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.578404, -52.253800 e Google Earth: 29º34'42.3"S 52º15'13.7"W

- Na Chácara do Mel, em Linha Travessa, o casal Ilonia e Lauro Rudiger, recebem os visitantes em sua florida propriedade. Não é à toa, pois o casal é criador de meliponíneos. Além da colheita de cítricos, os visitantes poderão conhecer as diversas espécies de abelhas sem ferrão e o seu modo de organização e produção de mel.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.559046, -52.175266 e Google Earth: 29º33'32.6"S 52º10'31.0"W

- Em Vila Palanque, o casal Sérgio e Marilene Coutinho Mees acolhem os visitantes para a colheita paga de cítricos, hortaliças, temperos diversos e das plantas plantas alimentícias não convencionais (Pancs) da época, tudo cultivado em meios ao erval. Também serão vendidas conservas e compotas produzidas pela agroindústria familiar com os produtos cultivados na propriedade.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.565192, -52.107378 e Google Earth: 29º33'54.7"S 52º06'26.6"W

- Mais adiante, quase na divisa com Linha Herval, o casal Raul Coutinho e Janaina Stein, receberão os visitantes no pomar da propriedade, oportunizando a colheita de cítricos, aipim e hortaliça, além da experiência de tratar os peixes no açude da propriedade.

Coordenada geográdica: Google Maps: -29.593251, -52.079085 e Google Earth: 29º35'35.7"S 52º04'44.7"W

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Departamento de Turismo Venâncio Aires
Foto: Turismo Venâncio Aires / Divulgação

 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||