Trevo da Coronel Brito deve receber sinaleiras até o fim do mês

Publicado em 03/08/2018 às 16h55

Mapa do projeto com as especificações técnicas sobre os semáforos e demais sinalizaçõesUma reivindicação de anos pode estar a poucos dias de uma solução. Foi assinado na última quarta-feira, 1º, o contrato para início das obras de instalação das sinaleiras no trevo do bairro Coronel Brito e, de acordo com o documento, o prazo é de apenas 30 dias para tudo estar concluído. Se isso se confirmar, até o fim de agosto é possível que os milhares de usuários do trecho consigam, finalmente, fazer uma travessia mais segura da RSC-453 e sem tanta demora.

Segundo a agente administrativa da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão de Venâncio Aires, Eduarda Reis, quem fará a instalação dos semáforos é a Sinacom Indústria e Comércio de Sinalização Viária, de Rio do Sul, Santa Catarina. Foi a única empresa habilitada no processo licitatório, pelo valor de R$ 96,5 mil. Ainda conforme Eduarda, a vencedora da licitação tem 15 dias para começar o trabalho, após a ordem de início das obras, e até 30 dias para conclusão, contando da data de assinatura do contrato. 'A previsão é começar na semana que vem', estima.

Conforme o projeto, estão previstos semáforos de quatro tempos nos dois sentidos da RSC-453, na rua Voluntários da Pátria e na rua Gustavo Büllow (para quem faz a travessia da rodovia entre os bairros Cruzeiro e Coronel Brito).

 

Dinheiro vem das multas

O custo para instalação dos semáforos no trevo do bairro Coronel Brito será de R$ 96,5 mil, recurso proveniente das multas de trânsito geradas em Venâncio Aires. O dinheiro arrecadado com as multas, aliás, mantém diversos serviços do Departamento Municipal de Trânsito, como pinturas, manutenção de viaturas, material de expediente e equipamentos necessários para sinalização.

Assim que as obras começarem, o departamento deve acompanhar de perto o processo. O fiscal de trânsito, João Araújo, também é o fiscal do contrato. 'A princípio o Comando Rodoviário da Brigada Militar deve fazer o acompanhamento, já que se trata de uma rodovia estadual. Mas também devemos dar apoio na orientação do fluxo', destaca Araújo.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Débora Kist 
Foto: Divulgação / Departamento de Trânsito de Venâncio Aires

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||