Venâncio dobra número de food trucks regularizados

Publicado em 10/11/2017 às 15h06

Cisso está no ramo do cachorro-quente há 16 anosUm sonho antigo, cultivado há mais de sete anos pelo empresário Tarcísio Weschenfelder, o Cisso, vai sair do papel até o início de 2018: o Food Truck do Cisso. Isso só foi possível após o Município regulamentar as regras que autorizam o funcionamento do comércio de alimentos em veículos automotores em vias e áreas públicas, há três meses. Nesse período, o número de veículos com venda de comida dobrou. De oito passou-se para 16 empreendimentos regulamentados, o que inclui towners - as 'carrocinhas de cachorro-quente' já existiam - e os food trucks.

Quem comemora a procura pela regularização é o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Nelsoir Battisti, já que a intenção inicial com a normalização era a de abrir o mercado e oferecer novas possibilidades gastronômicas no município. 'Com isso, as pessoas daqui também podem participar de festivais em outros locais e mesmo assim trazer o recurso para nossa cidade', destaca.

No ramo alimentício há 30 anos, o Cisso é famoso pelo cachorro-quente que prepara há 16 anos na área central de Venâncio Aires. Ele conta que os clientes, conquistados pelo 'segredinho' do bom atendimento e do produto de qualidade, já solicitavam a oferta de mais variedades no cardápio, no entanto, não era permitido devido ao alvará. 
Com a legislação aprovada, o cardápio que antes era pequeno igual à towner ocupada para preparar o lanche, deve receber cerca de dez novos itens gastronômicos, entre batata frita, hambúrguer, novos sabores de cachorro-quente, à la minuta e outros.

É na cozinha de casa que os alimentos para o cachorro-quente do Cisso são preparados pela esposa, Vanderlea Weschenfelder O empresário destaca que, com essa ampliação, o empreendimento deve gerar dois novos empregos, onde passa de dois ajudantes para quatro, além do auxílio que já recebe de familiares. Além disso, a intenção é ampliar o horário de atendimento para quase 24 horas de trabalho.

Regras
O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo Nelsoir Battisti, explica que alguns dos novos cadastros são de empresários que buscaram o município para emplacar o veículo, já que o município é pioneiro nesse tipo de legislação.

Para aqueles que ficam dentro de Venâncio, existem algumas normas que precisam ser cumpridas, como a distância de 70 metros de algum estabelecimento comercial ou food truck, além da contribuição mensal que pode variar de acordo com o tamanho do empreendimento.

Com essa lei nova, a gente pode fazer uma maior variedade de produtos

Tarcísio Weschenfelder, empresário 

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker 
Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do Mate

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||