Venâncio perde 1.680 empregos em setembro

Publicado em 25/10/2018 às 14h33

A exemplo de outros anos, a Capital Nacional do Chimarrão contabiliza perdas de vagas de trabalho formal em setembro, em virtude das dispensas da indústria de transformação - mais especificamente da indústria tabacaleira, que encerrou a safra e liberou muitos funcionários. Divulgados na segunda-feira, 22, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) evidenciam que, neste período, foram reduzidas 1.680 vagas (447 admissões e 2.127 desligamentos) com carteira assinada em Venâncio Aires.

E o desempenho só não foi pior porque os setores de serviços, construção civil e comércio fecharam setembro com saldo positivo, amenizando o impacto da indústria de transformação, que admitiu 207 e demitiu 1.915 pessoas no nono mês do ano. O resultado de setembro de 2018 foi o terceiro pior da série histórica do Caged, que acompanha a oscilação do emprego desde 2003. Os anos de 2017 e de 2014 foram os que mais apresentaram fechamento de postos de trabalho na Capital do Chimarrão - respectivamente 2.265 e 1.828.

 

ESTADO E PAÍS

Se o mês de setembro não foi interessante para Venâncio Aires em relação à criação de empregos, o Rio Grande do Sul e o Brasil registraram desempenho positivo. No estado, o saldo de postos foi de 1.359, com 77.376 admissões e 76.017 desligamentos. No ano, são 21.926 empregos com carteira assinada gerados, enquanto que nos últimos 12 meses o número fica em 14.977. No país, o saldo em setembro foi de 137.336 vagas criadas, resultado de 1.234.591 contratações e 1.097.255 demissões. No ano, são 719.089 empregos gerados. Nos últimos 12 meses, são 459.217 postos formais criados em nível nacional.

No ano, Venâncio Aires tem saldo positivo de 799 empregos, com 10.149 admissões e 9.350 desligamentos. Nos últimos 12 meses, o desempenho também é positivo: 61 vagas criadas, com 11.516 contratações e 11.455 demissões.

 

Emprego em Venâncio

Setor Admissões Desligamentos Saldo
Extrativa mineral 0 0 0
Indústria de transformação 207 1.915 -1708
Utilidade pública 1 1 0
Construção civil 31 28 3
Comércio 104 101 3
Serviços 101 82 19
Administração pública 3 0 3
Total 447 2.127 -1.680

 

Setembro na história

Ano Saldo
2018 -1.680
2017 -2.265
2016 -898
2015 -443
2014 -1.828
2013 -772
2012 -1.376
2011 -29
2010 -392
2009 -306
2008 -814
2007 -252
2006 -752
2005 -778
2004 -1.124
2003 +20

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Carlos Dickow 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||