Vereadores repercutem votação dos candidatos

Publicado em 15/10/2018 às 08h55

Com a Ordem do Dia - período destinado à votação de projetos - curta, os vereadores de Venâncio Aires puderam se dedicar integralmente à análise das eleições do primeiro turno. O destaque ficou para a boa votação que o ex-prefeito Airton Artus (PDT) alcançou enquanto candidato a deputado estadual. Tanto pedetistas, quanto parlamentares de outras siglas, elogiaram o resultado. O político ficou na primeira suplência da sua coligação.

Ana Cláudia do Amaral Teixeira (PDT) destacou que 'existiram candidaturas desnecessárias' De acordo com ela, 'poderíamos ter pensado mais no Município e menos nos partidos'. A pedetista afirmou ainda que 'Alegrete tem cerca de 80 mil habitantes e conseguiu eleger dois deputados federais'. Ela disse ainda que 'ninguém suporta mais tantos partidos no país, que já chegam a 36. A ideologia não significa mais nada. Está tudo errado. Precisamos de uma reforma política'.

BIOMETRIA E FILAS
Adelânio Ruppenthal (PSB) também reconheceu o bom desempenho dos candidatos de Venâncio Aires, mas avaliou que problemas com biometria e demora em fila fizeram muitos desistirem de votar. 'Muitos dos que deixaram de votar foram pessoas idosas', disse. Em outro momento, Ruppenthal afirmou que 'o povo tem sua culpa, mas nós [políticos] também temos. Temos compromissos partidários e todas as legendas nos cobram para apoiar os candidatos próprios. Por isso, nós também temos nossa parcela de culpa', afirmou. Ainda foi lembrado que certos candidatos possuem preferências regionais e que isso também atrapalha o processo de escolha de novas referências.

CANDIDATOS DE FORA
Pela avaliação de Ezequiel Stahl (PTB), mais de 12 mil votos locais tiveram como destino candidatos de outras regiões. 'Se a comunidade tivesse priorizado, de fato, os candidatos de Venâncio Aires, poderiam ter sido eleitos até dois candidatos. Venâncio perdeu a chance. Esperamos que em 2022 isso mude e consigamos colocar alguém na Assembleia Legislativa', argumentou.

VOTO DISTRITAL
Embora não tenha defendido diretamente o voto distrital, o vereador pedetista Tiago Quintana lembrou que pelo sistema atual não basta apenas os candidatos conquistarem votos em seus municípios de origem, é preciso conquistar no estado. 'Poderia culpar muitos fatores por não termos um candidato eleito, mas um dos principais é a conjuntura. Eleição não é distrital, então é normal que se faça votos em todo o estado, afinal de contas um deputado representa o estado como um todo', declarou.

A presidente do Legislativo, Sandra Wagner (PSB), e Isaura Landim (MDB) elogiaram a boa votação de Airton Artus. 'Independente de sigla partidária, todos devemos torcer para que consiga assumir como deputado', disse Isaura.

'Venâncio Aires perdeu uma chance ímpar de conseguir eleger um deputado.'
ANA CLÁUDIA DO AMARAL TEIXEIRA
Vereadora pelo PDT

PROJETOS APROVADOS

1 Vereadores aprovaram projeto de lei que abre crédito superior a R$ 4,2 milhões para pavimentar a estrada vicinal de Linha Sapé, a partir do trevo da ERS-422, com extensão de 5,8 quilômetros. O convênio com o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer) já havia sido autorizado pelo Legislativo em junho.

2 Desde então, a Prefeitura trabalha no alargamento da estrada. Contudo, ainda neste mês, deve ser lançada a licitação da obra de asfaltamento da via, estima o prefeito Giovane Wickert. 'Nossa meta é iniciar a pavimentação ainda em 2018', destaca.

3 Também foi aprovado projeto que atualiza o Programa Municipal de Reflorestamento na Propriedade Rural. A partir da iniciativa, a Administração Municipal pode subsidiar mudas frutíferas e de erva-mate. 'A intenção é fortalecer essas duas culturas novamente em Venâncio Aires e, ao mesmo tempo, valorizar a diversificação', projeta o secretário de Agricultura, André Kauffman. Estão assegurados ao programa, em 2018, até R$ 15 mil.

4 Ainda foi aprovada proposição do vereador Nelsoir Battisti (PSD), que concede título de Cidadão de Venâncio Aires ao empresário e piloto de balão Sérgio Jung. Ele é natural de Santa Clara do Sul, mas reside há décadas na Capital do Chimarrão. Jung foi um dos idealizadores do Festival de Balonismo em Venâncio Aires.

 

Fonte: Folha do Mate
Créditos:  Cristiano Wildner 

voltar para Notícias - Geral

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||