Notícias - Polícia

Quatro são presos pela Polícia Civil e Brigada Militar

Publicado em 18/04/2015 às 09h14

Em duas ações distintas, feitas pela Brigada Militar e a Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira, quatro pessoas foram presas em Venâncio Aires. No bairro Gressler a BM flagrou dois suspeitos de furto. Adriano Alex Wacholz, 24 anos e Elton Fernandes, 23 anos, são acusados de furtar objetos de uma empresada desativada.

Na outra investida, agentes da Polícia Civil capturaram um casal, que estava com prisão preventiva decretada. O homem e a mulher são acusados de agredir e assaltar uma idosa. Inácio Jair Schwikart, 34 anos e Adelaide Evelise Gollmann, 38 anos, foram encontrados no bairro Macedo.

Os três homens serão encaminhados à Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva), e a mulher, ao Presídio Regional de Santa Cruz do Sul.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro 

Compartilhar

Idosa tenta suicídio dentro de loja no Centro

Publicado em 18/04/2015 às 09h13

Uma mulher de 74 anos tentou suicídio dentro de um estabelecimento comercial, por volta de 15h30min desta sexta-feira, 17. Ela teria entrado em uma loja na rua Osvaldo Aranha e pedido para ir ao banheiro. Por conta da demora da mulher, funcionários desconfiaram e foram atrás dela.

A idosa teria sido encontrada com ferimentos causados por uma faca. Brigada Militar e Samu foram acionados. A mulher foi levada ao Hospital São Sebastião Mártir. A Polícia Civil também foi chamada para investigar o caso. Neste momento a idosa está sendo atendida na emergência no Hospital.

 

Fonte: Portal RVA

Compartilhar

Acusado de homicídio em 2011 é condenado

Publicado em 18/04/2015 às 09h11

Em plenário, Adelino confirmou que portava uma facaQuatro homens e três mulheres compuseram o conselho de sentença que analisou, nesta sexta-feira, um homicídio praticado na madrugada do dia 8 de agosto de 2011, no bairro Industrial, em Venâncio Aires. Por maioria, os jurados entenderam que Adelino da Luz, 58 anos, foi o autor das facadas que mataram Roni Martins.

O réu foi condenado a 7 anos e quatro meses de reclusão, em regime semi-aberto. No entanto, recebeu o direito de recorrer em liberdade. A defesa foi feita pela defensora pública Aline Lovato Telles e a acusação, pelo promotor Sérgio Diefenbach. A sessão foi presidida pelo juiz João Francisco Goulart Borges.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e Foto: Alvaro Pegorar

Compartilhar

Mulher é presa em flagrante no interior de Venâncio com armas

Publicado em 17/04/2015 às 08h29

Armas e munição foram apreendidas no quartoAgentes do Setor de Investigações prenderam, no final da manhã desta quinta-feira, uma mulher acusada de porte ilegal de armas. A garota, de 23 anos, foi flagrada durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, na localidade de Linha Estrela, interior de Venâncio Aires.

No quarto da casa os policiais apreenderam uma escopeta calibre 12, um revólver calibre 32 e munição para as armas. A mulher disse que as armas eram suas e foi presa. Ela pagou fiança de R$ 2 mil e vai responde em liberdade.

Fonte: Folha do Mate
Créditos e foto: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Acusado de homicídio vai a júri neste sexta-feira em Venâncio

Publicado em 17/04/2015 às 08h27

Faca que pode ter sido usada no crimeConselho de sentença analisa, nesta sexta-feira, um caso de homicídio registrado dia 8 de agosto de 2011, no bairro Industrial, em Venâncio Aires. O pedreiro Adelino da Luz, 58 anos, conhecido como Grilo, é acusado de ter matado, com um golpe de faca, Roni Martins.

Durante as buscas, após o crime, a polícia apreendeu uma faca, na casa de Adelino e que possui, no cabo de madeira, a inscrição com seu nome. A defesa do réu será feita pela defensora pública Aline Lovato Telles e a acusação, através do promotor Sérgio Diefenbach, de Lajeado. A sessão será presidida pelo juiz João Francisco Goulart Borges.

Fonte: Folha do Mate
Créditos e Foto: Alvaro Pegoraro

 

Compartilhar

Contrabando de cigarros é desafio global

Publicado em 16/04/2015 às 08h16

O contrabando de cigarros causa prejuízos aos cofres públicos e indústrias. Além disso, deixa marcas na saúde daqueles que consomem. Para o Governo Federal, o crime deixa perdas de R$ 4 bilhões de reais por ano. Desafio para os órgãos de fiscalização, as perdas geradas com a venda ilegal também afetam os produtores rurais.

A infração é comum na região, pois desde o ano passado a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Lajeado, localizada na BR 386, já apreendeu 15 caminhões carregados com cigarros contrabandeados e 2.250.000 maços. Além disso, foram retidos 38 veículos e 41 pessoas acabaram presas. A informação foi divulgada pelo chefe do núcleo de policiamento e fiscalização da delegaciada PRF de Lajeado, Leandro Wachholz.

Ele observa que toda a semana são registrados casos na rodovia. Segundo ele, nos caminhões o produto estava camuflado em cargas de milho ou soja. Na avaliação de Wachholz, os números são altos, mas representam pouco. 'Nós acreditamos que os produtos passam e chegam ao consumidor final. Esses dado pode ser comprovado por uma simples caminhada na rua, onde veremos que entre 60 e 70% das embalagens de cigarros que encontrarmos no chão são de cigarros contrabandeados do Paraguai.'

Conforme ele, o grande volume de contrabando ocorre em virtude dos altos tributos sobre o produtono Brasil.

As estimativas dos representantes do setor do tabaco não são animadores. O combate ao cigarro ilegal é constante, e realizado pela Polícia Federal, porém, para o presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, Romeu Schneider, as fiscalizações ainda são pequenas.

'O Governo Federal não sabe como resolver este problema, sabe-se de onde vem todo o cigarro contrabandeado,mas não se tem uma política mais efetiva no combate a este crime," - Romeu Schneider

Conforme Schneider, atualmente a estimativa é de que 38% do cigarro consumido no país seja contrabandeado. Cerca de R$ 4 bilhões deixam de ser arrecadados pelo Governo Federal, além disso, o setor produtivo também é prejudicado, com a redução das vendas de tabaco, no mercado global. 'É um produto que utiliza os restos de tabaco de todo o mundo, não tem certificação sanitária. Todos perdem, o governo, as indústrias e os pequenos produtores.'

 Em Venâncio AIres foram apreendidos 963 pacotes de cigarros neste anoEm Venâncio AIres foram apreendidos 963 pacotes de cigarros neste ano

 

Créditos: Folha do Mate
Foto: Brigada Militar / Divulgação

Compartilhar

Homem encontrado morto dentro de carro foi vítima de homicídio

Publicado em 13/04/2015 às 14h17

Um caso que aparentava ser um simples acidente de trânsito evoluiu para um crime misterioso. A Polícia Civil de Venâncio Aires considera que a morte de Valdir Spader, 60 anos, conhecido como Gringo, se trata de um homicídio. Ele foi encontrado morto às 13h20 de sábado (11), dentro de seu carro, colidido contra um barranco na localidade de Linha Cerro dos Bois.

Não havia ferimentos aparentes e os danos no carro sugeriam que o veículo estava em baixa velocidade. Samu e Polícia Civil acreditaram inicialmente que Gringo havia sofrido morte súbita enquanto dirigia. “Foram encontrados vestígios de sangue na boca da vítima. No entanto, nem os profissionais do Samu nem os policiais que estiveram na cena tiveram percepção de que poderia ter ocorrido um assassinato”, explica o delegado titular de Venâncio Aires, Felipe Cano.

Foi um laudo preliminar de necropsia que mudou a investigação. A perícia do Departamento Medico Legal de Santa Cruz do Sul apontou uma perfuração de bala, provavelmente de calibre 22, nas costas de Gringo. A partir disso foi aberta investigação de homicídio. Segundo o delegado Cano, hoje pela manhã foi periciado o carro da vítima, onde não foi encontrado nenhum vestígio de sangue. Paralelo a isso, uma equipe do Setor de Investigações esteve no interior da cidade colhendo informações de testemunhas. O delegado acredita que o caso possa ter novidades até o fim do dia.

Fonte da notícia: Rádio Terra FM

Compartilhar

Condutor embriagado e sem habilitação causa acidente na ERS-422

Publicado em 13/04/2015 às 14h17

Acidente com danos materiais é registrado na ERS-422, em Linha Arroio Grande, no interior de Venâncio Aires. Conforme a Polícia Rodoviária de Santa Cruz do Sul, a colisão aconteceu entre um Corcel e um Celta, ambos com placas de Venâncio Aires.

Por volta de 19h30min desta sexta-feira, dia 10, o motorista do Corcel, que estava alcoolizado, teria invadido a pista contrária e colidido de frente com o Celta. Ninguém ficou ferido. O condutor do Corcel realizou o teste do etilômetro, que apontou 0,44 gramas de álcool por litro de ar expelido. Ele também não possuía habilitação, nem licenciamento do veículo.

O homem foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, onde foi feito registro. Foi estipulada fiança de R$ 1.000,00 ao motorista. O valor foi pago e ele liberado. O carro foi removido ao guincho.

Fonte: Portal RVA

Compartilhar

Morre a segunda vítima do fim de semana em Venâncio Aires

Publicado em 13/04/2015 às 14h14

Jéferson era conhecido como Victória CamargoO fim de semana foi violento em Venâncio Aires e na vizinha Mato Leitão. Entre o sábado à tarde e a madrugada desta segunda-feira, três pessoas foram mortas. A última vítima é Jéferson Luís Camargo da Silva, 29 anos.

Este fato aconteceu no final da noite do domingo, na rua Voluntários da Pátria, centro de Venâncio Aires. Jéferson era travesti e conhecido pelo como Victória Camargo. Ele foi atingido com um tiro na cabeça. Ele foi socorrido com vida e levado ao Hospital São Sebastião Mártir e faleceu horas depois, quando era transferido para o Hospital de Cachoeira.

A outra morte de Venâncio Aires foi a de Valdir Spader. Ele foi encontrado sem vida na tarde do sábado, dentro de um veículo, na localidade de Linha Cerro dos Bois. A perícia informou que ele tem um ferimento perfurante nas costas.

A terceira morte foi a do jovem Douglas Mikael Alves dos Santos, 22 anos. Ele perdeu a vida na madrugada do domingo, depois de se envolver em uma briga, em Mato Leitão. Todos os casos são investigados pela Polícia Civil.

Fonte: Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro 
Foto: Divulgação

Compartilhar

Polícia investiga morte de jovem em Mato Leitão

Publicado em 13/04/2015 às 14h13

A Polícia Civil investiga a morte de um jovem venâncio-airense na madrugada deste domingo (12) em Mato Leitão. Douglas Mikael Alves dos Santos, 23 anos, estava no lado de fora de uma festa, quando se envolveu em uma briga e acabou morto.

A causa da morte ainda é um mistério. O titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Venâncio Aires, delegado Vinícius Lourenço de Assunção, relata que o corpo não mostrava lesões graves aparentes. “A necropsia vai esclarecer a causa da morte. Precisamos aguardar pelo laudo do Departamento Médico Legal”, explica.

Dois policiais militares de Venâncio Aires, que estavam de folga, foram ouvidos neste domingo pelo delegado. Um deles é apontado por testemunhas como autor de golpes que teriam atingido o rapaz. Os dois negam as agressões.

Outras 12 testemunhas também prestaram depoimento ontem. De acordo com o Vinícius Lourenço de Assunção, os depoimentos são divergentes. “Não temos uma versão oficial do que aconteceu. Alguns depoimentos falam sobre esganadura por parte de um dos agressores. Outros falam em espancamento”, diz o delegado.

O policial relata ainda que os dois PMs apontados como suspeitos de agredir o rapaz se apresentaram na delegacia. As informações colhidas até agora, no entanto, não justificariam uma prisão em flagrante. “As informações que colhemos até agora não justificam prisão em flagrante. Precisamos aprofundar a investigação e o laudo de perícia é parte fundamental disso”, salienta Vinícius.

A polícia ainda aguarda o resultado preliminar da necropsia. O corpo de Douglas Mikael Alves dos Santos está sendo velado na capela B do necrotério Paul Harris. O sepultamento será às 10h30 desta segunda-feira (13) no cemitério Vila Rica.

Fonte da notícia: Rádio Terra FM

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd c05|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||