Notícias - Polícia

Moradora de Venâncio perde quase R$ 6 mil em golpe

Publicado em 23/08/2019 às 09h04

Uma moradora do bairro Gressler, em Venâncio Aires, sofreu um golpe de quase R$ 6 mil. Ela denunciou na DPPA que contratou a fabricação e instalação de móveis planejados no dia 13 de julho, com uma empresa de móveis, de Santa Cruz, acertando que pagaria R$ 4.340 em dinheiro de entrada, e mais quatro cheques nos valores de R$ 1,6 mil cada um.

Esta semana, um homem identificado como Jéferson da Silva, 29 anos (com quem a vítima negociou), viria a Venâncio instalar os móveis. Como não veio – e esta foi a segunda vez que marcou e cancelou -, ela decidiu procurar a polícia.

A vítima entrou em contato com a empresa e descobriu que Silva foi desligado da empresa há quatro meses. Também soube que há pelo menos um registro na DP de Vera Cruz, de um crime semelhante, praticado pelo suspeito. A mulher disse que além dos R$ 4,3 mil em dinheiro, perdeu mais R$ 1,6 mil de um dos cheques, que foi descontado, totalizando R$ 5.940.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Menores de 14 anos são 63% das vítimas de estupro em Venâncio

Publicado em 22/08/2019 às 11h34

Quem entra no prédio onde funciona o Conselho Tutelar (Reinaldo Schmaedecke, esquina com Visconde do Rio Branco) dá de cara com um cartaz que mostra a dura realidade vivida por mais de 60% das vítimas de abuso sexual em Venâncio Aires. “Eles sonham com nossas crianças. Denuncie este pesadelo”, diz o texto. Oficialmente, 17 das 27 denúncias feitas este ano na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) envolvem meninos e meninas com menos de 14 anos, o chamado estupro de vulnerável; e cerca de 80% das vítimas foram abusadas dentro das suas casas, por pessoas das suas relações familiares.

Mas para os integrantes do CT, este número é bem maior. Prova disso é que enquanto a reportagem conversava com os conselheiros, duas novas denúncias chegaram a eles. “Por enquanto são apenas denúncias, que envolvem meninas menores de 14 anos, mas em seguida serão checadas”, observaram.

As denúncias, feitas via telefone, são as maiores aliadas dos conselheiros. “Importante que os denunciantes, se possível, digam o nome completo e a idade da vítima, nomes dos pais, endereço e, se souberem um telefone”, alertam.

Afora estes, muitos casos chegam ao conhecimento dos conselheiros através dos professores. “Os educadores precisam estar atentos e observar mudanças de comportamento, pois muitas vezes as vítimas têm medo ou vergonha de denunciar, e fazem isso através de atos”, alertam.

Ansiedade, depressão, fobia, agressividade e falta de auto estima são alguns sinais que podem indicar um problema que pode ser sexual ou de qualquer outra natureza. “As pessoas precisam denunciar. Não precisam se identificar e garantimos o anonimato. O nosso trabalho começa quando chega a denúncia”, destacam os conselheiros.

Confirmado o abuso sexual, a vítima é imediatamente afastada de casa e levada para um local seguro, onde recebe todo o acompanhamento necessário. “Se puder, é acolhida pela família, mas se não for possível, a levamos para a casa de acolhimento”, revelam. Posteriormente é encaminhado relatório ao Poder Judiciário, que adotará as medidas cabíveis.

 

FAMÍLIA

O lar, onde a vítima deveria estar mais protegida, é justamente onde mais acontecem estupros. De acordo com os conselheiros, cerca de 80% das vítimas foram violentadas dentro da sua própria casa, por pessoas da sua relação, como pais, padrastos, irmãos, tios e avôs. “É um problema grave, pois agressores e vítimas convivem diariamente, no mesmo ambiente”.

Ao contrário do que alguns imaginam, os crimes sexuais não têm classe social. “Assim como acontecem nas periferias e no interior do município, com pessoas das classe mais baixas, acontecem nas classes altas, no centro da cidade. O que diferencia são os encaminhamentos”, salientam.

Os conselheiros observam que os casos envolvendo pessoas de classe alta dificilmente chegam ao conhecimento do CT ou da Polícia Civil. “Contratam profissionais especializados e mascaram o fato”, explicam.

 

NÚMEROS

  • Entre janeiro e ontem à tarde, 27 pessoas denunciaram casos de estupro na DPPA. Destes, 17 envolvem meninos e meninas com menos de 14 anos, o que representa 62,9%. Para os conselheiros, a maioria das vítimas menores de 14 anos são do sexo feminino, mas é grande o número de meninos vítimas de abusos sexuais.

 

COMO DENUNCIAR

Uma é ligando diretamente para o ‘Disque 181’ ou pelo 0800-642 6400. Outra é ligar para os números do Conselho Tutelar, através do 3983-1144 e 99773-5097 (plantão). O número 190, da Brigada Militar, também pode ser usado para denunciar. Os denunciantes não precisam se identificar, mas devem dar o máximo de informações possíveis.

 

O QUE DIZ O DELEGADO VINÍCIUS LOURENÇO DE ASSUNÇÃO

Código Penal Brasileiro diz que o crime de estupro ocorre quando alguém, mediante violência ou grave ameaça, constrange outra pessoa a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ela se pratique ato libidinoso. É um crime hediondo, podendo ser praticado mediante violência real (agressão) ou presumida (quando praticado contra menores de 14 anos (ainda que com o seu consentimento). A pena no Brasil é de 6 a 10 anos de reclusão, aumentando para 8 a 12 anos se há lesão corporal ou se a vítima possui entre 14 a 18 anos de idade, e para 12 a 30 anos, se a conduta resulta em morte. A pena aumenta se o abusador for ascendente, padrasto ou madrasta, tio, irmão, cônjuge, companheiro, tutor, curador, preceptor ou empregador da vítima ou se tiver autoridade sobre a vítima.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro
Foto: Pixabay/Divulgação

Compartilhar

Acidente de trânsito no Gressler deixa duas pessoas feridas

Publicado em 22/08/2019 às 11h33

O Departamento de Trânsito de Venâncio Aires atendeu na tarde desta quarta-feira, 21, um acidente envolvendo um veículo Gol de cor branca, da Prefeitura de Venâncio, e uma Tucson cinza, no cruzamento da Emiliano de Macedo com a Major Hermes Pereira, no bairro Gressler.

Conforme informações repassadas pelo Departamento de Trânsito, o Gol seguia pela Major Hermes Pereira e Tuscon pela Emiliano de Macedo quando ocorreu a colisão. O condutor e a passageira do Gol foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) com ferimentos leves.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Ana Carolina Becker
Foto: Departamento de Trânsito/Divulgação

Compartilhar

Criminosos assaltam mulher e levam motocicleta no Corredor dos Gauer

Publicado em 22/08/2019 às 11h32

Uma mulher foi assaltada na tarde desta quarta-feira, 21, na região do Corredor dos Gauer, no bairro Santa Tecla. Segundo a Brigada Militar de Venâncio Aires, uma mulher que voltada do trabalho foi abordada por quatro criminosos armados, que fugiram levando a motocicleta dela. A ação foi próximo ao cruzamento do Corredor com a ERS-422. Os bandidos chegaram a apontar uma arma para a vítima, mas ela não ficou ferida.

Segundo a polícia, a moto levada é uma XRE 300 de cor vermelha, placa IWR-7944. Além de levar o veículo, eles fugiram em um Fiat Uno de cor azul escuro, modelo antigo. A Brigada Militar foi acionada e faz buscas aos bandidos. Qualquer informação pode ser denunciada pelo 190.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Veridiana Röhsler 

Compartilhar

Vigilante de fumageira registra caso de furto na Delegacia e acredita que criminoso tenha fingido desmaio

Publicado em 22/08/2019 às 11h30

Um supervisor de vigilância de uma fumageira, localizada no Centro de Venâncio Aires, compareceu na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para registrar um caso de furto qualificado. Responsáveis pela segurança da empresa acreditam que um criminoso tenha fingido desmaio e que tenha cortado cabos.

Segundo a ocorrência, um vigilante, durante a ronda de rotina no último sábado, 17, percebeu uma movimentação estranha de um indivíduo, que fingiu estar desmaiado ao ser abordado. O colaborador da fumageira ajudou o homem estranho a se levantar e levou ele até a portaria para ser identificado. O indivíduo não portava documento.

O homem teria dito que foi vítima de um assalto e teria invadido o pátio da empresa para fugir do assaltante. Os vigilantes teriam acionado a Brigada Militar, mas todas viaturas estavam em atendimento.

O supervisor de vigilância, desconfiado da situação, teria pedido para o vigilante fazer uma ronda para averiguar se houve alguma tipo de furto ou arrombamento. Nada de anormal foi encontrado. Contudo, no mesmo dia, quando a empresa iniciou o expediente, constatou-se o rompimento de tubulações de cobre e corte de mangueiras de gás. Os vigilantes acreditam que o causador dos danos seja o indivíduo abordado. Segundo estimativas, os danos somam cerca de R$ 1 mil.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Eduardo Wachholtz 

Compartilhar

Entorpecentes são encontrados dentro do Presídio Estadual de Venâncio Aires

Publicado em 22/08/2019 às 11h29

Na tarde desta terça-feira, 20, agentes penitenciários do Presídio Estadual de Venâncio Aires encontraram entorpecentes em uma das celas da casa prisional. O caso foi registrado na manhã desta quarta-feira na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

Os responsáveis pela segurança da PEVA encontraram duas buchas de maconha em uma cela da galeria C. Como há mais indivíduos nas celas, não foi possível identificar com qual dos apenados estava o entorpecente no momento da revista.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Eduardo Wachholtz 

Compartilhar

Condutor de bicicleta, que foi atingido por ônibus, denuncia o caso na DPPA

Publicado em 22/08/2019 às 11h27

Vítima de um acidente de trânsito na manhã do dia 4 de agosto, em Venâncio Aires, Adão José da Silva, 56 anos, comunicou, terça-feira, o caso na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). O morador do bairro Macedo disse que andava de bicicleta pela ERS-422, em direção à cidade, quando foi atingido por um ônibus.

Silva observou que a traseira do coletivo – que andava no mesmo sentido – acertou a caixa plástica que estava presa a garupa da sua bicicleta, o derrubando em uma valeta, quase em frente ao Posto Pinheiro, no bairro Santa Tecla. O motorista não parou e, por causa da queda, o ciclista bateu a cabeça e ficou desacordado.

Uma enfermeira que passava pelo local prestou os primeiros socorros e ligou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que o conduziu ao Hospital São Sebastião Mártir (HSSM). Foi constatado que além de um corte na cabeça, Silva fraturou um osso da costela.

Agora, recuperado, ele tenta encontrar imagens que identifiquem o ônibus e seu condutor, para buscar reparação jurídica.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Polícia prende suspeito de participar de quadrilha que assaltou Sicredi de Vale Verde

Publicado em 22/08/2019 às 11h26

Três homens foram presos pela Polícia Civil na manhã de hoje em Lajeado. Os três estavam sendo monitorados desde o início da manhã e quando foram abordados em Lajeado, fugiram. Durante a perseguição houve troca de tiros e os policiais furaram o carro utilizado pelos criminosos. Um deles foi baleado e os outros dois se renderam. O homem baleado é suspeito de envolvimento no assalto à agência do Sicredi em Vale Verde. A companheira dele é uma das mulheres que foram presas em Venâncio Aires na semana passada ao tentar resgatar a quadrilha. Duas armas foram apreendidas, uma pistola e um revólver. O homem baleado foi socorrido pelo Samu e levado para atendimento hospitalar. Depois será apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento para o auto de prisão em flagrante e recolhido ao sistema prisional. 

 

Fonte: Rádio Terra FM
Créditos: Ismael Stürmer
Foto: Polícia Civil

Compartilhar

Jovem é preso por tráfico pela segunda vez em 35 dias, em Venâncio Aires

Publicado em 21/08/2019 às 08h31

Integrantes da Patrulha Tático Móvel (Patamo) prenderam em flagrante, por volta das 14h45min desta terça-feira, um suspeito de tráfico de drogas. Jonathan Christian Pereira de Borba, 21 anos, foi flagrado na conhecida ‘Boca do Pau D’água’, no bairro Gressler, em Venâncio Aires.

Segundo os brigadianos, ao ver a viatura ele tentou fugir e entrou correndo em uma casa, derrubando um prato que estava sobre uma mesa. Ato contínuo, jogou pela janela um invólucro. Dentro dele havia uma pedra de crack, que pesou 36,5 gramas. Além da droga, no chão da casa foram recolhidos o prato, uma gilete e R$ 84,45.

Borba foi apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e está sendo autuado em flagrante pelo delegado Felipe Staub Cano. Posteriormente, será encaminhado à Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva). Esta é a segunda vez que ele é preso por tráfico, em um intervalo de 35 dias. Na oportunidade anterior, foi preso pela mesma guarnição, no mesmo local.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro
Foto: Divulgação/Brigada Militar

Compartilhar

Vítima de afogamento é encaminhada para a UPA

Publicado em 20/08/2019 às 16h47

A vítima de afogamento da tarde desta terça-feira, 20, recebe atendimento na Unidade de Pronto Atendimento neste momento. O homem, de 49 anos, foi resgatado após chamar por socorro e um popular acionar a corporação.

Em entrevista à rádio Venâncio Aires, o Sargento Erasmo destacou que durante o atendimento o homem declarava que foi empurrado. No local onde o afogamento foi registrado, foram encontrados pratos com restos de comida e garrafas de cachaça.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Eduardo Wachholtz 
Foto: Moacir Eisermann 

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||