Notícias - Polícia

Criminosos arrombam casa e furtam diversos objetos no bairro Leopoldina

Publicado em 20/08/2019 às 16h45

Uma casa foi arrombada na tarde desta segunda-feira, 19, no bairro Leopoldina. No registro, realizado na manhã desta terça-feira na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, a vítima relata que foram furtados oito itens.

Os criminosos arrombaram as três portas (frente, fundos e garagem) da casa. Além disso, danificaram o sistema de alarme.

Da residência invadida, localizada na rua Aldair Celso Ullmann, foram levados dois televisores, tablet, celular modelo Moto G4, forno elétrico e videogame. O prejuízo é estimado em cerca de R$ 7 mil.

 

Fonte: portal RVA
Créditos: Eduardo Wachholtz 

Compartilhar

Mulher comprou mais de R$ 15 mil em telhas, levou, mas não pagou

Publicado em 20/08/2019 às 08h18

Um representante comercial denunciou segunda-feira, 19, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Venâncio Aires, um estelionato que foi vítima, no mês de abril. Ele declarou que a empresa onde trabalha, em Glorinha, que comercializa aço, vendeu telhas para uma pessoa que se identificou como Marciana Lopes – o endereço residencial dela é Candelária -, no valor de R$ 15.248,99.

O pagamento seria feito em 45 dias, mas nunca aconteceu, e neste período as vítimas viram na Folha do Mate uma reportagem citando golpes praticados na região e atribuídos a Marciana. Foram tentados contatos com ela, todos sem sucesso.

A mercadoria, explicou o denunciante, foi retirada dia 9 de abril e transportada em um caminhão com placas do Mato Grosso. Na DPPA de Venâncio há outros golpes atribuídos a esta mulher.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Mulher de 41 anos denuncia estupro dentro de carro em Venâncio

Publicado em 20/08/2019 às 08h17

Mulher de 41 anos denunciou, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), que foi estuprada por um homem, na madrugada do sábado, 17, quando retornava de um baile, no interior de Venâncio Aires. Ela contou que ficou no local até por volta das 2h30min e que um conhecido lhe ofereceu bebidas e depois carona para retornar ao Centro.

Ela aceitou e sentou no banco de trás do carro, já que havia mais um homem no banco da frente do veículo. A denunciante disse que em certo momento o caroneiro passou para o banco de trás e a estuprou, mesmo ela dizendo que não queria transar.

Ainda segundo ela, o condutor do veículo parou próximo ao ginásio de esportes, em Linha Sapé, desceu e ela suspeita que ele também pretendia estuprá-la, mas como houve uma discussão, os dois homens entraram no automóvel e foram embora, a deixando a pé. Os dois indivíduos foram identificados pela mulher e serão intimados para prestar depoimento.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Brigada Militar realiza duas prisões por tráfico de drogas em menos de 24h em Venâncio Aires

Publicado em 19/08/2019 às 09h20

A guarnição da Brigada Militar efetuou duas prisões por tráfico de drogas, entre a noite de sexta (16) e a madrugada deste sábado(17) em Venâncio Aires. A primeira foi realizada no início da noite de ontem, em um conhecido ponto de tráfico, no Bairro Santa Tecla.

O policiamento observou a intensa movimentação no local, e flagrou dois indivíduos comercializando a droga. Um rapaz de 27 anos foi preso e com ele foi encontrado um invólucro de cocaína e a quantia de R$ 274,00. No local, foram apreendidos ainda, 42 pedras de crack embalados para venda e materiais para embalar. O indivíduo foi conduzido a UPA e posteriormente a Polícia Civil.

Horas mais tarde, no Bairro Residencial das Orquídeas, foi realizada a segunda prisão. A guarnição foi até o local, após receber informações da comercialização de entorpecentes. Ao realizar a abordagem, a Brigada Militar se deparou com populares escutando som automotivo e ingerindo bebidas alcoólicas.

Um dos indivíduos ao perceber a presença do policiamento, dispensou um objeto. Após averiguações foi encontrado 07 invólucros de cocaína, com o jovem de 22 anos foi localizada a quantia de R$ 334,00. O suspeito foi preso e conduzido a UPA, e posteriormente a Polícia Civil, onde foi realizado o registro.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Bruna Oliveira
Foto: Brigada Militar Venâncio Aires

Compartilhar

Corpo de Bombeiros atende princípio de incêndio na Igreja Matriz

Publicado em 19/08/2019 às 09h09

Um princípio de incêndio foi registrado na tarde deste sábado, 17, na Igreja Matriz São Sebastião Mártir. Segundo informações, o fogo teria começado em uma das velas que ficam junto a imagem de Nossa Senhora Aparecida, por volta das 16h20.

Populares teriam visto a fumaça, feito o primeiro combate às chamas com uso de extintores e acionado o Corpo de Bombeiros, que controlou o incêndio.

O fogo teria consumido as flores e danificado o mármore. A rede elétrica não foi afetada, e a imagem da Santa permaneceu intacta.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Bruna Oliveira
Foto: Samuel Neivel

Compartilhar

Carros e motos são recolhidos em blitz

Publicado em 16/08/2019 às 08h38

O Departamento de Trânsito em parceria com a Receita Estadual realizou na manhã desta quinta-feira uma blitz na rua Osvaldo Aranha. O objetivo da ação era verificar se o IPVA ou o licenciamento dos veículos está em dia. No total, 11 automóveis e 3 motocicletas foram autuados e recolhidos ao depósito credenciado pelo Detran em Venâncio Aires.

 

Fonte: Rádio Terra FM
Créditos: Rádio Terra FM

Compartilhar

Motociclista fica ferido na RSC-453

Publicado em 16/08/2019 às 08h36

Um acidente nesta tarde desta quinta-feira, dia 15, por volta das 17h, foi registrado na RSC-453, no trevo do bairro Battisti, em Venâncio Aires. A colisão envolveu carro e moto. 

Ficou ferido o motociclista, que é morador de Cruzeiro do Sul. Leandro Jose Diehl foi encaminhado por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital São Sebastião Mártir. 

 

Fonte: Rádio Terra FM
Créditos: Cristiano Wildner 

Compartilhar

Moresco: “O cerco a quadrilha acabou, mas as ações decorrentes não”

Publicado em 16/08/2019 às 08h34

A Brigada Militar segue as buscas à quadrilha que atacou, recentemente, os bancos de Monte Alverne e Vale Verde. Em entrevista ao programa ‘Terra em Meia Hora’, da Rádio Terra FM, na quinta-feira, 15, o tenente-coronel Giovani Paim Moresco confirmou que o cerco ao bando que atacou o Sicredi de Vale Verde foi desfeito, mas as outras ações decorrentes, não. “Estamos aprimorando nossas práticas para que, da próxima vez, talvez consigamos prender os assaltantes em flagrante”, disse.

O comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar (23º BPM) explicou que foram refeitas as rotas de fuga usadas pelos quadrilheiros (observou que a área policiada na região de Vale Verde é de 427 quilômetros quadrados) e que isso já permitiu avanços. “No assalto em Monte Alverne ninguém foi preso. Agora, já prendemos quatro pessoas”, salientou, o oficial, ressaltando que foram mais de 96 horas de cerco ininterrupto, entre a quinta-feira, 8, e a segunda, 12.

O tenente-coronel se refere às duas mulheres e os dois homens detidos em dois veículos (com placas de Lajeado e Estrela), na madrugada da segunda-feira, e que confirmaram ter vindo resgatar os autores do assalto. Uma delas, inclusive, revelou que é companheira de um dos homens que atacou o Sicredi de Vale Verde e que na quinta-feira à tarde ele ligou, pedindo para ser resgatado.

Horas depois, já à noite, esta mulher foi parada em uma barreira da BM, no interior de General Câmara, e alegou que estava perdida. Foi identificada e como não havia relação dela com os procurados, foi liberada, mas orientada a voltar. “Isso impediu que ela resgatasse seu companheiro, que havia capotado o Honda City usado na fuga”, revelou uma fonte ligada ao comando da BM.

No domingo à noite o setor de inteligência detectou que havia pessoas suspeitas circulando na área que estava congelada, (próximo à Vila Mariante), onde o bando estava escondido, e acabou prendendo as quatro pessoas nas primeiras horas da segunda-feira. “E uma das mulheres era a mesma que tinha sido abordada na quinta-feira a noite”.

Sobre notícias veiculadas por alguns órgãos de imprensa, de que os dois homens foram torturados, o comandante foi categórico: “Eles podem falar o que quiserem e não me interessa o que foi dito por pessoas com esta índole, que vieram para resgatar criminosos. Nós sabemos aquilo que fizemos”.

Ainda sobre os depoimentos prestados na Polícia Civil, onde foram feitas acusações de agressões, o oficial referiu que assim como na fuga, onde os presos se utilizam dos mais diversos artifícios para escapar da polícia, também dizem o que querem em depoimento. “São pessoas que não servem à sociedade”.

Moresco ressaltou que as duas mulheres e os dois homens vieram para dar fuga a pessoas que colocaram uma comunidade em risco, para praticar o assalto. “Eles estavam associados para resgatar criminosos armados, que subjugaram a população de Vale Verde através de um cordão humano, para obter êxito para o roubo a banco”, disse.

Sobre o andamento do inquérito, o comandante do 23º BPM mencionou que vai esperar o procedimento que será adotado.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e foto: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

Casa tem portas arrancadas e objetos furtados no bairro Santa Tecla

Publicado em 16/08/2019 às 08h32

Uma casa teve portas arrancadas e objetos furtados no bairro Santa Tecla. O caso ocorreu na última terça-feira, 13, mas só foi registrado nesta quinta-feira na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

A residência teve as portas da lavanderia e dos fundos da casa arrancadas, inclusive com os marcos. Segundo a ocorrência, foram levados o aparador de grama, micro-ondas, roçadeira e escada. O prejuízo é estimado em mais de R$ 1 mil.

 

Fonte: Portal RVA
Créditos: Eduardo Wachholtz 

Compartilhar

Número de homicídios triplica em Venâncio no primeiro semestre

Publicado em 15/08/2019 às 08h51

Estatísticas divulgadas nesta quarta-feira, 14, pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) mostram que Venâncio Aires anda na contramão no quesito mortes violentas. Enquanto que no Estado houve redução de 22,7% dos homicídios no primeiro semestre deste ano, em relação a 2018, na Capital Nacional do Chimarrão o aumento é de 333% no período. São dez mortes entre janeiro e junho deste ano, contra apenas três do mesmo período do ano passado.

O número de mortes registradas nos primeiros seis meses deste ano já é igual a todo o ano passado. Destas dez mortes, oito vítimas são do sexo masculino. As duas mulheres vítimas de feminicídio foram mortas pelos companheiros, que depois se suicidaram.

Outro dado relevante é que das dez mortes registradas em todo o 2018, duas delas aconteceram dentro da Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva), um comerciante foi vítima de latrocínio no interior e uma mulher foi morta pelo companheiro, que também se suicidou em seguida. Das outras seis mortes do ano passado, cinco têm relação com o tráfico de drogas.

 

NO ESTADO

Entre janeiro e junho deste ano foram registrados 1.109 assassinatos, contra 1.435 do ano passado. São 326 vidas preservadas, o que representa uma diminuição de 22,7%.

Além disso, diz os dados da SSP, os roubos com morte (latrocínio) tiveram queda de 32,8% na soma dos sete meses de 2019, com 39 casos contra os 58 de igual intervalo no ano passado, em retração ao menor número desde 2009, quando houve 33 latrocínios. Na observação isolada de julho, a baixa atinge 42,9% – de sete ocorrências em 2018 para quatro neste ano. O último caso de latrocínio em Venâncio foi registrado em março de 2018.

Recentemente citada como a 6ª cidade mais violenta do Brasil no Atlas da Violência 2019, produzido com dados de 2017 pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Alvorada acumula queda de 34% das mortes violentas este ano em relação ao ano passado. São 96 mortes em 2018 para 63 neste ano.

Além dos crimes contra a vida, a grande maioria dos outros delitos monitorados pela SSP registrou redução no Estado. No acumulado de sete meses, foram 3,1 mil roubos de veículos a menos neste ano na comparação com igual recorte em 2018, passando de 10.064 casos para 6.897 (-31,5%).

Outro destaque é a diminuição de 33% nos ataques a banco no RS. A soma de furtos e roubos a instituições bancárias caiu para 68 ocorrências entre janeiro e julho de 2019, contra 101 registradas no ano anterior. Também houve quedas de 9,4% roubos (de 43.923 para 39,816), de 12,3% nos furtos de veículos (de 8.689 para 7.619), de 14,8% nos furtos (de 82.141 para 69.951) e de 24% nos roubos a transporte coletivo, incluindo passageiros e motoristas (de 1.901 para 1.450).

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos e foto: Alvaro Pegoraro

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||