Delegado pede que vítimas do tarado denunciem o crime na DPPA

Publicado em 21/05/2018 às 15h36

O jovem que agarra e constrange mulheres, no centro de Venâncio Aires, fez mais uma vítima. Na quinta-feira à noite, atacou uma garota, de 22 anos, quando ela caminhava pela rua Conde D'Eu. Ela pediu socorro a um familiar, que localizou o suspeito e o entregou à Brigada Militar. Levado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), o tarado, de 20 anos, foi identificado e disse que já buscou tratamento, mas não consegue se conter quando cruza por uma vítima.

Este caso aconteceu por volta das 18h30min. A vítima caminhava em direção à sua casa, no bairro Aviação, quando um rapaz cruzou por ela, na calçada. Repentinamente ele voltou e agarrou a garota, pelas costas. Em seguida a soltou e fugiu do local.

Apavorada, a vítima correu até a sua casa, localizada naquelas imediações, com a intenção de ligar para a BM. No entanto, seu irmão estava em casa e ela contou o que tinha acontecido e passou as características do tarado. Ele saiu em perseguição, localizou,deteve o jovem e o levou até a sua irmã, para que pedisse desculpas.

A guarnição da BM chegou no local e vítima e suspeito foram apresentados na DPPA. No órgão policial, a garota revelou que dias atrás uma pessoa passou a mão em sua nádegas, quando ela seguia para sua casa a pé, e depois fugiu. Ela reconheceu o indivíduo que a atacou quinta como sendo a mesma pessoa responsável pelo outro ato.

Em depoimento, o suspeito das importunações admitiu que já fez aquilo em outras oportunidades. Demonstrando ter algum distúrbio mental, alegou que já buscou tratamento médico, mas garante que não consegue se controlar.

 

Fonte: Jornal Folha do Mate
Créditos: Alvaro Pegoraro 

voltar para Notícias - Polícia

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||