Notícias - Prefeitura

Prefeitura projeta reforço na estrutura do atendimento virtual

Publicado em 22/10/2014 às 18h25

 Com o aumento da procura pelos serviços online oferecidos pela Prefeitura, a Secretaria Municipal da Administração está elaborando projeto para reforçar os meios de atendimento virtual ao cidadão. A proposta é aumentar a gama de serviços oferecidos via internet e reforçar a estrutura de informática necessária para suportar o número de acessos e garantir o funcionamento integral dos sistemas de dados de todas as secretarias e da Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA).

Segundo levantamento realizado pelo Departamento de Tecnologia de Informação, o número de acessos no site da Prefeitura (no endereço venancioaires.rs.gov.br) praticamente dobrou. Na comparação entre janeiro e setembro deste ano e o mesmo período em 2013, a média de sessões mensais no site foi de 6.281, contra 12.528 registrados em 2014. Já o número de visualizações de página mais do que triplicou na comparação: enquanto a média mensal no ano passado foi de 13.861 pageviews, neste ano o índice saltou para 46.553 visualizações.

Na opinião do secretário Leandro Pitsch, a diversificação da gama de serviços oferecidos explica a crescente dos números. “Com o Portal de Serviços e a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e), registramos um aumento considerável da procura pelo atendimento online nos últimos meses”, aponta. “As estatísticas mostram que a virtualização de serviços é bem recebida pela população e deve ser intensificada, oferecendo mais agilidade e conforto para pessoas físicas e jurídicas”, analisa.

Segundo Pitsch, o crescente aumento de acessos demandará a ampliação do centro de dados da Prefeitura e manter a oferta de serviços online por 24 horas em todos os dias da semana. Entre os serviços hoje oferecidos, estão emissão de certidões e carnê de IPTU, consulta de protocolo, escrituração de ISS e consultas a débitos e guias de ITBI. Para 2015, o projeto é oferecer um layout que incentive o acesso por tablets e smartphones e disponibilizar online o sistema de pedidos de protocolo para todos os serviços.

 

Crédito: Geferson Kern
Fotos: Geferson Kern

Compartilhar

Agricultores reivindicam energia elétrica

Publicado em 22/10/2014 às 18h23

 Produtores rurais acompanhados por técnicos da Emater/Ascar participaram nesta terça-feira, 21, de audiência com o prefeito Airton Artus, o secretário Geral de Governo, Tiago Quintana, e o secretário de Agricultura, Fernando Heissler. Após diagnóstico realizado em reuniões com 13 comunidades do interior, através das Chamadas Públicas da Sustentabilidade, o grupo apresentou relatório de demandas da agricultura local e reivindicou apoio do chefe do Executivo. Em nome de cerca de 500 famílias que participaram dos debates, o grupo pediu aumento no orçamento destinado à Secretaria de Agricultura e reforço na energia elétrica para o interior.

Às vésperas da audiência pública que apresentará a peça orçamentária para 2015, os agricultores destacaram ao prefeito municipal o pedido de atenção à Secretaria de Agricultura. O setor responsável por 13,39% do total de ICMS arrecadado pelo Município no último ano solicitou incremento na verba destinada à Agricultura, especialmente para a conservação das capatazias responsáveis pela manutenção das estradas do interior. “Para seguirmos produzindo com qualidade, precisamos de boas estradas para o transporte e da secretaria de Agricultura para nos ajudar com material e máquinas nas propriedades. São dezenas de produtores que querem investir em aviários e chiqueiros”, depôs o produtor Gustavo Heinn, de Linha Herval.

O prefeito Airton Artus ouviu as considerações e destacou que as preocupações deles são as mesmas de toda a Administração. “Eu penso e sofro com isso todos os dias. Estamos fazendo um grande esforço para colocar a casa em ordem e deixar o Município no caminho para os próximos prefeitos. Apenas na defasagem do cálculo atuarial do Fundo de Previdência dos Servidores, uma herança deixada por outros prefeitos, nós pagamos mais de R$ 500 mil por mês. Já podíamos ter comprado 72 patrolas para o interior”, depõe o prefeito.

O líder do Executivo esclareceu ainda sobre as dificuldades orçamentárias, o déficit projetado para o próximo ano e a necessidade de debater o pacto federativo, que destina aos municípios a menor parte no retorno dos impostos e faculta a eles a maioria dos serviços e responsabilidades. O prefeito revelou ainda que a agricultura é contemplada no orçamento não apenas com o recurso direto da secretaria, mas através da Saúde, da Educação, das Obras e outras secretarias. “Para 2015, apesar de não constar no orçamento direto da Secretaria de Agricultura, teremos um financiamento de R$ 3 milhões para aquisição de máquinas, o que irá beneficiar diretamente o interior e o trabalho nas capatazias”, contribui Tiago Quintana, integrante da equipe de elaboração do orçamento.

Com relação ao reforço da rede de energia elétrica, Airton Artus destaca que esse é um trabalho que exige envolvimento político para pressionar a AES Sul. “A falta de investimentos no interior está travando o desenvolvimento. De nossa parte, vamos fazer o possível para colaborar, mas é uma ação que devemos cobrar também dos nossos representantes na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal”, finalizou. Airton Artus agradeceu a entrega do relatório com embasamento técnico e destacou o envolvimento dos agricultores no debate.

Durante a audiência pública desta quinta-feira, 23, às 15h, na Prefeitura, os agricultores prometeram comparecer com representação para acompanhar os programas previstos para o setor em 2015. Além disso, eles pretendem acompanhar a votação na Câmara de Vereadores como forma de mobilização pela valorização do setor primário.

 

Crédito: Daiana Nervo
Fotos: Daiana Nervo

Compartilhar

Carta será enviado para contribuintes com IPTU atrasado

Publicado em 22/10/2014 às 18h20

 A Secretaria Municipal da Fazenda enviará, a partir da próxima semana, correspondências que informarão as condições para a quitação de débitos de IPTU de anos anteriores. A iniciativa faz parte da campanha da Administração Municipal de oferecer a possibilidade de pagamento com redução de 50% nos valores de juros e multas para quem possui pendências com o imposto. Além do abatimento nestes valores, o programa prevê desconto extra de 5% no IPTU 2015 a todos os contribuintes que liquidarem suas pendências relativas ao imposto até o próximo dia 14 de novembro.

Conforme a chefe do setor de Arrecadação e Tributos da pasta, Cleni Schabbach, as cartas serão entregues pelos Correios nos endereços domiciliares dos proprietários. As correspondências serão enviadas prioritariamente aos contribuintes com os maiores valores pendentes relativos ao IPTU 2014. A carta informará de maneira detalhada as condições para o pagamento dos débitos e conterá a guia para quitação da pendência, já com o valor de juros e multas reduzido dentro das condições oferecidas.

As cartas serão entregues como forma de estimular a possibilidade de encerramento das pendências. No entanto, a Secretaria Municipal da Fazenda já está recebendo desde o início deste mês os contribuintes interessados em colocar em dia seus carnês de IPTU de anos anteriores. As dúvidas sobre o assunto e o encaminhamento do pagamento podem ser feitos nos guichês de atendimento da Secretaria, no prédio principal da Prefeitura. O atendimento de segunda à sexta-feira vai das 8h às 16h, sem fechar ao meio-dia.

 

DESCONTO AUTOMÁTICO

Quem estiver com seus débitos de IPTU plenamente quitados até o dia 14 de novembro receberá o carnê para o pagamento do imposto relativo ao próximo ano com o desconto de 5% automaticamente calculado. Os carnês serão entregues a partir de dezembro, com desconto de 10% no pagamento à vista – ou 15% para os contribuintes sem nenhum débito de IPTU dentro do prazo firmado pela Secretaria da Fazenda. Já o pagamento parcelado poderá ser feito em até oito vezes, com vencimento da primeira parcela em fevereiro do próximo ano, também com desconto de bom pagador a quem liquidar seus débitos dentro do prazo.

 

Crédito: Geferson Kern
Fotos: Geferson Kern

Compartilhar

Postos de Saúde estarão fechados na tarde de sexta-feira

Publicado em 22/10/2014 às 18h17

A Prefeitura Municipal de Venâncio Aires informa que nesta sexta-feira, 23, a rede de Postos de Saúde da cidade e interior estará fechada no turno da tarde. Os servidores estarão envolvidos em um curso de capacitação na área de vacinação. Casos de emergência devem procurar a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Cruzeiro.

 

Crédito: Daiana Nervo

Foto: Guia Venâncio

Compartilhar

Prefeitura prepara 1ª Semana da Saúde do Servidor

Publicado em 22/10/2014 às 18h11

 Levando em conta a importância dos servidores para a qualidade dos serviços prestados pela Prefeitura de Venâncio Aires, a Administração Municipal organiza uma semana inteira de atividades em prol da saúde dos 1.232 trabalhadores, que comemoram o Dia do Servidor Público no próximo dia 28 de outubro. A partir de segunda-feira, 27, acontece a Primeira Semana da Saúde do Servidor, com o tema “Saúde e Qualidade de Vida”. Já na quinta-feira, 30, os servidores terão tarde de integração e palestra motivacional com o tema “Equilíbrio emocional: como responder de forma harmônica e adequada aos acontecimentos externos”.

Durante a semana do servidor, no primeiro horário da manhã, os prédios das secretarias serão visitados por uma equipe multidisciplinar para a realização de testes de saúde, orientações nutricionais, de atividade física e uma conversa sobre segurança do trabalho. Os funcionários serão recepcionados com música e realizarão exames de pressão arterial, glicemia, peso e altura (antropometria). O técnico em Segurança do Trabalho, Rafael Haas, falará com os colegas sobre o tema e uma pesquisa buscando avaliar o grau de satisfação e comprometimento dos funcionários será aplicada em cada secretaria. “Queremos saber o que é capaz de motivar e desmotivar um funcionário, qual o seu grau de envolvimento e comprometimento com a cidade”, destaca o secretário municipal da Administração, Leandro Pitsch.

Para encerrar a Semana do Servidor, um encontro de confraternização está agendado para a próxima quinta-feira, 30, a partir das 13h30, na Sociedade de Leituras. Nesse dia, todos os órgãos públicos terão turno único, das 7h30 às 12h. Apenas as escolas e Postos de Saúde atenderão normalmente. Na tarde de integração haverá lista de presença e os servidores são convocados a participar. O grupo poderá levar chimarrão para assistir às apresentações artísticas, da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P), palavra do prefeito e palestra com a psicóloga Lúcia Fontoura. São parceiros da promoção a Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo e Ervateira Elacy. 

 

Crédito: Daiana Nervo
Fotos: Ana Luiza Bencke

Compartilhar

Serviços Públicos é pauta em debate da Rádio Bandeirantes

Publicado em 22/10/2014 às 11h39

 Apresentado pelo jornalista Milton Cardoso, a Capital do Chimarrão recebeu nesta segunda-feira à noite, 20, das 22h à 1h, o Projeto Band Repórter Especial. O programa de rádio foi transmitido ao vivo para todo o Estado pela Rádio Bandeirantes AM 640 em estúdio montado no restaurante Bifão, localizado na Rua Osvaldo Aranha. O evento contou com a participação do vice-presidente da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (AGERGS), Ayres Polinário, gerência da Corsan e AES Sul. O prefeito Airton Artus foi um dos convidados, bem como os vereadores Ana Cláudia do Amaral Teixeira e José Cândido Faleiro Neto.

Entre as pautas, o programa abordou a qualidade dos serviços públicos no Município como mobilidade urbana, condições das estradas, energia elétrica, transporte, abastecimento de água e esgotamento sanitário em Venâncio Aires. Durante o debate, o gerente local da Corsan, Paulo Weschenfelder, destacou o trabalho realizado por uma empresa terceirizada, que realiza a instalação de redes coletoras de esgoto no centro e em sete bairros de Venâncio Aires e também a intenção de consertar as ruas irregulares, principalmente no centro do Município.

Os técnicos da AGERGS, que é uma agência reguladora e parceira dos municípios, tem por objetivo fiscalizar os serviços efetivados pela Corsan e também pela AES Sul. Na Capital do Chimarrão, a Corsan está focada nos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, além do calçamento nas ruas. Já a AES Sul tem como meta substituir de forma integral os postes de energia elétrica, trocando os de madeira pelos de concreto.

O esporte também esteve em pauta com a Assoeva e o Guarani, representantes de Venâncio Aires em nível estadual e nacional. O prefeito Airton convidou o diretor da Assoeva, Irineu Henn, que destacou a exibição do time diante do Brasil Kirin, no empate por 3 a 3 pela segunda fase da Liga Nacional de Futsal, na mesma noite de segunda-feira. Explicou a importância de manter um futsal de alto nível e o fato de centenas de famílias e crianças se deslocarem ao ginásio, no apoio ao clube. No final, o prefeito Airton Artus agradeceu ao grupo Bandeirantes de rádio pela oportunidade de as cidades exporem suas potencialidades num programa de debates com opinião qualificada, com análise e profundidade dos principais assuntos que envolvem os municípios do Estado. 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Venâncio Aires
Crédito: Rui Borgmann

Compartilhar

Mostra de Trabalhos Escolares acontece nesta quinta-feira

Publicado em 22/10/2014 às 11h38

Mostra de 2013 foi junto a escola Odila Rosa Scherer no bairro União.O ginásio da escola municipal Dois Irmãos, do bairro Aviação, vai receber a quarta edição da Mostra Municipal de Trabalhos Escolares: Construindo Aprendizagens. A mostra de talentos será realizada nesta quinta-feira, dia 23, das 8h às 12h e das 13h às 16h. A promoção é da Secretaria Municipal da Educação.

Conforme a professora responsável pela organização, Isabel Sackser, haverá a exposição de cerca de 50 trabalhos de pesquisa, elaborados por estudantes da educação infantil, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os projetos expostos contemplam todas as áreas do conhecimento.

Para Isabel, o incentivo na pesquisa é fundamental para aprimorar a atuação do aluno no dia a dia da sala de aula. “Entendemos que através da pesquisa, o aluno se envolve mais no processo de ensino e aprendizagem”, frisa a professora. Em cada estande, haverá banners explicando para os visitantes o cunho do trabalho exposto.

 

Crédito: Geferson Kern

Compartilhar

Estacionamento para bicicletas são instalados no centro

Publicado em 21/10/2014 às 17h26

Exibindo bicicletário1_Rui Borgmann.jpgSinônimo de economia e de benefícios à saúde, a bicicleta é usada e incentivada em diversos países considerados desenvolvidos. Incluso no novo plano de mobilidade urbana, que está sendo encaminhado à Câmara de Vereadores, o hábito de pedalar também é estimulado pela Administração Municipal. Para isso, três bicicletários estão sendo instalados em áreas públicas no centro da cidade. O primeiro deles está à disposição dos usuários em frente ao prédio da Prefeitura, na Rua Osvaldo Aranha. Com doze vagas para estacionar a bike, outros dois serão instalados nos próximos dias na Praça Henrique Bender e na Unidade de Pronto-Atendimento, no bairro Cruzeiro.

Segundo o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Telmo Kist, a intenção é ampliar no próximo ano os bicicletários nos Postos de Saúde e também em frente a órgãos privados como bancos e também em lojas e empresas. “A Secretaria está encaminhando às casas bancárias um convite a participar desse programa, enviando um modelo e a legislação para a sua instalação”, explicou Kist. O secretário destaca ainda que o bicicletário é um espaço seguro para estacionar as bicicletas, oportunizando às pessoas a deixarem o automóvel em casa e fazer seus afazeres na Prefeitura, nos bancos e comércio local.

A solicitação dos bicicletários em alguns pontos do centro foi feita pelos vereadores, que conferiram na tarde desta terça-feira o equipamento instalado em frente à Prefeitura. Representaram o Legislativo as vereadoras Cleiva Heck e Ana Cláudia Teixeira. O prefeito Airton Artus e o secretário de Administração, Leandro Pitsch, também conheceram o equipamento, que custa R$ 700 reais cada um. A empresa venâncio-airense Estimetal foi a responsável pela fabricação.

Com quase 70 mil habitantes, Venâncio Aires conta com 40 mil veículos automotores. Recentemente, a Administração Municipal investiu R$ 19,5 mil para a realização de um estudo sobre mobilidade urbana e trafegabilidade, constatando que deve haver prioridade ao uso de bicicletas, ampliação do número de ciclovias e a construção de um anel cicloviário. Estas ações visam a incentivar a prática esportiva, hábitos saudáveis, reduzindo a poluição.

 

PEDALAR FAZ BEM

Com o uso da bicicleta, o cidadão economiza em transporte, estacionamento, bem como no preço do veículo e sua manutenção. Um ciclista é capaz de percorrer sete quilômetros em 30 minutos. Para pequenas e médias distâncias são quase sempre mais velozes que qualquer outro meio de transporte. Por não serem sujeitas a engarrafamentos, os tempos de viagem são os mesmos. A atual busca por qualidade de vida é responsável por colocar esse veículo tão simples como elemento renovador.

Principal benefício individual, quem se desloca de bicicleta pela cidade exerce uma atividade física que faz bem à saúde. O ciclista se torna mais disposto, bem humorado e fisicamente em forma. A bicicleta ajuda a manter a cidade limpa e com um trânsito livre, promovendo assim uma melhora a qualidade de vida para todos. É também amiga do meio ambiente e se integra a ele harmonicamente como a máquina mais eficaz inventada pelo ser humano para transformar energia em movimento. (www.pedalegre.com.br).

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Venâncio Aires

Créditos: Rui Borgmann

Compartilhar

Venâncio Aires pesquisa perfil nutricional da população

Publicado em 21/10/2014 às 17h10

Exibindo obesidade.jpgDados do Ministério da Saúde apontam que 17,5% da população brasileira está obesa, o que representa mais de 35 milhões de pessoas. Mas em Venâncio Aires, qual o percentual de pessoas acima do peso? Como a população se alimenta? Para responder a essas perguntas e traçar um perfil nutricional dos habitantes, a Secretaria Municipal de Saúde, com apoio de profissionais da Secretaria de Educação e Hospital São Sebastião Mártir, realiza diagnóstico junto a escolas e unidades de saúde. Com o objetivo de implantar uma Rede Especializada na Atenção à Obesidade, o grupo também fará o trabalho de coleta de dados nesta sexta-feira, 24, das 9h às 15h, no centro da cidade.

Uma criança gordinha tem até 30% mais chances de se tornar um adulto obeso. E o excesso de peso corporal em adultos é fator de risco comprovado para várias doenças, como a hipertensão, diabetes e câncer. Por isso, além de realizar diagnóstico de obesidade e sobrepeso entre a população de todas as idades, o objetivo da Administração Municipal é a implantação de políticas públicas de combate ao problema. “O projeto inclui, por exemplo, o incentivo ao uso da estrutura pública para a prática de atividades físicas, como as academias ao ar livre, ciclovia e caminhódromos. Com dados em mãos, também poderemos sugerir qual bairro deve receber área esportiva prioritária para atenção a crianças e adolescentes obesos, e onde deveremos implantar grupos de reeducação alimentar na rede pública”, explica a educadora física do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF), Eliane Turcatto.

Durante o mês de setembro, mais de duas mil pessoas que passaram pela rede básica de saúde de Venâncio Aires já foram medidas, pesadas e receberam medição da pressão arterial. Nas escolas da rede municipal, o trabalho está sendo realizado ao longo do mês de outubro e a expectativa é ampliar para a rede particular, estadual e para as maiores empresas da cidade no mês de novembro. Por amostragem, o grupo pretende finalizar o diagnóstico nutricional até o final do ano.

Para o secretário municipal da Saúde, Celso Artus, o trabalho permitirá ainda a identificação de pacientes com estado nutricional alterado e, a partir daí, indicará intervenções relacionadas ao perfil e consumo alimentar e ao monitoramento do estado nutricional destes indivíduos até que os mesmos tenham a situação nutricional normalizada. “É uma questão importante de saúde pública e deve ser tratada como tal”, destaca. Artus lembra ainda que a implantação da Rede de Atenção à Obesidade é um passo importante para a qualificação dos serviços. “Podemos futuramente até reivindicar para o município uma referencia na cirurgia bariátrica, por exemplo. Hoje são pouquíssimos hospitais de referencia e o SUS não dá conta da demanda. Venâncio Aires tem mais de 20 pessoas na fila por essa cirurgia e não conseguimos realizar nenhuma ainda neste ano”, lamenta o secretário.

 Obesidade – A obesidade é uma enfermidade caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal que pode ocasionar diversos problemas de saúde, como hipertensão arterial, diabetes, doenças cardiovascular, entre outras. Pessoas obesas apresentam limitações de movimento, tendem a ser contaminadas com fungos e outras infecções de pele com diversas complicações. O sobrepeso sobrecarrega a coluna e membros inferiores, apresentando a longo prazo degenerações (artroses), além de doença varicosa superficial e profunda (varizes).

Cuidado – O tratamento da obesidade envolve necessariamente a reeducação alimentar, o aumento da atividade física e, eventualmente, o uso de algumas medicações auxiliares. Para começar o tratamento correto é indicado procurar uma Unidade Básica de Saúde. O Índice de Massa Corporal (IMC) é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como referência para a medida do peso. Ele é calculado dividindo-se o peso (em kg) pelo quadrado da altura (em metros). O resultado revela se o peso está dentro da faixa ideal, abaixo ou acima do desejado.

 

Classificação do IMC: 

  • Menor que 18,5 – Abaixo do peso
  • Entre 18,5 e 24,9 – Peso normal
  • Entre 25 e 29,9 – Sobrepeso (acima do peso desejado)
  • Entre 30 e 34,9 – Obesidade Grau I
  • Entre 35 e 39,9 – Obesidade Grau II
  • Igual ou acima de 40 – Obesidade Mórbida

 

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Venâncio Aires

Créditos: Daiana Nervo

Compartilhar

Casos de sífilis mobilizam equipes de atendimento em postos

Publicado em 21/10/2014 às 16h04
 As equipes de atendimento à população dos postos de saúde de Venâncio Aires estão mobilizadas na orientação sobre a prevenção e tratamento a casos de sífilis. Hoje, só o Centro de Atenção a Doenças Infectocontagiosas (Cadi) atende diretamente a 30 pacientes diagnosticados com a doença somente em 2014, além daqueles que buscam tratamento em cada unidade de saúde do centro ou dos bairros. As características da enfermidade, somada à baixa procura pelo tratamento necessário, motivaram a Secretaria Municipal da Saúde a reforçar a importância da aplicação do teste rápido para o diagnóstico da doença e da necessidade de seguir o tratamento completo.
 
Segundo a médica Sandra Knudsen, a maioria dos portadores de sífilis no município descobre que possui a doença quando procura as unidades de saúde para fazer exames por outros motivos. Por ser uma doença sexualmente transmissível (DST), é preciso que, além do portador de sífilis, seu parceiro sexual também seja examinado para constatar se contraiu a doença. “Por vezes, recebemos situações de casais em que ambos portam a doença. Isso não significa que houve uma relação extraconjugal de uma das partes, pois a sífilis pode ficar anos sem se manifestar”, aponta a médica da Secretaria.
As situações mais emblemáticas são aquelas envolvendo as gestantes. “O tratamento para gestantes com sífilis é considerado urgente, pois é muito grande a probabilidade de transmissão da enfermidade para o feto”, pontua Sandra. Após o tratamento, que pode ser feito nas unidades de saúde do município, o paciente precisa ser monitorado e seguir alguns cuidados ao longo de um ano, para garantir que está curado da doença. “No entanto, vemos muitos pacientes ignorando as indicações para esse período, o que pode fazer com que a sífilis volte ao organismo da pessoa infectada”, finaliza.
 
A Secretaria Municipal da Saúde ressalta a importância da realização do teste rápido, que é oferecido gratuitamente e, em 15 minutos, indica se a pessoa contraiu ou não a doença. O teste pode ser feito nas Estratégias de Saúde da Família (ESFs), nos bairros Coronel Brito, Macedo e Santa Tecla ou no Cadi, na rua 1º de março. Para as gestantes, é possível também fazer o teste no Centro Materno Infantil, na rua Reinaldo Schmaedecke.


SAIBA MAIS SOBRE A DOENÇA

A sífilis é uma enfermidade sistêmica, exclusiva do ser humano, conhecida desde o século XV. Tem como principal via de transmissão o contato sexual, seguido pela transmissão para o feto durante o período de gestação de uma mãe com sífilis não tratada ou tratada inadequadamente. Também pode ser transmitida por transfusão sanguínea.

A apresentação dos sinais e sintomas da doença, que tem evolução lenta, é muito variável e complexa. Quando não tratada, evolui para formas mais graves, podendo comprometer o sistema nervoso, o aparelho cardiovascular, o aparelho respiratório e o aparelho gastrointestinal.

 

*Sífilis primária

Descrição: Após a infecção, ocorre um período de incubação entre 10 e 90 dias. O primeiro sintoma é o aparecimento de uma lesão única no local de entrada da bactéria. A lesão, denominada cancro duro, é indolor, tem a base endurecida, contem secreção e muitas bactérias do tipo treponema. A lesão primária se cura espontaneamente, num período aproximado de duas semanas. As lesões sifilíticas facilitam a entrada do vírus da imunodeficiência humana (HIV).

 

*Sífilis secundária

Descrição: Quando a sífilis não é tratada na fase primária, evolui para sífilis secundária, período em que o treponema já invadiu todos os órgãos e líquidos do corpo. Nesta fase, aparece como manifestação clínica o exantema (erupção) cutâneo, rico em treponemas que se apresenta na forma de lesões de pele que podem aparecer em regiões úmidas do corpo.

 

*Sífilis latente

Se não houver tratamento, após o desaparecimento dos sinais e sintomas da sífilis secundária, a infecção entra no período latente, considerado recente no primeiro ano e tardio após esse período. A sífilis latente não apresenta nenhuma manifestação clínica.

 

*Sífilis terciária

Pode levar dez, vinte ou mais anos para se manifestar. A sífilis terciária se manifesta na forma de inflamação e destruição de tecidos e ossos.

 

*Sífilis congênita

Trata-se da infecção do feto em decorrência da passagem do treponema pela placenta. É mais grave quanto mais recente for a infecção materna. Na gestação, a sífilis congênita se manifesta com abortamento, nascimentos prematuros ou nascimentos seguidos de morte. Ao nascer, a criança com sífilis congênita pode apresentar lesões bolhosas, ricas em treponemas, na palma das mãos, planta dos pés, ao redor da boca e do ânus. Mesmo quando não se manifesta com essas características, a infecção congênita pode permanecer latente, vindo a se expressar durante a infância ou mesmo na vida adulta.

 

Fonte: Secretaria Municipal da Saúde, baseado na publicação Sífilis – Estratégias para o diagnóstico no Brasil, do Ministério da Saúde

Crédito: Geferson Kern

Fotos: Geferson Kern

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd c05|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||