Notícias - Prefeitura

Relatórios mapeiam deficiência - fornecimento elétrico no campo

Publicado em 01/04/2015 às 16h38

Exibindo ornelio_claudio_telmo.jpgOs sindicatos Rural e dos Trabalhadores Rurais entregaram na última terça-feira, 31, relatório que indicam os pontoas em que há problemas no fornecimento de energia elétrica no interior. O levantamento foi feito junto aos associados das entidades sindicais e entregue ao secretário municipal do Planejamento, Telmo Kist. A partir do recebimento da coleta de dados, com nome, código do cliente e local de moradia do agricultor, o prefeito Airton Artus buscará audiência com a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos do Rio Grande do Sul (Agergs), buscando melhorias no serviço.

De acordo com o estudo, a deficiência no fornecimento de energia afeta 250 associados do Sindicato Rural e mais de 500 filiados ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR). “Nossos produtores tem se visto obrigados a investir cada vez mais em geradores para tentar manter a produtividade e qualidade de vida, vista a insuficiência da rede elétrica”, depõe o presidente do Sindicato Rural, Ornélio Sausen. “As reclamações que recebemos são gerais. A deficiência da rede elétrica é realidade em praticamente todos os pontos do interior”, complementa o tesoureiro do STR, Cláudio Fengler.

Outra reclamação frequente dos moradores do interior, em especial da região serrana, é a demora no atendimento para restabelecer quedas de energia elétrica. “Alguns agricultores nos relataram que, após vendavais, a companhia responsável demora de cinco a sete dias para normalizar o fornecimento”, destaca Telmo Kist. Em encontro anterior com o prefeito, a Agergs já se mostrou disposta a receber as demandas dos produtores locais para buscar encontrar uma solução para a insuficiência da rede elétrica.

 

RETORNO À CÂMARA

A reunião para tratar das deficiências da energia elétrica no interior foi o último ato de Telmo Kist como secretário municipal do Planejamento. Kist, que ocupou o cargo nos últimos nove meses, está retornando à Câmara de Vereadores, onde voltará a exercer seu mandato. Ele ressaltou que continuará acompanhando como vereador a estas e outras demandas trabalhadas desde o último ano e que dizem respeito à Secretaria.

Fonte: PMVA
Créditos: Geferson Kern

Compartilhar

Defesa Civil da região tem novo coordenador

Publicado em 01/04/2015 às 16h19

Exibindo visita novo coordenador_Rui Borgmann.jpgO major Ricardo Accioly Gerhard, que assumiu a coordenação regional de proteção de Defesa Civil (Regional 11) no lugar do tenente-coronel Vinícius Galvani Renner, esteve no município nesta quarta-feira, 1° de abril. Ele destacou o trabalho que pretende desenvolver na sua gestão e colocou-se à disposição da Administração Municipal para eventuais necessidades.

Accioly foi recepcionado na sala de reuniões da Prefeitura pelo prefeito Airton Artus, presidente da Câmara de Vereadores Ana Cláudia do Amaral Teixeira, secretários Ronald Artus, Tiago Quintana e Claidir Kerkhoff da Trindade e pela técnica da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Social, Eloísa Gerhardt.

O prefeito Airton salienta a importância da Defesa Civil regional e das administrações públicas atuarem de maneira conjunta a fim de evitar catástrofes e agir de forma rápida e eficaz em caso de necessidade. A Defesa Civil regional abrange 61 municípios dos Vales do Taquari, Rio Pardo e Alto da Serra do Botucaraí.

Fonte: PMVA
Créditos: Rui Borgmann

Compartilhar

Prefeitura realiza nova etapa de limpeza de bueiros

Publicado em 01/04/2015 às 16h17

Exibindo IMG_4652.jpgA Secretaria Municipal da Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisp) comandou, ao longo da última semana, nova etapa do trabalho de limpeza de bueiros em pontos propícios a alagamentos na zona urbana. O serviço foi executado por caminhão de hidrojateamento adquirido com recursos do Fundo de Gestão Compartilhada, formado por Prefeitura e Corsan. A limpeza se concentrou em regiões baixas da cidade, como os bairros Morsch, União e Loteamento Artus, sendo efetuada por servidores das duas instituições.

Segundo o secretário municipal adjunto Rui Schwinn, diversos pontos apresentavam acúmulo de lixo e areia. A limpeza ocorre de forma periódica e havia sido feita por este caminhão pela primeira vez no fim do ano passado, em pontos como a Rua Emílio Selbach, Loteamento Benoni e Rua Osvaldo Aranha, sempre na parte baixa. O equipamento deve voltar à ativa nas próximas semanas e possui tecnologia para desobstruir a canalização entupida, restabelecendo o fluxo da água, além de identificar pontos em que a tubulação está danificada e necessita substituição.

Fonte: PMVA
Créditos: Geferson Kern

Compartilhar

Obras recuperam acessos na região do Passo da Cananeia

Publicado em 01/04/2015 às 14h28

Exibindo foto1.jpgA equipe de obras da cidade está concluindo o trabalho de recuperação de 16 quilômetros de estradas na localidade de Passo da Cananeia. O serviço no local, atingido parte do bairro Coronel Brito, durou cerca de uma semana, beneficiando a estrada geral e vias vicinais. Conforme o secretário-adjunto de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rui Schwinn, algumas estradas secundárias apresentaram o maior desafio para complementar o trabalho, por suas dimensões reduzidas e a falta de podas em árvores à beira da estrada, cuja responsabilidade é dos proprietários de terrenos.

Neste início de ano, a equipe de obras da Sisp ampliou o número de trabalhos em regiões intermediárias entre a cidade e o interior, onde a recuperação de estradas é feita pelas capatazias. No início do mês, serviço de natureza similar já havia sido efetuado na região de Linha Canto do Cedro, beneficiando ainda algumas estradas que pertencem ao bairro Bela Vista. Em outra frente, a equipe da cidade trabalha com motoniveladora e pá carregadeira para a limpeza de ruas no bairro Battisti, nas proximidades dos loteamentos populares do local.

Fonte: PMVA
Créditos: Geferson Kern

Compartilhar

Ginásio de Picada Nova agora conta com estacionamento

Publicado em 01/04/2015 às 14h18

Exibindo estacionamento ginásio.jpgEquipes da Secretaria de Agricultura trabalharam, nesta semana, naquele que era um antigo desejo da comunidade de Linha Picada Nova. O terreno ao lado do ginásio da localidade foi roçado e recebeu material para transformar-se em um amplo estacionamento para dias de festa e reuniões. 

Fonte: PMVA
Créditos: Daiana Nervo

 

Compartilhar

Crianças do PIM recebem a visita do coelho

Publicado em 01/04/2015 às 14h15

Exibindo P31-03-15_09.45.jpgNos dias 31 de março e 1º de abril de 2015, a equipe do Programa Primeira Infância Melhor (PIM), juntamente com o Coelho, foram às casas das famílias cadastradas no programa para a entrega dos ninhos de Páscoa. Na ocasião, o Coelhinho posou para fotos e interagiu com as crianças, que o recepcionaram com muito entusiasmo e felicidade. “Foi um momento de muita satisfação e alegria, pois o brilho nos olhos das crianças quando avistaram o coelho foi maravilhoso”, destacou a coordenadora Andréa de Oliveira.

O Programa Primeira Infância Melhor (PIM) é das secretarias municipais da Saúde, Educação e Desenvolvimento Social e atua nos bairros Gressler, Cidade Nova, Xangrilá, Vila Táta, Loteamento Popular Tirelli, Macedo e suas respectivas comunidades. Tem por objetivo orientar as famílias a partir de sua cultura e experiências, para que promovam o desenvolvimento integral de suas crianças desde a gestação até os seis anos de idade.


Exibindo foto Gabriela Marth.JPGEMEI YOLITA DECORADA

A Páscoa está chegando e com isso ficam em destaque as belíssimas decorações. Na Emei Yolita da Cruz Portela, no bairro Brígida, não foi diferente. Pais, alunos e professores se reuniram e ornamentaram o espaço. A Emei também tem uma programação com contação de histórias de Páscoa e a visita do coelhinho com entrega de ninhos aos alunos.

Fonte: PMVA
Créditos: Rui Borgmann

Compartilhar

Produção integrada de porcos é aposta da família Schneider

Publicado em 01/04/2015 às 14h13

Exibindo família Schneider1.jpgNa propriedade de 35 hectares da família Schneider, localizada em linha Ponte Queimada, a diversificação agrícola não é novidade. Apesar de manter o plantio de tabaco há 17 anos, a cada safra a área de cultivo é reduzida para dar lugar a novas alternativas de renda. O alambique de cachaça, as colmeias de abelhas, o gado e a soja ainda tem lugar na propriedade que, a partir deste ano, começa a receber um novo e grandioso empreendimento. Sergio Schneider e a esposa Rosa Inês Schneider apostam na criação de porcos de terminação. A produção integrada com a empresa BRF Brasil Foods, de Teutônia, garante a orientação, matrizes, alimentação e porcentagem na entrega de até 500 suínos no período pós engorda. O rendimento pode chegar a R$ 14 mil em três meses e meio de trabalho.

O investimento de Sergio Schneider no empreendimento é grande. Para a construção de um chiqueiro de 800 metros quadrados 100% adaptado a regras sanitárias internacionais, aproximadamente R$ 300 mil foram investidos. A esposa Rosa destaca com orgulho, porém, que o chiqueiro é o único com azulejo em todo o seu interior, facilitando a limpeza. A agricultora explica ainda o processo de criação do animal, que chegará à propriedade com aproximadamente 25 kgs e será tratado até atingir 130 kgs, quando retorna para abate na empresa. “Toda a alimentação e higienização é mecanizada. Cada animal deve se alimentar quatro vezes ao dia e uma quantidade certa de ração. Eles indicam isso para a carne ficar menos gordurosa e mais saborosa. Esse nosso porco aqui é para exportação”, destaca Rosa Inês.

Sérgio Schneider foi torneiro mecânico em Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul. Em razão de uma deficiência na perna, fruto de paralisia infantil, ficou na propriedade para dedicar-se apenas ao trabalho rural e garante não se arrepender. “Sempre gostei de porcos e esse sistema é muito simples, não exige grande trabalho. Minha intenção é, depois de pagar esse, construir mais um chiqueiro e continuar o negócio”, destaca o agricultor que tem um filho de 19 e uma filha de 12 anos.  

Em fase de acabamento, o chiqueiro da família Schneider recebeu a visita do secretário-adjunto da Agricultura, Leomar Rehbein, e do chefe de capatazia, Milton Froelich. Nos últimos meses, a Prefeitura realizou mais de 50 horas-máquinas na propriedade de Sergio Schneider como forma de incentivo ao projeto de diversificação. Rehbein lembra que o irmão de Sergio, João Schneider, também investe em dois chiqueiros na localidade de Picada Nova. “Na verdade são 14 projetos de diversificação que o Município está apoiando no momento em todo o interior. Semanalmente pretendemos apresentar um projeto para que a comunidade conheça a riqueza do nosso meio rural e outros produtores também se motivem a diversificar e crescer”, conclui.

Fonte: PMVA
Créditos: Daiana Nervo

Compartilhar

Feira do Peixe começa na tarde desta quarta-feira

Publicado em 31/03/2015 às 17h21

Exibindo foto02.JPGA Associação dos Piscicultores de Venâncio Aires (Apiva) inicia nesta quarta-feira, 1º, mais uma edição de sua tradicional Feira do Peixe alusiva à Semana Santa. As feiras iniciam por volta das 13h, na Comunidade Santa Rita de Cássia (bairro Gressler), Bar Quadros (bairro Santa Tecla) e na Feira do Produtor Rural, nos fundos da Prefeitura. Ao todo, até 15 produtores ligados à entidade devem participar da comercialização.

Nesta quinta-feira, 2, ao longo de todo o dia, e na sexta-feira, 3, na parte da manhã, as férias serão estendidas aos bairros Macedo, Coronel Brito, Battisti, Aviação, Vila Mariante em mais pontos no centro da cidade. O único ponto com venda de peixe eviscerado, peixe vivo e filé, seja de carpa ou tilápia, será o da Comunidade Santa Rita. Nos demais, será feita a venda somente de peixe vivo.

 
A tabela de preços por quilo é a seguinte:

*R$ 8 (carpas prateada e cabeça grande)

*R$ 9 (carpas capim e húngara)

*R$ 10 (carpas de todos os tipos já evisceradas)

*R$ 19 (filé de carpa de todos os tipos)

*R$ 22 (filé de tilápia)

Fonte: PMVA
Créditos: Geferson Kern

Compartilhar

Escola infantil Bela Vista comemora três anos de atividades

Publicado em 31/03/2015 às 17h12

Exibindo foto 2015.jpgA Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Bela Vista comemorou na última segunda-feira, 30, seu terceiro aniversário. A inaugurada em 30 de março de 2012, a escola localizada na rua 1º de Maio conta hoje com 27 servidores, dos quais boa parte atuam no local desde sua inauguração. Eles são responsáveis pelo atendimento das 106 crianças matriculadas. Atualmente, todas as seis turmas em que se dividem os alunos, de zero a seis anos, estão completas.

Uma das marcas mais conhecidas da curta história da Emei Bela Vista é o desenvolvimento de atividades extracurriculares ou que envolvam a comunidade escolar. “Temos contado com apoio fundamental da Associação de Pais e Mestres (APM), que já nos auxiliou na aquisição de brinquedos, livros e mobília para as salas de aula e leitura”, conta a diretora Janete Cândida Sulzbach Bilo, lembrando também do apoio dado pela Secretaria Municipal de Educação.

Entre os projetos destacados na escola, está o projeto pedagógico “Trabalho e Consumo”. A iniciativa ensinou a alunos da Pré-Escola B a origem do dinheiro e a importância de sua administração, conquistando o 1º lugar regional e o 3º lugar em nível de Estado, dentre mais de dois mil trabalhos inscritos. A conquista valeu à escola um aparelho de DVD, um projetor LCD e uma caderneta de poupança de R$ 2 mil. O trabalho foi liderado pela professora Moira Poema Closs Gaspar, que ocupa a vice-direção da escola durante a licença-maternidade da titular Caren de Castro.

 

BIOCICLETA

Conforme a diretora Janete, a Emei está se dedicando agora à participação no projeto Biocicleta da Unisc, para que os estudantes recebam uma bicicleta com quadro de material reciclável. Para tanto, estão sendo coletadas latas, jornais, papelão e vidros, que podem ser doados na própria escola. Os itens coletados estão sendo armazenados nas escolas e em seguida serão recolhidos e encaminhados para uma empresa de reciclagem.

Para este ano, o projeto prevê a realização de oficinas focadas em ações de educação ambiental. Dentre estas, estão a conscientização, redução, reutilização e reciclagem de garrafas pet, bem como atividades que envolvem o sistema de reciclagem de lixo orgânico caseiro (composteira e minhocário) e de papel, entre outros.

Fonte: PMVA
Créditos: Geferson Kern
Foto: Janete Cândida Sulzbach Bilo

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||