Notícias - Prefeitura

Venâncio Aires é a maior cidade do interior com investimentos em obras no Estado

Publicado em 05/07/2019 às 07h29

 A Caixa Econômica Federal e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) tem Venâncio Aires como exemplo de desenvolvimento e de busca de novas obras para o crescimento do Município. Em Bento Gonçalves, hoje, 4, o Prefeito Giovane Wickert conversou com Gestores do BRDE, Celso Pudwell e da Caixa Econômica Federal Eduardo Deotti, sobre os projetos, obras e propostas da Capital do Chimarrão. 

 No 39º Congresso dos Municípios do Estado, evento organizado pela Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS), uma das pautas nas rodas de conversas era sobre o relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) feito em maio deste ano e anunciado nos últimos dias. No documento, Venâncio Aires aparece como segundo lugar em número de obras paradas, no entanto, os números não levam em conta a realidade dos projetos, e de acordo com o Gestor, não existem oito obras paradas como aponta o documento, e sim uma, a da Escola de Ensino Infantil Xangrilá.  

O projeto da EMEI é uma parceria do Governo Municipal com a esfera federal através do Programa Pró-infância, onde a Prefeitura entrava com terreno, terraplanagem, calçada e muros e o restante era por conta do Governo Federal. A obra está paralisada devido ao problema com a empresa licitada. Na verdade, o Governo está indo para a terceira empresa em busca de terminar a obra. 

 As demais sete obras não estão paradas, como destaca o Prefeito, elas se referem ao PAC/ Caixa e ao BRDE e estão prontas, o que acontece é que há saldo no recurso dos projetos e por isso não foi dado baixa nas obras porque o Município busca utilizar os recursos para viabilizar pavimentação em outras quadras. No caso do asfalto de Santa Emília, do PAC dos Frigoríficos, a obra está finalizada e foi entregue a comunidade, no entanto, nos autos dos documentos a obra não está 100% encerrada porque foi solicitado ao DAER a renovação do prazo de vigência do convênio. 

 As pavimentações do PAC Coronel Brito, Leopoldina, Brands e Morsch foram concluídas entre março e junho deste ano, após o período da pesquisa. As obras do BDRE, do bairro Santa Tecla e das sedes dos distritos no interior, aguardam liberação do Banco para a pavimentação de um novo trecho que será realizado com o saldo do financiamento. 



Encontro Famurs

O Prefeito participa do encontro da FAMURS hoje e amanhã, 5. Pela participação dele no evento, o Gabinete de Portas Abertas ocorrerá com a presença do Vice e dos Secretários. 

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes
Foto: Leandro Osório

Compartilhar

Caminhada pela Saúde: Secretários Gaúchos em busca de apoio parlamentar em Brasília

Publicado em 04/07/2019 às 11h16

Ontem, 3, uma comitiva do Conselho Nacional das Secretarias de Saúde do Rio Grande do Sul (Consem/RS), liderada pelo Secretário Municipal de Venâncio Aires Ramon Schwengber percorreu os Gabinetes dos Deputados Federais Gaúchos em Brasília. 

Acompanhado pela Primeira Vice-presidente e Secretária Municipal da Saúde de Nova Araçá, Cláudia Daniel, pelo Primeiro Secretário, Gestor de Novo Hamburgo, Naasom Luciano da Rocha e ainda pelos Secretários Municipais, de Farroupilha, Rosane da Rosa, de Canoas, Fernando Ritter, de Lavras do Sul, Cacildo Delabary, de Coqueiro Baixo, Sandra Viecellin Caumo e de Pejuçara, Erasmo Daronco.

Entre os parlamentares visitados, estão Maurício Dziedricki, Marcelo Moraes, Heitor Schuch e Marlon Santos, representado pelo chefe de gabinete, Cláudio Tatsch. O objetivo dos encontros foi apresentar as necessidades de saúde de cada região, bem como dialogar com os parlamentares na busca por emendas que garantirão mais investimentos para a pasta nas respectivas cidades. De acordo com Schwengber a ideia é fazer uma carta de intenções do Conselho para todos os Deputados Federais e enviar ainda neste semestre. 


Campanha Envolva-se

Ainda em Brasília, onde participa do Congresso do Conselho Nacional das Secretarias de Saúde, Schwengber apresentou ao Presidente do Conselho Mauro Junqueira o projeto da UTI Neonatal de Venâncio Aires. Ao entregar um Kit com os produtos que a Associação vende para angariar recursos, o Gestor Venâncio-airense detalhou o projeto e as conquistas ao Presidente. Conforme Schwengber, Junqueira se emocionou com a experiência e a luta comunitária da campanha e se colocou à disposição para auxiliar no que for preciso em Brasília para conquistar a UTI o mais breve possível. Ainda de acordo com o Secretário, Junqueira foi fundamental em 2017 para o trabalho de conquista do aumento do Teto Mac para Venâncio Aires. 

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes

Compartilhar

Criança não trabalha: Competi debate diferenças entre trabalho e tarefa

Publicado em 04/07/2019 às 07h34

A Constituição Federal há mais de 30 anos garante proteção à infância, principalmente no que tange ao trabalho infantil. Nos últimos anos, a exploração de mão de obra de crianças reduziu, mas ainda há muito trabalho ilegal dos pequenos e de adolescentes. 

O artigo 6º  da Constituição deixa claro que são direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, no entanto, muitos ainda insistem em não cumprir a regra e empregam ou fazem com que menores de 16 anos tenham obrigações de trabalho. 

Atualmente no Brasil, o trabalho é permitido por lei a partir dos 16 anos, desde que a situação seja salubre e que não apresente perigo ou seja no horário noturno, condições em que só é autorizada a contratação a partir dos 18 anos. Aos 14, entretanto, os interessados já podem ingressar no mercado de trabalho como aprendizes. A Constituição de 1988 e o Estatuto da Criança e do Adolescente de 1990 foram fundamentais para mudar esse paradigma e fundar o que seria a base para o combate ao trabalho infantil nas décadas seguintes. 

Na semana passada, os membros da Comissão Municipal do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (COMPETI) realizou em Venâncio Aires uma roda de conversa no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), alusiva ao Dia Mundial de Luta Contra o Trabalho Infantil, marcado pelo dia 12 de junho, para a comunidade. Na oportunidade, o grupo explanou sobre o trabalho infantil e a diferença de trabalho e tarefa, mitos e verdades, como identificar se uma criança está fazendo uma atividade irregular e como denunciar.

A diferença, conforme os membros, entre explorar uma criança em um trabalho e conscientizá-la sobre responsabilidades em casa é fundamental para diminuirmos os índices e criar uma rede de conscientização, cada vez maior, de que criança não trabalha.

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes

Compartilhar

Município pré-cadastra crianças para “acolhimento noturno”

Publicado em 04/07/2019 às 07h33

 A partir da próxima segunda-feira, 8, a Prefeitura inicia um período de duas semanas para receber o pré-cadastro de famílias que necessitam de um acolhimento noturno para crianças até 10 anos. Até o dia 22, os interessados deverão procurar pessoalmente a Secretaria de Educação para preencher a ficha de pré-inscrição.

 O horário de atendimento será das 8h até às 16h e os pais e responsáveis interessados deverão levar documentos pessoais, comprovante de residência, comprovante de trabalho noturno e ainda certidão de nascimento do menor que precisa do atendimento.

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes 

Compartilhar

ARTIGO: Sobre o Largo do Chimarrão hoje.

Publicado em 04/07/2019 às 07h31

Posso afirmar que a necessidade hoje de se fazer algo em relação a degradação destas duas quadras que compõe do Largo do Chimarrão é urgente. Todos devem concordar com isso, haja visto as manifestações de descontentamento da atual situação pelas redes sociais.  Há várias perguntas que podemos fazer a partir daí, mas as mais importantes hoje são: O que fazer? Como fazer? e Com quanto fazer? Há parceria, há disposição e há solução! Talvez não seja a solução perfeita como nós urbanistas idealizamos e gostaríamos que fosse... Estudei fora do país, conheço o valor dos bons projetos de urbanização e de como os pedestres tem prioridade nos grandes e pequenos centros históricos europeus. Com certeza é preciso mais do que resolver o gargalo de veículos na Rua Jacob Becker e o problema das raízes das Tipuanas, mas também esta reforma não será a solução final! As cidades são dinâmicas e embora não percebamos elas estão em constante movimento e mudam com o tempo. Além disso o que se aplica em um lugar, nem sempre se aplica em outro. Não é regra ter que copiar tudo de outras cidades. É preciso observar, analisar, trazer o que for bom e não esquecer de levar em consideração hábitos, costumes, orçamento e viabilidade.

A intervenção no Largo é emergencial, não dá mais para esperar. Se for executado com cuidado e atenção terá bons resultados, e o resultado que esperamos é o sentimento de bem estar nos pedestres. Estudos comprovam que os principais fatores que criam esse sentimento bom nas pessoas tem relação com a qualidade dos passeios públicos, acessibilidade, existência de vegetação urbana adequada (que não gere sujeira e não possua raízes superficiais), iluminação suficiente à noite, proximidade a serviços urbanos, acesso a comércios, sinalização adequada e cuidados básicos com a fachada de prédios. Todos esses quesitos foram pensados no Projeto ilustrativo e discutidos em reuniões com o proprietários dos lotes daquelas quadras, que irão pagar uma boa parte das custas da obra.

Uma Rua Coberta seria o ideal para nossa cidade. A exemplo de outras, no Brasil e fora dele, ela se adequaria a nossa realidade e traçado urbano, pois permitiria a circulação de veículos durante os dias de semana e poderia ser fechada/bloqueada durante os finais de semana ou após determinada hora da tardinha - é outra ideia. Assim teríamos o fluxo de carros controlado quando se precisa, não criando um caos no trânsito de Venâncio no dia-a-dia, e de forma pontual teríamos a movimentação segura de pessoas, passeando em paz no Largo, curtindo um bom chimarrão e apreciando as vitrines, em horários adequados. Mas ainda não temos a Rua Coberta, e é preciso tomar providências para o problema hoje.

Volto a alegar veementemente: A grande verdade é que ajustar a demanda emergencial da população com a realidade e dinâmica atual de uma cidade como a nossa é o grande desafio de qualquer administração!

 

Fonte: PMVA
Créditos: Simone P. Becker Rech

Compartilhar

Entregas do Programa de Aquisição de Alimentos começam hoje

Publicado em 03/07/2019 às 13h11

Hoje, 2, a partir das 14h na sede da Cooperativa dos Produtores de Venâncio Aires (Cooprova), 600 famílias receberão alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).  No dia 2 de janeiro deste ano, o Governo Federal publicou no Diário Oficial da União (DOU) o valor de R$ 250 mil que o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), repassaria para Venâncio Aires, que beneficiarão agricultores e agroindústrias familiares e entidades assistenciais do município.

O programa é uma parceria das Secretarias de Desenvolvimento Rural e de Habitação e Desenvolvimento Social, da Emater/RS e da Cooprova. Os cadastrados no PAA são divididos em quatro turmas de 150 pessoas, onde cada grupo terá à disposição um roteiro de ônibus para o deslocamento até a sede da Cooperativa e após o retorno. O valor do ônibus terá a mesma tarifa urbana de transporte atual no Município com horário de saída para às 13h.

Confira abaixo os calendários e roteiros de cada turma:

CALENDÁRIO 1ª TURMA

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

OUTUBRO

02

06

03

01


Endereço: 
Ac. Imperatriz Dona Leopoldina, 3887, (Antiga) Escola Municipal Alfredo Scherer. 

 

1ª TURMA

Bairros: Interior, Cruzeiro, Brígida, Morsch, Benoni, Siencia, Distrito Ind., Vila Rica, Macedo Cidade Verde, Cidade Alta, Acesso.

Rota/Saída - Parada Rede Vivo: Passando pela Rua Berlin da Cruz, Rua Jacob Becker, Rua Brígida Fagundes, Rua 7 de setembro, RSC 453, CTA, Tramontini, Binário Dejanir Haussen de Oliveira, Rua Ottmar B. Schultz, Avenida das Indústrias, Loteaamento Tabalar e depois retorna Vila Rica, Rua Salvador S Goulart, Rua 15 de Novembro, Rua Tiradentes, Expedicionário, Acesso Leopoldina até a sede COOPROVA.

*** RETORNO APÓS A DISTRIBUIÇÃO DO PAA.

CALENDÁRIO 2ª TURMA

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

OUTUBRO

09

13

10

08


Endereço: 
Ac. Imperatriz Dona Leopoldina, 3887, (Antiga) Escola Municipal Alfredo Scherer.

 

2ª TURMA

Bairros: Batisti, Coronel Brito, Bom Jesus, Boa Esperança e Brands.

Rota/Saída: Trevo Coronel Brito, CAIC, Vila Batisti, retorna CAIC passando na Rua Gastão Guedes, segue a Linha do Loteamento Brands até a RSC 453, CTA Loteamento Eisserman para a sede da COOPROVA.

*** RETORNO APÓS A DISTRIBUIÇÃO DO PAA.

CALENDÁRIO 3ª TURMA

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

OUTUBRO

16

20

17

15


Endereço: 
Ac. Imperatriz Dona Leopoldina, 3887, (Antiga) Escola Municipal Alfredo Scherer.

 

3ª TURMA

Bairros: Centro, Mayer, União, S. Francisco Xavier, Aviação, Gressler, Xangrilá, Cidade Nova.

Rota/Saída: da Rua Berlim da Cruz, após parada Rede Vivo, Rua Jacob Becker, Rua Félix da Cunha, Rua Gen. Osório, Rua Tiradentes, Praça Católica, Rua Voluntários da Pátria, Rua Júlio de Castilhos, Rua Sete de Setembro, Rua Cândido de Moura, Rua São Francisco Xavier, Rua General Osório, Avenida Carlos Wagner, Rua 13 de Maio, Rua Wilma Helena Kunz, Condomínio Altos da Aviação, Rua Herval Mirim, Avenida Carlos Wagner, Cidade Nova - Inversa da Linha Armando Ruschel, Acesso Leopoldina, Sede da COOPROVA. 

*** RETORNO APÓS A DISTRIBUIÇÃO DO PAA.

CALENDÁRIO 4ª TURMA

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

OUTUBRO

23

27

24

22

 

4ª TURMA:

Bairros: Dietrich, Sta. Tecla, Tirelli, Tata, Bela Vista

Rota/Saída: Escola Benno Breuning, Vila Dietrich, Postão Sta. Tecla, Sersat, Corredor dos Gauer, Vila Tata, retorno Bela Vista, Rua Armando Ruschel, Acesso Leopoldina direto para sede da COOPROVA.

*** RETORNO APÓS A DISTRIBUIÇÃO DO PAA.

 

Fonte: PMVA
Créditos: Leandro Osório 

Compartilhar

Rio Taquari: Programa de Recuperação com inscrições abertas

Publicado em 03/07/2019 às 13h10

Até o final deste mês, a Secretaria de Meio Ambiente recebe inscrições de interessados em recuperar a mata ciliar do Rio Taquari. O programa consiste na doação de mudas de árvores nativas via Administração Pública para proprietários de áreas e as margens do Rio. 

Após o período de cadastro, a Secretaria faz a entrega das mudas na comunidade de Vila Mariante. Quem tiver o interesse de colaborar com a recuperação pode procurar a Secretaria ou entrar em contato com a equipe através do telefone 3983-1034 ou por e-mail meioambiente@venancioaires.rs.gov.br.

 O objetivo do programa é recuperar a mata que tem como funcionalidade a proteção da água, do solo e da fauna, formando um corredor de biodiversidade. 


Mudança de nome

Iniciado em 2019, o Projeto chamava-se “corredores ecológicos”, porém o nome foi modificado para Programa de recuperação sustentável da mata ciliar do rio Taquari. A necessidade da reposição das mudas ocorre em função das enchentes, que fazem com que muitas mudas plantadas há anos atrás não tenham sobrevivido. Atualmente, o programa abrange 164 propriedades ribeirinhas, e é conduzido pela Promotoria se Justiça do Município de Estrela.

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes

Compartilhar

Venâncio Aires presente na edição de 2019 do Congresso Nacional

Publicado em 03/07/2019 às 13h08

Até a próxima sexta-feira,5, o Secretário Municipal de Saúde de Venâncio Aires, Ramon Schwengber participa do 35º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, no Ulysses Centro de Convenções, em Brasília. Com o tema "Diálogos no Cotidiano do SUS", o Congresso do Conasems promove o encontro de mais de cinco mil congressistas em um momento de troca de experiências e informações que impactam diretamente no fortalecimento do SUS.

Paralelo ocorre ainda a 16ª edição da “Mostra Brasil aqui tem SUS", com apresentação de até 500 experiências exitosas de Secretarias Municipais de Saúde, com o objetivo de mostrar o SUS que dá certo em todas as regiões do país. Para Schwengber a participação é importante principalmente pelos compartilhamentos de experiências com outros gestores e pelos temas abordados como a questão da judicialização da saúde, emendas parlamentares, fortalecimento da atenção básica, financiamento do SUS e a assistência farmacêutica. 

Na quarta-feira, o debate “Financiamento e sustentabilidade de sistemas públicos de saúde” contará com a presença do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, do presidente do Conass, Alberto Beltrame, da representante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS), Socorro Gross, e a participação especial da líder de equipe de Sistemas da Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS) do escritório de Bangladesh, Valeria de Oliveira Cruz, que fará uma palestra inicial dos debates. A mediação será feita pelo presidente do Conasems, Mauro Junqueira.

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes

Compartilhar

ERRATA: Prefeitura com horários diferenciados a partir de hoje

Publicado em 02/07/2019 às 07h37

 A partir de hoje, 1, passa a vigorar o decreto número 6.601 assinado pelo Prefeito Giovane Wickert. O documento regra o horário entre hoje até o dia 22, quando os servidores passam a fazer meia hora a mais por dia para compensar a sexta-feira,26, que será ponto facultativo, fazendo assim feriadão nos serviços públicos, já que dia 25 é feriado municipal devido ao dia do colono e motorista.

A Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (SISP) tem horário diferenciado, sendo das 7h30min às 11h30min e das 13h até às 17h30min.As unidades de Saúde também farão compensação sem prejuízo a comunidade, mantendo os serviços normalizados. Já os demais órgãos terão atendimento externo normalizado, porém os servidores farão meia hora a mais por dia para compensar a folga. As escolas possuem calendário próprio e a orientação é de que a comunidade escolar se informe diretamente com as direções das instituições. 

 

Fonte: PMVA
Créditos: Leandro Osório

Compartilhar

Frio é tema da Feira de Artesanato neste final de semana

Publicado em 02/07/2019 às 07h35

A Secretaria de Turismo, por meio do Programa Municipal do Artesanato, promove neste sábado, 6, mais uma edição da Feira de Artesanato Especial de Inverno, a partir das 9h na Travessa Pastor Wenzel, na extensão da Praça Evangélica. 

Serão diversas sugestões de utensílios, peças decorativas, acessórios e vestuário, valorizando o trabalho feito à mão. A feira ocorrerá até às 17h, podendo sofrer alterações de horário em decorrência das condições do tempo. 

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes

Compartilhar

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||