Famílias atingidas por temporal recebem recursos do FGTS

Publicado em 25/01/2019 às 16h53

Serão liberados, a partir da próxima semana, os recursos federais que vão beneficiar famílias prejudicadas com temporal, que ocorreu em outubro do ano passado. A Defesa Civil em conjunto com a Caixa Econômica Federal estabeleceu um calendário para fazer atendimento das famílias do interior de Venâncio Aires. 

Eles foram divididos de acordo com a localidade. O objetivo é evitar transtornos e ter condições de avisar todas as pessoas. A partir de segunda-feira, 28, moradores das localidades de Cerro do Baú, Estância Nova e Linha Armando podem procurar a Defesa Civil. O calendário vai até dia 04 de março. (Confira a lista completa abaixo.) Antes de procurar a Caixa Econômica Federal, moradores precisam se dirigir até a sede da Defesa Civil com documentos de identificação e comprovante de residência (cópia e original).

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Dário Martins, o primeiro passo para ter acesso ao benefício é procurar a Defesa Civil e comprovar que reside no local nos últimos 120 dias. “Podem levar bloco de produtor modelo 15, conta de luz, carnê de pagamento ou outro item que comprove sua residência. A partir disso, vamos emitir uma declaração atestando residência no local”, explica.  Após ter em mãos a declaração, o beneficiado pode se dirigir até a Caixa Econômica Federal. Martins explica ainda que moradores da área urbana podem se dirigir diretamente até a Caixa para sacar o benefício. “Todos estes moradores fizeram cadastro, no episódio das chuvas, junto ao Corpo de Bombeiros e Defesa Civil para retirar lonas”, diz.

 

Relembre

A Capital do Chimarrão registrou danos materiais em parte da área rural e da área urbana, além de prejuízos econômicos privados. Diante da situação, o Prefeito Giovane Wickert decretou em novembro situação de emergência.

O decreto foi homologado na segunda quinzena de dezembro. Com isso, as localidades atingidas receberão ajuda humanitária e passam a ter direito a benefícios como liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e o Município tem direito a buscar recursos para viabilizar projetos de prevenção e de reconstrução das áreas afetadas.

 

Prejuízos no campo e na cidade

Com as intensas chuvas de outubro, algumas áreas foram atingidas por ventos fortes, acompanhado de forte chuva e queda de granizo. O Município teve em consequência deste desastre danos materiais e prejuízos econômicos em escolas municipais em torno de R$ 43.468,60.

O temporal provocou danos materiais e prejuízos econômicos nas instalações da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, avaliados em R$ 37.239,20. Avarias foram verificadas em uma Ponte em Linha Arroio Grande, um prejuízo estimado em  R$ 68.986,70. Os danos materiais e econômicos na Agricultura somam R$ 14.539.175,15. Já o prejuízo em avarias em residências na área urbana e rural ficou estimado em torno de R$765 mil.

 

 Confira o calendário

 28/01 a 01/02

Cerro do Baú, Estância Nova e Linha Armando

 04/02 a 08/02

Linha Bela Vista, Linha Bem Feita, Linha Canto do Cedro

 11/02 a 15/02

Linha Grão-Pará, Linha Hansel, Linha Lucena

 18/02 a 22/02

Linha Santa Tecla, Linha  Sapé/Santa Eugênia, Linha Tangerinas

 25/02 a 01/03

Rincão do Souza, Santa Emília, Vila Arlindo

 

Fonte: PMVA
Créditos: Cássia Paula Colla

voltar para Notícias - Prefeitura

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||