Famurs realiza seminário sobre o desenvolvimento com hidrovias

Publicado em 01/11/2017 às 16h17

foto foto Cristiano SilvaA Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), realizou nesta terça-feira, 31, o Segundo Seminário “Desenvolvimento com Hidrovias”, no auditório da entidade. Comandado pelo presidente da Federação e prefeito da cidade de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira, o evento reuniu vários prefeitos e secretários municipais de municípios gaúchos banhados por rios potencialmente próprios para utilização hidroviária atraindo investimentos nos chamados Parque Hidroviários.

Participaram ainda do evento, o Secretário Adjunto da Secretária Estadual de Transportes Vanderlon Carvalho; Vice-Presidente da Farsul – Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul, Fábio Avancinni; Coordenador de Comércio Exterior da FECOMÉRCIO - Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul, Arno Gleiser e o diretor da Federação das Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (FEDERASUL), Fernando Ferreira Becker.

Com a finalidade de apresentar e debater os temas relacionados ao projeto hidrovias RS, o seminário foi realizado com o intuito de contribuir com o desenvolvimento regional, econômico e social dos municípios, utilizando as hidrovias para atrair investimentos nos Parques Hidroviários, além de representar os associados, titulares de outorga para operar terminais privados, nos assuntos relacionados ao pagamento pela utilização da infraestrutura.

Representando a Capital do Chimarrão no seminário esteve o Secretário do Desenvolvimento Econômico e turismo Nelsoir Battisti.

 

Projeto Hidrovias RS

Durante o Seminário, aconteceu o painel de apresentação do Projeto Hidrovias RS, com Fernando Schwanke, ex-Prefeito de Rio Pardo. Em sua apresentação Schwanke falou sobre o melhor aproveitamento do modal hidroviário dos municípios, que é o foco do projeto Hidrovias RS, que  conta com o apoio da Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP), Farsul, Fecomércio, Fiergs e Famurs.

Um dos objetivos do grupo será o desenvolvimento de empreendimentos empresariais à margem da hidrovia, que poderão utilizar essa opção para o transporte de cargas. Outra meta é fazer um rateio do custo de manutenção do sistema hidroviário entre os agentes envolvidos.

 

Fonte: PMVA
Créditos: Cristiano Silva

voltar para Notícias - Prefeitura

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||