Resiliência é tema de palestra de Wickert em reunião-almoço da Caciva

Publicado em 11/04/2018 às 14h19

Mostrar a saída da zona de conforto da gestão pública e os avanços que a Administração Municipal conquistou nos últimos 15 meses foi o norte da palestra do Prefeito Giovane Wickert na reunião-almoço da Câmara de Comércio, Indústria e Serviço de Venâncio Aires (CACIVA), ontem,10.

O Gestor falou para mais de 50 lideranças e empresários que participaram do evento na sede social da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Ele resumiu em um pouco mais de uma hora de palestra o trabalho do Poder Público para conseguir encerrar 2017 com déficit positivo, da gestão. “Nossa gestão fechou o ano com superavit, conseguimos administrar as receitas e equilibrar as contas públicas. Já quanto ao déficit projetado herdado, que chegava aos R$40 milhões, mais o que ficou de resto à pagar de 2016 é que fechou no vermelho, ficando no negativo R$ 574.391,67”, analisou Wickert que iniciou 2017 com um orçamento de R$188 milhões e um déficit financeiro e orçamentário de R$38,9 milhões.

Ao conceituar o tema, Wickert disse que a resiliência urbana pode ser encarada com obstáculo ou como oportunidade, e que a Prefeitura se engajou em busca de se recuperar das situações difíceis e aprender com a crise. “Formamos um grupo em busca de cortar despesas e incrementar a receita. Foi um passo importante para que conseguíssemos mudar a realidade das contas públicas. A criação do Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira foi um dos passos mais importantes, o grupo formado por servidores concursados e alguns Secretários avaliou mais de R$12 milhões de despesa, economizou mais de R$3 milhões o que correspondeu a mais de 20% da economia”, disse o Prefeito que apresentou ainda os critérios utilizados pelo Comitê como o controle das nomeações, reavaliação das metas a cada quadrimestre, redução de horas extras e diárias e controle de estoque e materiais.

Wickert também explanou sobre a inovação e contextualizou sobre o incremento de renda falando da venda da folha de pagamento que rendeu mais de R$ 2 milhões, a revisão dos custos na iluminação pública e na coleta de resíduos sólidos e ainda itens como o corte nas impressões coloridas e a utilização do papel frente e verso. “Algumas medidas parecem pequenas, mas quando analisamos o montante vimos que é possível ter uma grande economia começando pelo detalhe que parece menor”, afirmou. As medidas passam ainda pela adoção do cartão combustível com cotação semanal do preço dos insumos utilizados pela Prefeitura, GPS para monitorar a quilometragem percorrida no contrato do transporte escolar, redução considerável dos valores de alugueis de imóveis que reduziu de 30% a 50% dos contratos e ainda a renegociação com fornecedores.

Com ousadia, austeridade e humanização, Wickert mostrou que o Governo conseguiu avançar através das parcerias entre poderes, empresários, associações e instituições e ainda com a proximidade com o cidadão. “Com diálogo e humanização conseguimos através dos programas como Portas Abertas, Pé na Estrada, Prefeito na Rua, Chimarrão com o Prefeito, SAC, CDES e Prefeitura Mirim possibilitar uma nova realidade na Administração Pública, resultando assim em uma novo capítulo onde tivemos êxitos não somente nestes programas como resultados positivos no Adote esta ideia, Fim das Filas, que rendeu prêmio de melhor projeto na área da saúde no Prêmio Gestor Público de 2017 e ainda com ideias inovadoras como o IPTU Mais, Você Vende Venâncio Ganha e Notal Fiscal Venâncio-airense”.

Nomeado com Programa Vira Página, Wickert falou das perspectivas de 2018 e os avanços em pautas importantes e que há anos esperavam resultados como a área do antigo presídio para que o Município possa criar um novo distrito industrial, repasse do Acesso Dona Leopoldina, novo modelo de contrato com o Hospital São Sebastião Mártir e continuidade e retomada de obras e eventos. “ Estamos vivenciando um momento importante, com muito trabalho, foco e determinação. Mesmo com as dificuldades do Município e do país, de uma forma geral, estamos conquistando um crescimento considerável para Venâncio Aires. Temos muito o que fazer ainda e estamos mobilizados a fechar 2018 com muito mais avanços na economia, da cultura, no turismo e na qualidade de vida do nosso cidadão”.

Com parcerias institucionais fortes como Universidades, órgãos públicos e bancos, a Administração Pública busca neste ano o financiamento para a infraestrutura do novo distrito industrial, ampliação do atual distrito e ocupação da área da FAVAN. “Nossa meta que destacamos, entre tantas demandas e projetos, é qualificar a nossa economia e já estamos articulando com algumas empresas, estamos ainda acompanhando atentos o enfrentamento da crise da matriz produtiva local”, avaliou Wickert que ainda pontuou a importância das Parcerias Pública-Privadas, Organização Social-Civil, os Consórcios e a leis de financiamento para as Administrações Públicas.

 

Fonte: PMVA
Créditos: Adriene Antunes

voltar para Notícias - Prefeitura

left show fwB tsN|left tsN fwB|left show tsN fwR|c05||skype_c2c_logo_img|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN uppercase c05 fwB sbss|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news uppercase b01 bsd fsN tsN fwB c15|tsN fwR uppercase c05|fwR c05 uppercase|content-inner c05||